O Mundo Na Encruzilhada, Parte 6

115.06Pergunta: Por que o nazismo e o fascismo levam inevitavelmente à guerra, como vemos na história?

Resposta: Não pode ser de outra maneira! A pessoa pode perguntar por que o nazismo não pode permanecer dentro do seu próprio país? No entanto, se essa unidade se baseia no egoísmo, ela inspira seus líderes a subordinar alguém. O egoísmo lançou as bases do sistema fascista e obriga as pessoas a lutar. É como uma máfia!

Pergunta: A democracia baseada no egoísmo também causa consequências negativas, mas por que exatamente o nazismo leva à guerra?

Resposta: O nazismo une as pessoas e a democracia não. O liberalismo permite que cada um faça o que quiser. Embora isso seja também temporário em sua fase final, a democracia leva à unidade e numa forma egoísta. Então egoísmo + unidade cria uma grande força que requer sua realização e quer subordinar e conquistar os outros.

Essa é uma sequência natural de desenvolvimento do egoísmo: feudalismo → capitalismo → pseudo-socialismo (democracia, liberalismo) → nazismo. Não pode ser diferente, porque devemos chegar à unificação.

Suponha que, em dez anos, a maioria dos países do mundo seja obrigada a conseguir a unificação, cada um dentro de si. O desenvolvimento do egoísmo é tal que exige a unificação, seja por meio de uma maneira natural, que é o nazismo, ou por meio da Luz, o que significa construir a sociedade do futuro com base na doação mútua.

De uma forma ou de outra, deve haver a unificação. No eixo do desenvolvimento da humanidade, marcas já foram delimitadas e, claro, elas são diferentes para cada país e nação. No entanto, se estamos falando de países desenvolvidos (egoisticamente), eles recebem um determinado período durante o qual devem alcançar a coesão interna – quer através do egoísmo ou acima dele.

A base de qualquer sociedade é o egoísmo, em torno do qual, como em torno do caroço pedra de fruta, uma ordem social externa está vestida: feudalismo, capitalismo, socialismo ou nazismo. A forma externa é o resultado do desenvolvimento interno do egoísmo e muda junto com ele.

No começo, ele corresponde ao seu núcleo, mas o egoísmo continua a amadurecer. Portanto, em algum momento, a forma externa deve mudar para corresponder à nova forma do núcleo interno.

Nós não sentimos como o egoísmo escondido dentro de nós muda e que forma ele atravessa. Nós observamos apenas as manifestações externas na sociedade, como uma criança que, de repente, aprende a falar ou a fazer algo novo porque se desenvolveu internamente.

O egoísmo interno comum se desenvolve e, portanto, a forma externa da sociedade deve mudar de acordo com ele. Qualquer sistema social é uma consequência direta da forma de egoísmo escondido dentro dele. Se corrigirmos o egoísmo, obviamente, a forma externa da sociedade mudará junto com ele. Tendo recebido o método de correção, a própria sociedade criará novas relações sociais devido às mudanças no egoísmo.

Portanto, é inútil tentar construir o socialismo, o comunismo, o nazismo, o capitalismo e assim por diante. Em vez disso, é necessário trabalhar na correção do egoísmo inerente às pessoas e, assim, elas mesmas construirão uma sociedade que seja adequada às suas qualidades internas.

Enquanto isso, enquanto a forma externa não corresponde ao núcleo interno, as guerras e as revoluções continuarão. É assim que funciona; o egoísmo interno da sociedade determina sua forma externa e sua ordem social.

Da 1a parte da Lição Diária de Cabalá 21/08/17, Lição sobre o Tema: “A Europa Numa Encruzilhada”

Comente