Sexo, Amor, Tubos De Ensaio E Natureza

laitman_546.03Nas Notícias (Quartz): “Não demora muito para que ideias aparentemente bizarras se tornem normalizadas. Hoje, a afirmação do professor da Universidade de Stanford, Hank Greely, de que os americanos vão parar de fazer sexo para procriar soa absurdo. Mas em um par de décadas, ele prevê, que será a realidade aceita.

“Greely, diretor do Centro de Direito e Biociências da Universidade de Direito de Stanford, acredita que estamos a 20 ou 30 anos de distância de um tempo em que a maioria da procriação dos americanos começará na seleção de uma série de embriões criados com o DNA dos pais em laboratório. Isso já acontece em uma base limitada para a prevenção de doenças e, ocasionalmente, seleção de sexo, mas ele argumenta que isso vai se tornar muito mais barato e amplamente disponível graças à tecnologia de células-tronco que permitirá que casais possam gerar ovos e esperma a partir de células-tronco de sua pele”.

Meu Comentário: Devemos saudar esta opção se uma pessoa sofre de uma doença incurável, de modo a não a passar para sua prole. Além disso, a condição do pai ou da mãe pode ser testada e as mudanças necessárias podem ser feitas. Podemos fazer isso. Já temos tais “coletas” que nos permitem criar uma geração boa e saudável. A humanidade sempre aspirava a isso.

Basicamente, se cada pessoa tivesse permissão para ter filhos saudáveis, belos, fortes e bem-sucedidos, desejaria isso. Portanto, é bem possível que estejamos avançando para isso.

Pergunta: Então, qual é o significado de conceber com amor?

Resposta: O que o amor tem a ver com isso?! Quando se trata de conceber, somos como animais; só confundimos as duas coisas! Existe amor entre os animais? Eles cheiram uns aos outros e só o cheiro é suficiente para dizer-lhes se podem reproduzir. Não é sexo, mas a cultura. Para os gatos, por exemplo, é na primavera, e durante o resto do ano eles simplesmente descansam tranquilamente no sol. É assim com os animais.

E nós confundimos prazer com reprodução. O sexo é um prazer, como uma boa comida. Por que ele deveria estar ligado a ter filhos? Hoje vemos o quanto um não tem nada a ver com o outro. Dificilmente queremos conceber uma criança! Por que deveríamos fazer sexo por 50 anos?

Comentário: A humanidade vê as coisas de uma maneira totalmente diferente…

Resposta: Não, ela não vê as coisas de forma diferente. A humanidade simplesmente não entende onde já se encontra. O amor não vai junto com o sexo, e a reprodução não tem nada a ver com amor ou mesmo com sexo.

Pergunta: O que é uma família corrigida em sua opinião?

Resposta: É muito difícil para mim descrever uma família corrigida, uma vez que em tal família há, em primeiro lugar, boas relações entre seus membros acima de todos os problemas.

Nós temos que mudar nossa atitude para com as pessoas e isso vai mudar toda a nossa vida. Então vamos ver como manter uma boa vida familiar. Mas sem mudar a nossa atitude, claro, certamente será horrível.

Pergunta: Com tais relacionamentos gentis e ideais na família corrigida, qual será a atitude de ter filhos? Digamos que somos um casal que vive pela regra do amor ao próximo…

Resposta: Eu acho que se realmente nos relacionarmos com o outro dessa forma, a própria natureza vai começar a regular a humanidade e as nossas relações mútuas. Nós não vamos conectar bestialidade com ser humano, e vamos ver a vida de uma maneira totalmente diferente.

Não podemos entender isso hoje. Hoje estamos travados na vida bestial e na família bestial, na necessidade de estar juntos para existir, sobreviver, criar filhos. Na família corrigida, por outro lado, haverá uma atmosfera totalmente diferente.

Por isso, é difícil para mim dizer, mas haverá relações completamente diferentes entre sexo, família, amor e reprodução de acordo com a lei da natureza. De acordo com a regra do “Ama teu amigo como a ti mesmo”, veremos exatamente o que é melhor para nós.

Pergunta: Haverá a necessidade de pílulas ou quaisquer outros contraceptivos?

Resposta: Não. Tudo será regulado apenas pela natureza. Só temos que regular as boas relações entre nós.

De Kab TV “Notícias com Michael Laitman” 06/07/17

Comente