A Sabedoria Da Cabalá Sobre A Depressão

laitman_532Pergunta: Muitas pessoas, incluindo jovens e idosos, sofrem de depressão hoje. Por alguma razão ela é considerada uma doença mental. Existe uma solução para a depressão de acordo com a sabedoria da Cabalá?

Resposta: Há uma solução. A depressão é resultado de nossos desejos não satisfeitos. Uma pessoa tem somente desejos; se esses desejos são preenchidos, sentimos alegria. Se eles são parcialmente preenchidos, sentimos uma insatisfação parcial, um estado em que estamos o tempo todo e ao qual temos nos habituado.

Nós tentamos neutralizar essa insatisfação de diferentes maneiras: assistindo filmes, jogando futebol, tomando remédios, usando drogas, etc., e assim, de alguma forma, nos mantemos em atividade.

Existem modos de depressão nos quais sentimos um profundo e obscuro vazio dentro de nós, e não sentimos qualquer preenchimento no presente, nem sentimos que haverá qualquer preenchimento no futuro também, o que é de fato uma situação difícil .

Uma pessoa geralmente vive com esperança no futuro. Ela planeja sair de férias, pescar, jogar futebol com amigos, etc. Uma pessoa geralmente está ocupada com pensamentos sobre comida, sexo, família, riqueza, respeito, conhecimento e recreação. Nós inventamos tudo isso em nosso mundo como uma distração para que possamos existir nessa vida. Mas quando tudo é engolido pela escuridão, a pessoa está em um modo grave de depressão e está pronta para morrer. Com respeito a isso está escrito: “minha morte é melhor do que minha vida”.

No momento em que uma pessoa começa a sentir tais modos de depressão, ela se pergunta sobre o sentido da vida: “Será que não há sentido para a vida nesse mundo?” Tais estados a levam à sabedoria da Cabalá. Portanto, é praticamente impossível alcançar a sabedoria da Cabalá sem se sentir deprimido porque essa é uma questão do sentido da existência.

Se a pessoa encontra sentido em ações como dormir, comer, viajar e, em geral, encontra prazer em algo, a questão sobre o sentido da vida não surge nela. É como se ela estivesse bem, mas esse sentido na vida está no nível animal. Se a pessoa não está satisfeita com tais ações, ela alcança a sabedoria da Cabalá.

Portanto, a primeira pergunta que uma pessoa faz à medida que chega à sabedoria da Cabalá é: “Qual é o sentido da vida? Como você pode preencher essa vida? Qual é a razão nessa vida?” É realmente a falta de sentido que desenvolve uma pessoa, porque todo o nosso desenvolvimento é apenas sob a pressão e o sofrimento do desejo de descobrir e alcançar algo. Uma pessoa sente que lhe falta algo, mas, de fato, lhe falta o sentido da vida.

Depois de todas as revelações ao longo da história humana, a questão é: “Para quê? Por quê? Qual é o sentido de tudo isso?” No final, isso deveria nos levar à revelação do verdadeiro sentido da vida.

Nós devemos entender que o nosso mundo é meramente um trampolim do qual temos que nos impulsionar e subir à próxima dimensão que está bem aqui nesse mundo. Nós transcendemos à próxima dimensão enquanto vivemos em nosso corpo material, enquanto vivemos nesse mundo com uma família, um trabalho e tudo mais, e ao mesmo tempo, começamos a atingir o próximo mundo. Esse é o verdadeiro sentido.

O sistema nos empurra a procurar esse sentido e não haveria nada sem ele. Assim, o nosso ego é chamado de ajuda contrária porque é realmente o ego vazio que empurra o homem na direção certa.

Da Lição de Cabalá em Russo 02/10/16

Comente