As Dez Sefirot: O Fundamento da Criação

laitman_548_02-jpgBaal HaSulam, “Prefácio ao Livro do Zohar“, 2) Primeiro, você deve saber que tudo o que é dito no Livro do Zohar, e mesmo em suas lendas, é denominação das dez Sefirot, chamadas KHB (Keter, Hochma Bina), HGT (Hesed, Gevura, Tiferet), NHYM (Netzach, Hod, Yesod, Malchut) e suas permutações. Assim como as vinte e duas letras da linguagem falada, cujas permutações são suficientes para descobrir cada objeto e cada conceito, os conceitos, e as permutações dos conceitos, nas dez Sefirot bastam para revelar toda a sabedoria no livro do Céu. …

Pergunta: O que são as dez Sefirot?

Resposta: O fundamento do universo é a Luz, não a luz visível, mas uma energia especial que se espalha, emana, cria, preenche e muda tudo. Em seu estado primordial, ela se chama Keter (coroa).

Espalhando-se de cima para baixo, a Luz cria um ponto: um desejo que começa a crescer sob sua influência.

Do estado zero, onde o ponto representa simplesmente uma propriedade da Luz, ele muda para o primeiro estado e começa a sentir o que deseja. Essa primeira expansão do desejo é chamada de Hochma.

No segundo estágio, o desejo, sob a influência da Luz, é transformado em sua propriedade oposta: a propriedade de Bina. Ele também deseja, mas apenas para dar.

O desejo começa a perceber as propriedades da Luz (doação), e se torna semelhante a ela, como uma criança em relação a um adulto, quando percebe as qualidades, hábitos e visões do adulto.

O terceiro estágio é o desejo de Bina de ser semelhante à Keter. Como Keter criou a propriedade de Hochma, Bina também gera a próxima propriedade, Zeir Anpin (ZA), que em aramaico significa “face pequena”. Pequena, porque não vem de Keter, mas da semelhança com ela.

Depois, o desejo adquire a aspiração de receber mais: toda a enorme Luz que vem do estágio zero. Este é o quarto estágio ou Malchut, da palavra “reino” – o reino do desejo.

Além dessas quatro partes que existem na natureza, nada mais foi criado. O universo inteiro, os planetas, as partes internas do homem, a nossa psicologia, a mente, qualquer sistema, qualquer que seja o nome, consiste dessas partes e sua hierarquia.

Zeir Anpin, por sua vez, é composto de seis partes. Assim, toda a criação representa dez partes, ou dez Sefirot. Sefira, da palavra “luminosa”, é uma luminescência de uma determinada propriedade. Cada Sefira é um sistema inteiro de forças de interação.

Da Lição de Cabalá em Russo 17/03/17

Comente