“Setenta Por Cento Dos Judeus Europeus Não Querem Ir À Sinagoga Em Yom Kippur”

Laitman_419Nas Notícias (The Jerusalem Post): “Uma pesquisa divulgada terça-feira afirmando que 70% dos judeus europeus não vão à sinagoga em Rosh Hashana ou Yom Kippur, devido a preocupações com segurança, foi recebida com ceticismo por líderes judeus proeminentes.

“A pesquisa online, conduzida na semana passada pela Associação Judaica Europeia e o Centro Rabínico da Europa tinha 78 entrevistados, que a AJE diz ser uma amostra representativa de 700 cidades, capitais e periferias em toda a Europa – que vão desde a Grã-Bretanha até a Ucrânia. …

“Os participantes foram questionados se houve um aumento ou diminuição no número de indivíduos registrados em suas comunidades judaicas em comparação com o ano passado; se houve um aumento ou diminuição no número de judeus esperados para ir à sinagoga, nos Elevados Dias Santos, em comparação com o ano passado; quão preocupados eles e seus membros da comunidade estão com o aumento do antissemitismo em seus países; e se houve maior segurança em institutos de judeus em sua comunidade, à luz do aumento dos ataques terroristas na Europa. …

“A pesquisa também descobriu que 80% dos entrevistados estão preocupados com um aumento no antissemitismo em seus países. …

“Essa pesquisa é realizada anualmente, e tendo analisado os resultados, comparando-os com os anos anteriores, os grupos deduziram que a queda no comparecimento à sinagoga é resultado direto do aumento do antissemitismo. Margolin disse ao The Jerusalem Post que, enquanto outros fatores entram em jogo, como a secularização, uma comparação com os anos anteriores mostra que as preocupações de segurança são o principal fator. …

“Ele citou um aumento nos ataques contra indivíduos, instituições e comunidades judaicas, que ele em parte atribuiu ao afluxo de refugiados à Europa. Ele também apontou para uma crescente influência da extrema direita em todo o continente.

“‘Atualmente, o foco da extrema direita e sua atividade está focada na islamofobia, mas testemunhos de rabinos e líderes comunitários mostram uma grande preocupação sobre o crescimento do nacionalismo e da xenofobia, também contra os judeus da Europa’, ele advertiu.”

Meu Comentário: Não é possível fugir do ódio no mundo atual. Logo, os judeus sentirão que estão sendo encurralados. A única saída é através do desenvolvimento e estudo do método de unificação, ou seja, retornando à construção de um povo único. Neste estado, conforme os nossos esforços, nós imediatamente obtemos o apoio do Criador através do sentimento de uma boa atitude em relação a nós, em primeiro lugar dos antissemitas!

Comente