“A Europa Em Um Período Difícil De Sua História”

Laitman_419Nas Notícias (cursorinfo): “A Europa está enfrentando o período mais difícil de sua história, diz Sylvie Kauffmann, colaborador regular do Le Monde. …

“‘Por alguns meses a crise de migrantes levou a profundas transformações na Europa, ainda mais profundas do que a crise do euro. O primeiro choque para a Europa tornou-se uma nova divisão entre Oriente e Ocidente. A tentativa em nome da solidariedade, mas sem um tratamento prévio para forçar os países membros a cotas de distribuição de migrantes, expôs o abismo que existe entre as antigas democracias do Ocidente e os jovens regimes pós-comunistas na Europa Central’ – diz o artigo. ‘A recusa categórica de muitos desses países em aceitar os refugiados muçulmanos que lhes são impostos levou a um fracasso no front (segundo choque), que coincidiu com um aumento no número de práticas políticas, percebido no Ocidente como antidemocráticas’.

“’O terceiro choque foi a derrota moral da UE’ – continua o jornalista – ‘ A Europa sempre declarou seus valores fundamentais: tolerância, direitos humanos, diversidade, que caíram sob a pressão de movimentos nacionalistas/populistas que floresceram rapidamente devido à crise de migrantes … ‘

“‘O quarto choque é paradoxal. … diz Kaufmann. – ‘A crise com os migrantes mostrou que o espaço para a livre circulação não pode operar na UE … Leger compreende a resistência de alguns países, mas é certo que ‘não há outra saída’.

Meu Comentário: Não há outra saída, e, em geral, só há uma: a verdadeira integração. Mas essa abordagem exige uma mudança de atitude em relação ao mundo e ao sentido da vida.

A pergunta é: “Será que as pessoas na União Europeia estão prontas para ouvir isso ou são completamente controladas pelas elites burguesas que não valorizam nada, exceto o ganho material, mesmo sob ameaça de sua extinção e do mundo? Se sim, será que a União Europeia tem o poder de impor sua vontade sobre todos?

Um grupo de Cabalistas poderia iniciar a mudança.

Comente