A Profecia De Moisés

laitman_740.02No último dia de sua vida, Moisés continuou a falar com os judeus reunidos. Ele começou com afirmações reconfortantes.

“Eu sei que vocês se alarmaram quando ouviram 98 maldições de mim. No entanto, quero assegurar-lhes que, apesar de toda adversidade, o povo judeu não perecerá. No final, essas maldições irão servir para o seu bem” (“Comentário sobre o Midrash Rabba, Capítulo Nitzavim“).

Moisés diz que, depois de todos os terríveis golpes que o povo de Israel deve experimentar, toda maldição se tornará realidade. O profeta fala claramente de cada passo que o povo deve dar, passar, entender qual é o problema, e corrigir-se.

Tudo isso é um sistema de “apego à felicidade”. Sem o reconhecimento do mal, uma pessoa não entende o que deve fazer.

Pergunta: Por que, depois das instruções, a segunda parte da frase sempre diz: “Se vocês não fizerem isso, vou destruí-los”?

Resposta: Isso se refere às qualidades egoístas de uma pessoa que se afastarão no processo de correção. Primeiro é o reconhecimento, depois a correção, e somente depois disso é o domínio do desejo correto.

Pergunta: É como um foguete que deixa suas etapas e avança. Mas esses estágios retornam e será necessário processar esses desejos?

Resposta: Sim, mas eles retornam sob uma forma diferente – na forma de realização e revelação.

De KabTV “Segredos do Livro Eterno” 09/01/17

Comente