United With Israel: Como O Facebook Pode Realmente “Aproximar O Mundo”

O grande portal United with Israel (Unidos com Israel) publicou minha carta aberta a Mark Zuckerberg “Como o Facebook pode Realmente ‘Aproximar o Mundo’“?

Essa é uma carta aberta e uma proposta a Mark Zuckerberg, fundador e CEO do Facebook.

Caro Mark

Sua nova missão para o Facebook, “aproximar o mundo”, é uma notícia refrescante a ser ouvida. Isso indica a visão significativa que você adquiriu quanto ao estado insalubre do nosso mundo e o que ele precisa para se curar. Apesar das atuais divisões crescentes e alarmantes na sociedade humana, não vejo muitos jogadores (players) influentes visando abordar a questão no seu núcleo e direcionar suas energias e recursos para aproximar as pessoas.

Como alguém que dedicou os últimos 40 anos à pesquisa e à prática de nutrir conexões humanas, estou certo de que esse é o futuro inevitável do mundo. Minha experiência diária na promoção de comunidades conectadas de pessoas de todas as religiões e etnias do mundo me provou que a única maneira de construir um mundo melhor é desbloquear a capacidade humana natural para unir as diferenças acima.

Portanto, quando alguém como você, que controla uma grande parte da infraestrutura virtual da humanidade, declara a aproximação das pessoas como uma missão para a próxima década, isso me dá esperança de que possamos apenas poder orientar o mundo para a unidade com menos caos e sofrimento do que poderia ser esperado. É por isso que me sinto obrigado a oferecer-lhe a minha visão sobre a capacidade humana natural de conexão e para onde o mundo está indo nesse sentido.

O Curso Mundial Está Mudando

Sua observação de que os desafios do mundo são de natureza global e não podem ser atendidos por um único líder, país ou uma estrutura de cima para baixo, é precisa. E isso é só o topo do iceberg. Nós estamos nos movendo em direção a um ponto de inflexão perigosa em nossa evolução social: as estruturas de poder atuais estão gradualmente colapsando diante de nossos olhos, enquanto as novas ainda não estão em seu lugar.

Os políticos estão perdendo seu controle enquanto ficam cada vez mais afastados de seu povo. Em um mundo interdependente, a política atual se torna um jogo desatualizado, pois exige que seus jogadores (players) mergulhem continuamente em lutas de poder egoísta para manter o domínio. É um ambiente que é simplesmente impróprio para salvaguardar os interesses do público, independentemente de quem são os líderes. Em muitos países, as pessoas veem uma imagem mais ampla e pragmática da realidade do que sua liderança política e estão começando a ampliar ainda mais suas visões.

Paralelamente, os fundamentos atuais da socioeconomia estão balançando quando a automação e a inteligência artificial estão se espalhando na força de trabalho. Como você sabe, os empregos do futuro próximo são incertos e alguma forma de renda básica universal provavelmente se tornará uma necessidade. Com isso, esperam-se mudanças profundas quanto às noções de “trabalho”, estrutura de classe social e o ethos (caráter distintivo) coletivo da cultura ocidental.

Indo mais longe, a economia e a política são meros reflexos das relações humanas. Elas representam o que damos e recebemos da sociedade, como tomamos decisões e resolvemos problemas, como distribuímos responsabilidades e priorizamos interesses coletivos. É a relação entre os seres humanos em todo o planeta que está na cúspide da evolução: as relações exploradoras e as percepções autocentradas estão atingindo a capacidade máxima; a preocupação mútua e uma percepção mais holística moldarão o mundo do amanhã.

Um Ginásio Virtual Para A Construção De Comunidades

Conforme afirmado em sua missão, nós devemos capacitar as pessoas para construir comunidades fortes. Para fazer isso, temos que prover conhecimento e orientação sobre como nutrir continuamente e aumentar nossa capacidade de conexão humana, além de fornecer as ferramentas tecnológicas e as infraestruturas que ajudam as pessoas a se organizar.

Por exemplo, você mencionou a importância de ajudar as pessoas a encontrar um terreno comum antes de abordar suas diferenças ou tentar resolver desafios comuns. Nós precisamos estabelecer práticas de comunicação virtual que incentivem isso. E assim como as pessoas se acostumaram a pensar em quantas “curtidas” conseguiram para as suas postagens, elas podem se acostumar a pensar em quanto tornaram sua comunidade mais conectada.

Ver nossa humanidade comum é muito parecido com um músculo que precisa ser treinado. A cultura atual está entorpecendo esse músculo ao pressionar nossos impulsos primitivos e egoístas e perpetuando a divisão. Portanto, os membros da comunidade devem trabalhar rotineiramente no fortalecimento de seus laços e na manutenção de um clima social de conexões saudáveis ​​e positivas.

Para ajudá-los, eles também precisam de medidas coletivas e de um feedback para seus esforços combinados para manter um clima positivo. A inteligência artificial certamente poderia ser utilizada para tornar o ambiente da comunidade virtual um facilitador de relações humanas saudáveis. Em outras palavras, seria um ginásio virtual para a construção de comunidades.

De uma perspectiva global, comunidades positivas do Facebook também podem servir como modelos para nos ajudar a aprender a construir nossa sociedade futura. À medida que o mundo se torna mais interdependente, as pessoas terão que expandir seu círculo de preocupação. Mas a pregação dos valores morais já não funciona. Em vez disso, precisamos melhorar a nossa sensibilidade social, ampliar nossa visão de mundo, entender melhor a nossa natureza como seres humanos e, o mais importante, aprender a aproveitar nossa fiação inerente para a conexão humana.

Minha Proposta: Um Programa Piloto

Eu proponho a criação de um programa piloto para a criação de uma comunidade virtual que promova ativamente conexões positivas. Seus membros podem ser pessoas diversas de todos os setores da vida que estariam interessadas ​​em participar de tal experiência social. Embora possa haver uma vasta gama de características consideradas para a implementação futura, pela minha experiência, eu tenho certeza de que, simplesmente seguindo-se algumas orientações e práticas de comunicação, veríamos resultados positivos imediatos.

Como tenho certeza que você sabe, vários campos de pesquisa mostraram repetidamente que conexões sociais positivas nos tornam mais felizes, saudáveis ​​e melhores no que fazemos. Eu projeto que, em questão de meses, os participantes em um programa piloto desse tipo teriam efeitos positivos semelhantes de forma notável, o que poderíamos medir empiricamente.

Se você estiver interessado, eu ficaria muito feliz em colaborar na concepção de um programa piloto e compartilhar a experiência que reuni ao longo de muitos anos, construindo uma rede de comunidades físicas e virtuais formada por pessoas de todos os setores da vida.

Atenciosamente,
Michael Laitman

Comente