Escalando O Monte Sinai

laitman_740_03Comentário do Facebook: Um amigo e eu decidimos escalar o Monte Sinai. Em certo ponto, eu me senti tão fraco que não conseguia me mover e desisti. Eu sinto que me deram uma chance e que não a aceitei.

Resposta: Não há nada de sagrado no Monte Sinai. Houve um momento sagrado, quando os judeus receberam a Torá, não o monte em si, mas o estado dos filhos de Israel ao pé do monte, a fim de se conectar e receber a Luz Superior.

A Luz superior preenche não apenas nosso espaço, mas também outras dimensões. Ela é vestida em nós e nos preenche na medida em que podemos assemelhá-la, e a semelhança é alcançada por nosso anseio de se unir entre nós.

Portanto, o Monte  Sinai é simplesmente um marco geográfico ao longo do caminho e nada mais. Na verdade, é o estado que as pessoas alcançam quando querem se conectar umas com as outras acima de seu egoísmo. Desta forma, seu egoísmo unido cria um monte que cresce bem na frente delas, e elas devem subir acima dele.

O ponto no coração delas chamado de Moisés sobe acima de seu egoísmo e toda a nação (egoísmo) permanece abaixo, mas concorda, ao baixar sua cabeça, em obedecer o que o Criador diz a Moisés e aceitar este estado para depois alcançar o mesmo ascenso juntos .

De KabTV do “Notícias com Michael Laitman” 15/02/17

Comente