“Remover Os Limites Do Seu Próximo”

laitman_571_08Torá, Deuteronômio, 27:17: Maldito aquele que remover os limites do seu próximo. E todo o povo dirá: Amém.

“Remover os limites do seu próximo” significa roubar da outra pessoa o que lhe foi atribuído do alto e usar isso para trabalhar consigo mesmo. Com isso, você rouba dela a chance de corrigir sua alma; você obscurece de alguma forma essa possibilidade, não dá o suficiente, não a direciona corretamente e não participa junto com ela em sua própria ação de correção.

Tal estado é chamado de maldição. É como se a pessoa atingisse sua própria alma com uma ferida terrível. Isto é, todos esses desejos e aspirações que ela deve criar em si mesma para se tornar como o Criador, ela transforma parcialmente em qualidades opostas ao Criador em prol do ganho egoísta mesquinho, e não pode fazer nada consigo mesma.

Normalmente, isso é uma consequência de sua conexão errada com o ambiente. Afinal, apenas no ambiente ela pode encontrar a força que a ajudará a resistir a todas as tentações que o Criador lhe forneceu.

Ela, pelo contrário, elimina uma oportunidade de conexão mútua com os outros em vez de ajudá-los a não eliminar as “espículas da borda do campo”.

Existem muitas condições diferentes em que uma pessoa – por supostamente fazer o bem pelo outro – realmente lhe faz mal. Nós vemos que a maioria das leis da Torá parecem em nosso mundo não serem bastante justas, para dizer o mínimo. E isso é realmente assim.

Por exemplo, muitas pessoas se opõem à engorda e ao abate de gado que fazemos para nos prover carne, comida, peles e vários produtos da pele animal. Eles acreditam que os humanos não devem fazer isso. Nós ganhamos poder sobre os animais, na forma de razão, não para usá-los desta forma.

No entanto, a Torá fala sobre coisas totalmente diferentes: ela diz que, precisamente desenvolvendo os animais, elevando-os, cuidando-os, engordando-os, matando-os corretamente e depois cortando e usando-os, elevamos o propósito deles por em prol do desenvolvimento do homem. Isso é o mesmo que cada um de nós deve fazer com o animal que vive dentro de nós: desenvolva-o corretamente, crie-o e mate-o dentro de você, para poder alimentar o homem.

Você deve agir assim com os animais fora de você, bem como com seu próprio animal que está dentro de você.

Pergunta: É dito que tudo é criado para a pessoa. Isso significa que o homem é como uma “coroa da natureza”?

Resposta: Sim, se ele se comportar corretamente, ele pode usar isso para cultivar o homem ou Adão (que significa semelhante ao Criador) de si mesmo. Se ele não puder fazer isso, ele é ainda pior do que um animal. Se as pessoas estudassem corretamente as leis da natureza, teriam visto que a matança de gado kosher é a maneira mais correta. Nós apenas precisamos olhar isso de forma objetiva.

De KabTV “Segredos do Livro Eterno” 23/11/16

Comente