A Revelação Do Livro Do Zohar

laitman_527_07Pergunta: O Livro do Zohar não podia ser encontrado em prateleiras das bibliotecas por muito tempo. Como é que os Cabalistas o encontraram?

Resposta: O Livro do Zohar não podia ser encontrado nas prateleiras das bibliotecas e era proibido mantê-lo em aberto. Este livro foi revelado pela primeira vez quando a esposa de um dos Cabalistas trouxe alguns alimentos para casa do mercado envoltos em papel. Por acaso o Cabalista notou que os papéis eram páginas de O Livro do Zohar e ficou espantado.

Eu não testemunhei isso, claro, mas posso imaginar a reação dele. Afinal, essa é uma revelação do mundo Superior em nosso mundo. Não sei como se pode experimentar tal estado!

Quando aquele Cabalista viu que o texto continha símbolos Cabalísticos secretos, ele imediatamente correu para o mercado para coletar todas as páginas que já estavam no lixo. Quando ele começou a costurar as páginas e a conectá-las, conseguiu torná-las um livro, mas este não estava completo. Ficou claro que o livro continha cerca de uma centena de volumes e este tinha apenas três.

Aquele Cabalista manteve o livro por um tempo e depois ele foi transmitido de um Cabalista para outro, de professor para aluno, como uma cópia única, até que um dos Cabalistas chamado Rabi Moshe de Leon, (que significa da cidade espanhola de Leon, onde viveu) faleceu no século XIII. Sua viúva, que não sabia o que ele era e que não tinha nada para viver, vendeu o manuscrito a um negociante de segunda mão.

O comerciante percebeu que ele poderia lucrar muito com ele. Ele contratou pessoas para fazer cópias do livro e começou a vendê-las, e assim a disseminação do Livro do Zohar começou. A escrita do Livro do Zohar foi atribuída ao rabino Moshe de Leon por um longo tempo até que foi descoberto que o Rabino Shimon bar Yochai o tinha escrito junto com seus alunos, não outra pessoa. Então, é claro, o seu preço subiu dramaticamente.

No entanto, ainda era muito difícil de ler, porque era difícil de entender. Muitos comentários foram escritos sobre ele e adições menores foram feitas a ele, mas ninguém levou a sério, porque nenhum deles estava no nível do próprio Livro do Zohar.

Foi apenas no século XX, quando a humanidade começou o estado que iria trazê-la a sua correção e que tinha chegado o tempo da revelação generalizada do Livro do Zohar, que um grande Cabalista chamado Baal HaSulam emergiu e escreveu um comentário profundo e poderoso sobre ele que usamos hoje. Um comentário é certa transmissão do significado do Livro de Zohar para que as pessoas que estão nos níveis espirituais iniciais ou mesmo abaixo sejam capazes de compreendê-lo.

Pergunta: O fato de que parte do Livro de Zohar foi perdida é uma correção ou uma falha? É talvez o suficiente para que ele fosse escrito e que não haja necessidade de ler os volumes que foram perdidos, como também aconteceu com os escritos de Baal HaSulam?

Resposta: O que temos agora é suficiente para o momento. Mais tarde, mais será revelado. Não sabemos que maravilhosas revelações especiais ainda estão por vir.

Da Lição de Cabalá em Russo 05/02/17

Comente