“O Cerco E O Desespero Que Os Teus InimigosTrarão Sobre Ti”

Torá, Deuteronômio 28:53: E durante o cerco e o desespero que os teus inimigos trarão sobre ti, tu comerás o fruto do teu ventre, a carne de teus filhos e filhas, que o Senhor, teu Deus, te deu.

Se tu não podes corrigir-te, em seguida, todas as tuas ações que tu estás tentando realizar com as melhores intenções, no entanto, serão transformadas em mais impuras e elas serão prejudiciais para ti. Isto é chamado de “o fruto do teu ventre.”

Tudo o que vai nascer de você, todas as suas ações, são “a carne de seus filhos e filhas.”

E se você não tem força para repelir o inimigo (egoísmo) e começar a usá-lo para doação e amor, então ele sempre cercará você. Ou ele estará pronto para matá-lo ou você estará pronto para corrigi-lo.

Pergunta: Mas ele sempre sitiar-me-á?

Resposta: Ele está fora de você. À medida que aprendemos, a partir do método de percepção do universo, toda a minha externalidade é realmente projetada para fora de mim e eu vê-la-ei fora de mim como o resultado do meu estado não corrigido.

Pergunta: Por que tenho que vê-lo fora de mim?

Resposta: Assim você entende e vê isso. É como um mapa onde você vê tudo em pequena escala, milímetro por milímetro. Se aumentarmos significativamente a escala, então você terá que entrar num avião, a fim de voar sobre este mapa e ver tudo nele.

Pergunta: Será que isso significa que eu não posso ver claramente o egoísmo dentro de mim?

Resposta: Absolutamente não. Só através das coisas que você vê fora de você. Portanto, tudo que você vê: bom e gentil ou malévolos e maus pontos são suas qualidades interiores.

Por exemplo, os animais não têm vergonha de nada, mas um homem tem vergonha de algumas coisas dentro dele, porque ele olha para si olhando para os outros. Se esses objetos externos estivessem dentro dele, ele não iria vê-los; ele não teria vergonha e não poderia aprender alguma coisa.

Desta forma, ele educa a si mesmo através de estranhos, embora eles não sejam estranhos, mas suas qualidades interiores que são apresentadas a ele em forma de um teatro externo. Elas representam na frente dele todos os fenômenos interiores que ocorrem nele. Todos os seus pensamentos, desejos e intenções, ele vê em torno de si.

Pergunta: Posso treinar-me a viver assim ou não?

Resposta: Quando a luz brilha, você vê que isso é assim. Até o ponto que você entenda claramente tudo. Além disso, você começa a corrigir-se, direcionando esses “artistas”, “extras”, e o mundo inteiro. Eles mostram onde ainda não alcançaram a perfeição. No momento em que você alcançá-la, todos eles acabam dentro de você.

Pergunta: O que é o mais importante aqui? Começo a mudar a mim e ver como eles mudam, ou de alguma maneira eu os altero e desta forma eu mudo?

Resposta: Não, você começa a sentir que apenas mudando a sua atitude interior você muda o seu comportamento externo.

[211500]

De KabTV “Segredos do Livro Eterno” 21/12/16

Material Relacionado:
A Principal Coisa É Não Esquecê-Lo!
“Assim, Servirás Aos Teus Inimigos …”

Comente