Uma Carta Ao Papa

laitman_212Nas Notícias (Catholic Herald): “Os cristãos na Europa devem quebrar os ‘muros do medo e da agressão’ e tentar compreender as pessoas de outras religiões e origens, disse o Papa Francisco.

“Em uma mensagem de vídeo no sábado aos participantes do encontro ‘Juntos pela Europa’, em Munique, o Papa insistiu que ‘muros invisíveis’ estão sendo reforçados, dividindo as pessoas umas das outras.

“‘Esses muros estão sendo construídos no coração das pessoas’, disse o Papa. ‘Eles são muros feitos de medo e agressividade, incapacidade de compreender as pessoas de origens ou fé diferentes. São muros de egoísmo político e econômico, sem respeito pela vida e pela dignidade de cada pessoa'”.

“O Papa Francisco disse a representantes de cerca de 300 organizações, movimentos e comunidades cristãs europeias de diferentes igrejas que eles e seus companheiros cristãos precisam encontrar maneiras novas e mais vibrantes para oferecer valores cristãos à sociedade europeia e ao mundo.

“‘A Europa é chamada a refletir e se perguntar se sua imensa herança, tão impregnada de Cristianismo, pertence a um museu ou ainda é capaz de inspirar cultura e oferecer seus tesouros a toda a humanidade’, disse ele.

Pergunta: O Papa Francisco é uma pessoa extraordinária. Esse aviso sobre a falta de consciência de uma pessoa de outras religiões é perigoso?

Resposta: Não, este não é um aviso perigoso. Ele está simplesmente afirmando um fato. Dentro das religiões existem milhares de diferentes “muros”. Por exemplo, se o “muro” que existe entre cristãos e muçulmanos é claro, os impulsos que queimam dentro de cada uma das religiões são paixões muito mais fortes.

Pergunta: A Europa, como o Papa afirma: “ainda é capaz de inspirar a cultura e oferecer seus tesouros a toda a humanidade”?

Resposta: A Europa é um continente cansado. Ela não está pronta para fazer qualquer coisa.

Pergunta: O Papa também disse: “Cada unidade autêntica baseia-se na riqueza da diversidade que a forma – como uma família que cresce em unidade, na medida em que seus membros podem ser eles mesmos sem medo e de forma plena”.

“Para a Europa ser uma família, ele acrescentou, o bem do ser humano deve ser a preocupação central, e grupos e nações devem encontrar formas de trabalho em conjunto que ‘não sejam apenas econômicas, mas também sociais e culturais’” (Catholic Herald).

Resposta: Todas essas palavras estão corretas, mas muitos dos habitantes da Europa podem dizer isso; o que importa saber é se eles têm um método para realizar essas palavras? Se não, essas são apenas belas expressões; é como estar sentado ao lado de nosso túmulo e chorar.

Os habitantes da Europa não têm fé em seu poder e, basicamente, não têm fé no método de correção, de mudança. Portanto, o Papa Francisco está realmente olhando para tudo corretamente e está dizendo as coisas certas, mas e agora? Na verdade, ele está apenas lamentando a Europa. O Papa é o líder espiritual não só da Europa, mas também de um bilhão de outras pessoas. Ele deve oferecer um método educativo.

No passado, no seu desenvolvimento evolutivo, os cristãos se tornaram selvagens. Hoje, os cristãos e toda a humanidade devem ser educados para se tornar humanos, conectando-se para se tornar unidos, assemelhando-se à natureza, criando um todo harmonioso. Através de tal conexão, todos podem se sentir feliz e equilibrados, e a paz habitará na Europa.

Comentário: Ele também diz: “A unidade é como uma família”.

Resposta: Na verdade, cabe à sociedade viver como uma grande família. O Papa está correto que essa situação não existe na Europa. Os ancestrais da sociedade europeia não definiram essa meta para si mesmos. Mas agora ele pode lhes mostrar o caminho. Ele pode se voltar a todo o continente europeu como seu líder espiritual.

Nós temos que escrever para ele e realmente espalhar diante dele uma série de aplicativos, documentos e materiais explicativos. Esse deve ser o seu apelo à Europa. Os judeus, e em suas mãos a sabedoria da Cabalá, existem para ajudar o Papa a se voltar corretamente à sociedade dos seus amigos europeus. Afinal, a sabedoria da Cabalá é derivada da mesma fonte de onde o cristianismo é derivado.

De KabTV “Notícias com Michael Laitman” 04/07/16

Comente