Shavuot

laitman_740_03Shavuot é o feriado da outorga da Torá. Mas o que é a Torá? O que, de fato, foi dado no Monte. Sinai?

A Torá não é uma crônica dos acontecimentos do passado, pelo contrário, ela descreve o momento em que o nosso futuro está sendo decidido. A Torá é a instrução sobre como se tornar fiadores mútuos uns aos outros. Ao aceitar isso, vivíamos juntos em nossa terra. Ao rejeitar isso, estávamos dispersos entre as nações.

Shavuot, como todos os feirados judaicos, leva um apelo à ação. Ele está cheio de luz e brancura, mas não é fácil. Na verdade, estamos nós lentamente, mas seguramente, pressionados contra o monte. O monte do nosso próprio ódio.

E se, de repente, percebemos como o nosso egoísmo está nos destruindo, se ao tentar se unir em algo completo, enfrentamos um cisma interno insuperável, é quando precisamos de ajuda, precisamos da Torá.

“E Israel acampou diante do Monte”. Não alguns refugiados do antigo Egito que acamparam no deserto. Todos, independentemente de onde vivam, a que povo pertençam, independentemente da fé que confessam, permanecem no sopé. Existe uma nacionalidade: um homem. E o coração é um para todos.

Comente