Textos arquivados em ''

Educação É A Principal Tarefa De Uma Nação

 Pergunta: A sabedoria da Cabalá contém o conhecimento sobre como uma nação deve funcionar?

Resposta: Em nossos tempos, uma nação deve, em primeiro lugar, se envolver com a educação da população dentro de suas fronteiras, não atravessando as fronteiras de outras nações e não trazendo todos para dentro dela no sentido mais amplo da palavra, mas sim o mais importante, educando seus cidadãos.

Se as pessoas que foram devidamente educadas estão vivendo dentro de uma nação, compreendendo o pensamento geral da natureza e sabendo de que maneira ela opera, elas vão superar todos os tipos de problemas.

Pergunta: Portanto, enquanto uma pessoa é sem instrução, deve haver fronteiras, e assim que a educação é conduzida adequadamente, as fronteiras podem ser abertas?

Resposta: É claro, porque então a pessoa começará a entender quem tomar e quem não. Ela não faria como a Europa fez, sem pensar, e agora está atolada em grandes problemas. Imagine o que aconteceria se você abrisse a porta de sua casa e trouxesse outra família para morar com você.

O problema é que os europeus não examinaram suas nações ou continentes como uma família que está aceitando outros membros da família estrangeira para morar em seus apartamentos. Eles seriam capazes de suportar este tipo de dormitório? Suponhamos que o chefe de Estado decidiu que podia. Então por que ele não tentou primeiro fazê-los viver com ele?

A educação pode ser resumida como o conhecimento sobre o que estamos passando, com quem estamos trabalhando e de que maneira avaliar tais experimentos. Na situação atual, quando já existem famílias de imigrantes estrangeiros em sua casa, você não sabe o que fazer com eles.

Você deve alimentá-los, limpá-los, lavá-los, fornecê-los com tudo o que for necessário, pagar-lhes um salário, e até mesmo amá-los. Além disso, deve ouvi-los e obedecer suas leis; em outras palavras, eles vão começar a educá-lo e não você. Afinal, eles não pretendem aceitar sua percepção de vida, sua educação e seus costumes sociais.

Da Lição de Cabalá em Russo 08/01/17

Blitz De Dicas De Cabalá – 04/12/16

laitman_600_04Pergunta: Os homens e as mulheres têm uma percepção diferente do mundo?

Resposta: Claro, ela é diferente em muitos aspectos e não pode ser comparada. Nós podemos ouvir, ver e perceber as coisas de forma diferente, mas a diferença entre nós não pode ser comparada, uma vez que não há base de comparação.

Pergunta: Um homossexual pode estudar a sabedoria da Cabalá?

Resposta: Este é um problema. Uma pessoa tem que seguir sua inclinação sexual. Está além de seus poderes.

Pergunta: O que acontece em um homem se a parte feminina o domina?

Resposta: Nada acontece. Ele ainda tem que se envolver na sabedoria da Cabalá, não faz diferença.

Pergunta: Como uma mulher com uma visão tradicional da vida, que espera que o homem seja o mantenedor da família, supera psicologicamente o fato de que ela ganha mais dinheiro do que o homem?

Resposta: Que diferença faz? O casal deve antes de tudo sentir um ao outro e eles devem ser amigos.

Pergunta: É mais fácil para um homem se desenvolver espiritualmente em uma família porque sua esposa cuida dele e mais fácil para uma mulher se desenvolver espiritualmente quando ela não é casada, porque então ninguém fica em seu caminho?

Resposta: Uma mulher deve tentar se casar, mas se não der certo, ela pode atingir o mundo superior sozinha, ao contrário de um homem solteiro.

Pergunta: Como o álcool afeta as relações entre um homem e uma mulher?

Resposta: De uma forma muito negativa, em todos os aspectos. Eu sou contra.

Pergunta: Eu tenho que fazer todos os esforços para ganhar o coração de uma menina que acho bonita?

Resposta: Você deve fazer todos os esforços para ganhar o coração de uma boa menina, não de uma menina bonita.

Pergunta: Eu realmente invejo meu marido, como posso superar isso?

Resposta: A inveja é um sentimento muito difícil e restritivo. A melhor coisa a fazer é mergulhar mais profundamente na sabedoria da Cabalá e gradualmente compreender que um corpo é um corpo e uma alma é uma alma. Permaneçam juntos e tentem invejar o Criador, e que o Criador os inveje. Seu marido é seu companheiro para o período da existência terrena.

Da Lição de Cabalá em Russo 04/12/16

Que Língua Os Babilônios Falavam?

laitman_933.jpgPergunta: Que língua as pessoas na Babilônia falavam e escreviam?

Resposta: Os babilônios falavam aramaico. Nós usamos essa linguagem na Cabalá junto com o hebraico. Somente aqueles que alcançaram o mundo superior falavam hebraico porque é a língua da Luz, e o aramaico é a língua do Kli (vaso), isto é, desejos que revelam a Luz.

Ambas as línguas são completamente idênticas e, ao mesmo tempo, completamente opostas uma à outra. Por exemplo, “Luz” em hebraico é “Ohr“, e noite em aramaico é “Orta“, ou seja, ambas as línguas usam a mesma palavra, mas com um significado completamente oposto.

Pergunta: Que língua falava Terach, o pai de Abraão?

Resposta: Terach falava aramaico, e Abraão mudou para hebraico. Eles conheciam ambas as línguas.

Como as publicações modernas confirmam, a partir dessas duas línguas antigas, que se complementam, um roteiro global se desenvolveu. Afinal, ambas as línguas são construídas sobre a coincidência de duas forças, doação e recepção, positivo e negativo. Precisamente a partir daí vieram os elementos horizontais e verticais das letras que são a base da escrita em qualquer idioma.

Da Lição de Cabalá em Russo 22/01/17

Epílogo Ao Dia Em Memória Do Holocausto, Parte 2

laitman_293Pergunta: À medida que a humanidade se desenvolve, por que o ódio e o antissemitismo crescem cada vez mais?

Resposta: À medida que nos desenvolvemos, a quebra no sistema da alma comum é cada vez mais revelada, aparecem as partes quebradas e elas devem ser corrigidas na ordem da mais fácil para a mais complexa.

A ordem de correção é tal que, devido às correções mais simples, nós podemos avançar para as complexas. Isso é visto ao longo da história do desenvolvimento humano.

Pergunta: E para conseguir a correção, por que era necessário dividir em duas partes: Israel e as nações do mundo?

Resposta: É nesta ordem que os desejos são determinados. Essa é a lei da natureza; os Cabalistas apenas nos explicam isso, como qualquer fenômeno natural. No início da criação, havia apenas um desejo comum cheio de luz.

Mas em certo estágio de desenvolvimento, ocorreu a quebra: primeiro no sistema externo, e depois no primeiro homem, Adão, e isso é chamado de sua queda, quando ele era incapaz de receber a Luz em prol da doação.

Um desejo, criado pelo Criador, quebrou e se dividiu em muitas partes. Mas restaram centelhas de Luz, os fragmentos da tela anti-egoísta que existiam antes. Estas centelhas de Luz Refletida existem em cada desejo individual.

O desejo comum de desfrutar foi dividido em níveis, chamados Sefirot, de acordo com como cada camada se manifestava em relação à Luz, com diferentes forças de adesão e equivalência. E quando a tela quebrou, em outras palavras, quando a força de resistência ao egoísmo quebrou, a Luz superior desapareceu do desejo na medida em que eles deixaram de ser semelhantes em propriedades. Mas em cada desejo, uma centelha permaneceu, uma pequena luz de fundo.

Em deficiências mais sutis, as centelhas se manifestam e começam a ser sentidas em primeiro lugar, e assim houve pessoas que sentiram essas centelhas na antiga Babilônia com a primeira crise da humanidade. Destas, o grupo que Abraão chamou de Israel (Yashar-El, direto ao Criador) foi reunido.

E todos os outros babilônios ainda não sentiam essas centelhas e, portanto, não buscaram correção. Eles não entenderam o método de Abraão, que era o método de tal unificação que o amor cobre todos os crimes. É impossível compreender como é possível combinar crime e amor, dois opostos, quando não há duas forças opostas no homem: o desejo de desfrutar e a centelha da Luz.

Portanto, os babilônios não puderam perceber a técnica de Abraão e permaneceram com suas próprias técnicas. De tudo isso, a Babilônia, a parte que pertence às nações do mundo, foi formada. E aqueles que sentiram uma centelha neles compreenderam o método de Abraão e a meta para a qual ele liderou a humanidade. Ela estava perto deles, então eles o seguiram.

Desde então, o mundo foi dividido em duas partes, e a parte inferior (que se refere ao corpo, as nações do mundo), depende da parte superior (a cabeça, Israel). E essa relação permanece até o final da criação, depois da qual todos se fundem em um todo. Mas, por enquanto, no período de correção, há uma grande diferença entre essas duas partes: uma delas definindo, e a segunda, recebe o que já está pronto.

Da 2ª parte da Lição Diária de Cabalá 24/04/17, Lição sobre Tópico: “Dia em Memória do Holocausto”

Há Dinheiro, Mas Não Há Felicidade

laitman_546_03Nas Notícias (Feeling Financial): “O dinheiro compra a felicidade?

“Depende. Você provavelmente já ouviu falar que o dinheiro não compra a felicidade acima de certo nível. O número que Kahneman menciona na “TED Talk” é de US$ 60.000 por ano de renda nos Estados Unidos, que é mais ou menos o que outros estudos encontram.

“Acima desse nível de renda seu nível de felicidade pode aumentar, mas em uma taxa decrescente. Em outras palavras, ganhar US$ 120.000 por ano não faz você duas vezes mais feliz do que se ganhasse US$ 60.000; não é algo insignificante, mas apenas torna as coisas um pouco melhor.

“Kahneman enfatiza que o aumento na felicidade é surpreendentemente horizontal acima de US$ 60.000. Além disso, enquanto o dinheiro não compra a felicidade para o seu “eu” experiente, a falta de dinheiro pode tornar as coisas desagradáveis”.

Meu Comentário: O dinheiro permite que uma pessoa se preencha. Então ela começa a gastar milhões em casinos ou em outros lugares, a fim de sentir um pouco de tempero na vida, mas não sente. Ela deixa de sentir isso inclusive nas pequenas coisas. Essas pessoas não sentem gosto em comida, futebol ou férias.

Eu conheci muitas pessoas ricas que, aparentemente, vivem livremente e sua conta bancária continua crescendo, mas basicamente são pessoas miseráveis. Elas podem viajar para onde quiserem, pedir o que quiserem, mas não sentem satisfação.

Afinal, não pode haver prazer neste mundo sem a sensação de uma deficiência por algo, porque tudo é alcançado no contraste entre Luz e escuridão. Se não há escuridão, as pessoas tendem a tentar coisas diferentes e se colocar em situações que despertam sentimentos fortes, agudos, afiados, mas isso não funciona.

Pergunta: Ao mesmo tempo, os jovens estão ansiosos em prosperar e gastar toda a sua vida tentando conseguir isso, e até mesmo prejudicar-se enquanto podem quebrar a barreira de uma renda anual acima de US$ 60.000. Não compreendem que não há felicidade lá?

Resposta: É uma ilusão, e não há nada que possamos fazer sobre isso. Eu também costumava acreditar que se viajasse de um país para outro e visse novos lugares, novas pessoas, ficaria feliz. Eu me lembro como achava atraente essa ideia. Quando éramos crianças, todos nós sonhávamos em explorar o mundo, porque ele estava fechado para nós. E quando tudo foi aberto, nada foi visto, exceto o vazio.

Pergunta: Parece que uma pessoa precisa de outro desejo, um desejo alternativo.

Resposta: Claro. Não me entenda mal.

Houve um tempo na minha vida em que viajei o mundo e visitei diferentes museus e exposições, etc., mas tudo se foi em um momento. Cada pessoa tem um limiar além do qual deixa de sentir algo novo porque não há nada de novo nele. Nosso ego está começando a se desenvolver para um novo limiar de sensibilidade e percepção.

Essa é a razão pela qual as pessoas que não atingem os níveis superiores, que não atingem a Luz que entra no desejo, que o preenche e descreve áreas totalmente diferentes de realização, o mundo superior, são muito miseráveis.

Da Lição de Cabalá em Russo 09/06/16

Nova Vida # 850 – A Mudança Das Gerações

Nova Vida # 850 – A Mudança Das Gerações
Dr. Michael Laitman em conversa com Oren Levi e Yael Leshed-Harel

Resumo

A sabedoria da Cabalá é um método eterno que ensina a pessoa como perceber a realidade e não tem nada a ver com a geração em que a pessoa vive.

Uma pessoa passa por várias gerações espirituais, o que significa diferentes níveis durante o seu desenvolvimento espiritual.

De KabTV “Nova Vida # 850 – A Mudança Das Gerações”, 18/04/17

O Único Princípio Educacional

Laitman_112Pergunta: Nós estamos vivendo em um mundo habitual e nossos filhos vão aos jardins de infância e às escolas. Como devemos educar nossos filhos? De acordo com que princípios e ideais? Qual é a base para a educação certa?

Resposta: Há um princípio educacional para todas as pessoas e religiões: “ama teu amigo como a ti mesmo”. Só podemos cumprir este princípio de acordo com o método da Cabalá, que é o que a sabedoria da Cabalá ensina.

Você quer que seus filhos sejam felizes? Eduque-os! E o trabalho educativo deve ser “mastigado” e adequadamente servido a cada indivíduo, assim como você serve uma colher de comida para um bebê e espera que ele engula.

Da Lição da Cabalá em Russo 08/01/17

Anestesia Espiritual

Laitman_509Pergunta: Como é possível controlar o fluxo de pensamentos?

Resposta: Não é necessário controlar nada; caso contrário, uma pessoa ficaria louca com todos os pensamentos. É preciso estar preso a um único pensamento: “Não há outro além Dele” (Deuteronômio 04:35). Eu estou conectado a Ele, e tudo o que faço neste mundo é para que não me desapegue Dele.

Comentário: Quando você diz isso, estou imediatamente envolvido em serenidade. Você parece se render a este fluxo sem qualquer resistência.

Resposta: Isso é porque não há mais nada. Entregue-se, e pronto! É como se você estivesse anestesiado.

Da Lição de Cabalá em Russo 15/01/17

Os Judeus São Cosmopolitas Sem Raízes

Two MethodsPergunta: Por que na Rússia eles chamam os judeus de “cosmopolitas sem raízes”?

Resposta: Porque, em princípio, é exatamente assim! Os judeus têm um sentido inconsciente de “desconfiança” neste mundo; não há lugar neste mundo que eles sintam como seu lugar porque seu “lugar” está no mundo espiritual, ou seja, no sentimento de espiritualidade, o sentimento do Criador.

Enquanto não conseguem isso, eles se sentem inseguros na terra, a base habitual para todos os outros povos, a Terra, e ficam suspensos no ar; eles não se sentem conectados à terra. Eles não têm terra. A existência de seu país será aceita somente se os judeus se tornarem um povo. Para isso, eles devem alcançar a unidade, a consciência da interdependência, responsabilidade mútua e amor.

O Que É Considerado Um Verdadeiro Trabalho Espiritual?

laitman_626Pergunta: Eu tenho um chefe onde não tenho força suficiente para justificar as ações do Criador de acordo com o princípio, “Não há outro além Dele” (Deuteronômio 04:35). Eu fico com raiva desse “boneco” que está sendo gerenciado pelo Criador. O que devo fazer?

Resposta: Isso significa que você não identifica seu chefe com o Criador? Mas você imagina que o Criador está no chefe e Ele está incomodando você de lá. Por que Ele está fazendo isso? A fim de criar em você certas características que estão próximas às propriedades espirituais.

Pergunta: E se estou feliz em ir trabalhar, isso não é considerado um trabalho?

Resposta: Nem isso nem aquilo é considerado um trabalho espiritual. Trabalho espiritual significa superar um desejo egoísta com a ajuda da Luz superior.

Da Lição de Cabalá em Russo 18/12/16