Nova Vida # 395 – Sorte, Destino E Anjos

Nova Vida # 395 – Sorte, Destino E Anjos
Dr. Michael Laitman em conversa com Oren Levi e Yael Leshed-Harel

Resumo

Como a pessoa deve se relacionar com o conceito de sorte e destino, e como cada um pode transformar sua vida em uma oportunidade para alcançar a bondade?

Nada é por acaso na natureza. Do Big Bang ao momento atual, tudo é administrado de acordo com leis fixas. O destino é um tipo de cadeia de situações que uma pessoa deve atravessar do início até o fim da vida.

Cada um tem a oportunidade de mudar sua atitude em relação ao que está acontecendo consigo e sentir que tudo é bom. Tudo em nossas vidas é uma oportunidade de mudar nosso ódio em amor. Você começa a perceber e ver que isso é assim. O bem e o mal não existem. Mal é o que é ruim para os outros e bem é o que é bom para os outros. “E amarás o teu amigo” (Levítico 19:18). Nada é mal exceto o ódio infundado, e não há bem senão o amor fraternal.

“Sorte” consiste em forças que chegam a uma pessoa desde cima, que a levam a se equilibrar com os outros. Se a pessoa sabe como receber isso corretamente, essa sorte é sentida como boa para ela, e se não, é má.

A sabedoria da conexão ensina uma pessoa como se preparar para aceitar corretamente todos os eventos na vida. E o que são os anjos? Os anjos são forças que me influenciam. Um exemplo é a força da gravidade. Anjos destrutivos são forças que dão vida a todos os tipos de golpes e percalços e cabe a mim corrigir-me através deles.

Basicamente, a correção é a formação de um relacionamento bom e equilibrado: “E você amará seu amigo como a si mesmo”. Os bons anjos aproximam do amor ao próximo; anjos maus afastam a pessoas para o egoísmo. Mesmo demônios e espíritos são forças.

É impossível vê-los, só se vê o resultado de sua influência. Nós precisamos aprender a gerenciá-los.

De KabTV “Nova Vida # 395 – Sorte, Destino E Anjos”, 03/06/14

Comente