Os Refugiados São Benéficos?

Laitman_419Comentário: De acordo com estudos, os norte-americanos chegaram à conclusão de que os refugiados não foram um jugo sobre o pescoço da nação que lhes deu abrigo. Pelo contrário, a ajuda monetária que é dada a eles irá fornecer um forte impulso para a economia.

No entanto testes foram realizados nos campos de refugiados da África. A assistência foi dada lá sob a forma de produtos alimentícios. Os refugiados os venderam e o dinheiro foi investido na economia do país.

Resposta: De qualquer caso, isso não vai levar a uma solução, porque os refugiados devem ser absorvidos e devem se ajustar a uma vida diferente nessas nações.

Em primeiro lugar, a absorção e adaptação deve ser cultural. Isso não pode ser implementado porque, de acordo com a sua religião, de acordo com a sua infraestrutura, de acordo com as suas intenções e planos, os refugiados são completamente hostis às nações que os acolhem. Os refugiados estão agarrados a um plano preciso para conquistar estas nações, para controlá-las e convertê-las em um califado. Portanto toda a conversa sobre a sua aparente contribuição para a prosperidade da economia são apenas palavras vazias. Os norte-americanos estão realizando e ativando suas políticas para suavizar a opinião pública, pelo menos um pouco.

Os refugiados não trouxeram uma recuperação econômica ou a restituição de qualquer nação. Eles não querem trabalhar, não querem aprender e não querem ser como todo o resto dos cidadãos. E o fato de uma enorme circulação monetária estar passando por eles, através da qual a nação lhes dá dinheiro e eles o devolvem à nação através de compras, também pode ser feita através dos cidadãos dessas nações.

Pergunta: Então eles devem promover a inserção cultural e a educação dos refugiados porque não é mais possível evitar o fluxo de sua migração?

Resposta: Infelizmente, a Europa está “deitada” sob eles. Eles são como bactérias parasitas em um ambiente bom e nutritivo. Isso é precisamente o que está acontecendo hoje no continente europeu.

De KabTV “Notícias com Michael Laitman” 21/06/16

Comente