Como A Pessoa Revela O Mundo Espiritual?

laitman_276_02Comentário: Há uma sensação de que você não está falando sobre o que acontece no mundo espiritual, está escondendo em que as pessoas estão envolvidas e tudo o mais.

Resposta: Nos últimos 3.500 anos algumas centenas de livros foram escritos sobre o mundo espiritual por grandes Cabalistas que investigaram e descobriram o mundo superior. Quanto a mim, eu sou o menor e o último na cadeia de Cabalistas, por isso, se minhas palavras são inadequadas, eu recomendo tomar seus livros e começar a ler!

Assim, você vai descobrir como deve mudar a si mesmo de modo que possa ver o mundo superior, aprender a expandi-lo e penetrar mais profundamente nele. Isso também é verdadeiro para as ciências como a física nuclear ou a síntese de medicinas e afins. Estas são coisas muito complexas e a sabedoria da Cabalá é ainda mais complexa porque está além da percepção dos nossos sentidos regulares.

Deve-se entender que é impossível explicar a sabedoria da Cabalá; portanto eu não explico exatamente, mas ensino. A sabedoria da Cabalá ensina a pessoa como abrir os olhos e ver o mundo superior. É como olhar para um estereograma onde você precisa desfocar sua visão para ver a imagem escondida. Quando a vista está concentrada na imagem parece que não há nada lá, exceto linhas, e, de repente, ao desfocar sua visão, pode-se ver uma imagem tridimensional lá de dinossauros vagando ou qualquer outra coisa. Isso acontece quando a visão é totalmente dispersa.

A sabedoria da Cabalá pode ensinar a pessoa a dispersar o foco dessa forma com todos os sentidos! Assim, todos os cinco sentidos tornam-se dirigidos ao próximo nível mais interno e nós começamos a entrar em uma imagem do mundo que está para além das suas fronteiras e nós sentimos toda a criação! Eu não posso explicar isso, só posso recomendar a forma de dispersar o foco em si mesmo, como sentir o mundo superior, em vez deste mundo, e entrar na próxima dimensão.

Na verdade, nós existimos em todos os cinco mundos espirituais! E o nosso mundo, que está no nível mais baixo de desenvolvimento, não é contado entre eles. Existem cinco mundos que são compostos de 125 níveis, que estão acima do nosso mundo; eles existem aqui e agora, mas não os sentimos ou vemos. Mas nós entramos em contato com eles inconscientemente, e eles nos influenciam. O papel de uma pessoa é descobrir o mundo superior e realizar uma dispersão focal em todas as suas abordagens egoísta da vida e começar a perceber o mundo altruísta que existe de acordo com leis que são o oposto das leis do nosso mundo: o altruísmo em vez do egoísmo, o amor ao invés do ódio, preocupação com os outros, em vez de preocupação consigo mesmo.

A Torá não diz simplesmente, “E amarás o teu amigo como a ti mesmo” (Levítico 19:18) sem nenhuma razão. Essa é a lei geral do mundo superior, e se você quiser senti-lo, tente praticar essa atitude para com o mundo. Isso só é possível se a pessoa entra em um círculo de pessoas como ela que estão ansiosas em alcançar a verdadeira realidade.

Quando um grupo de pessoas como esse se reúne e começa a praticar tais atitudes mútuas, atitudes de amor e preocupação, atenção e apoio, então, de repente, como se estivesse em uma névoa, o mundo oculto que nos rodeia começará a aparecer e ser revelado. Todo o método Cabalístico se baseia nisso, e nenhum Cabalista pode nos dizer sobre o mundo espiritual, porque não temos modelos internos que correspondam a sua sensação. Em nosso mundo, nós já nascemos com modelos que possibilitam sentir o mundo espiritual, e mesmo que eles estejam incompletos, nós os adquirimos. Por que os bebês recém-nascidos não ouvem e depois começar a ouvir? Por que eles não veem primeiro, e, depois, começam a ver? Porque esses modelos são criados em nós gradualmente; nós desenvolvemos nossos sentidos. Eu sugiro a todos começar a se envolver no estudo da sabedoria da Cabalá, que deriva seu nome da palavra “Le’Kabel“, “receber” em hebraico, para receber a percepção do mundo superior.

Da Lição de Cabalá em Russo 20/03/16

Comente