Controle De Crescimento Da População

Nas Notícias(Independente): “As Nações Unidas e a Organização Mundial da Saúde tem feito um apelo para que as drogas sejam descriminalizadas.

“Ocultado em um comunicado conjunto sobre acabar com a discriminação na saúde, as organizações pediram a ‘revisão e revogação de leis punitivas que têm sido provado terem resultados negativos para a saúde dos Estados membros.

“Entre uma série de medidas, incluiu ‘o uso de drogas ou posse de drogas para uso pessoal’.

“Embora a OMS (Organização Mundial da Saúde) tenha falado anteriormente em drogas a serem descriminalizadas no contexto da redução do HIV, a ONU limitou os seus apelos a saúde e a soluções com base em evidências para o abuso de drogas.

“No ano passado, as nações reunidas na Sessão Especial da Assembléia Geral da ONU sobre drogas manteve uma abordagem criminal para narcóticos, apesar das fortes preocupações de vários países.

“Mas no mês passado, no Dia Internacional Contra o Abuso de Drogas, o Secretário Geral da ONU, António Guterres apelou para o combate ao problema por meio de ‘prevenção e tratamento’, aderindo aos direitos humanos.

“Ele disse: ‘Apesar dos riscos e desafios inerentes à resolução deste problema global, espero e acredito que estamos no caminho certo, e que juntos possamos implementar uma abordagem coordenada, equilibrada e abrangente que leva a soluções sustentáveis”.

Pergunta : Parece que em breve estaremos andando tranquilos, calmos e relaxados; as Nações Unidas, a Organização para a manutenção da paz e segurança internacional, finalmente percebe que a luta contra as drogas é inútil?

Resposta: Não. Eles vieram a perceber outra coisa, que com a ajuda dos narcóticos podem criar “estabilidade” no mundo; dizimar milhões de pessoas desnecessárias, e acalmar o resto. Por que sete bilhões e meio de pessoas que vivem nesta terra, que estão sofrendo, devem continuar a reproduzir? Qual é o resultado disso?

Pergunta: Isso é o que as Nações Unidas pensam?

Resposta: É claro! E recebem instruções de “organizações controladoras mais elevadas”, aqueles que dizem: “Nós não precisamos de sete bilhões e meio”.

No início do século XX, cem anos atrás, eram apenas dois bilhões. Era como se o mundo estivesse vazio. De repente: sete e meio. E eles estão morrendo de fome, lutando, e esmagando um ao outro, para quê?

Para a elite, que está no topo, não há nada a fazer: dinheiro perde seu valor. Dê a todos um mínimo de renda básica? Qual seria o ponto? Então, as pessoas podem simplesmente existir, poluindo a atmosfera? Cada pessoa danifica a ecologia da Terra.

Pergunta: Então vou perguntar-lhe como um cabalista: é necessário livrar-nos de muitas pessoas?

Resposta: Não importa. Tudo depende se você está levando-os a uma condição melhorada ou não.

É necessário implementar um sistema de educação correta abrangente para as pessoas. É preciso ensiná-las o tipo certo de conexão entre elas onde podem atingir uma vida onde ninguém perturba o outro.

Pelo contrário: cada um, em conexão com os outros, fará uma correção necessária de seu egoísmo e então tornar-se-á um grande trunfo para toda a humanidade; porque aquilo que cada um de nós tem de fazer em nossa correção individual do egoísmo, ninguém mais pode fazer por nós.

Comentário: Depois, verifica-se que qualquer população pode existir. E o oposto será verdade, quanto mais, melhor!

Resposta: Mesmo duzentos bilhões!

[210682]

De KabTV “Noticias com Michael Laitman” 6/7/17

Material relacionado:
Demografias Preocupantes
O Mundo Sem A Elite E A Classe Baixa
Superheroína

Comente