As Guerras Se Repetem

laitman_293Comentário: Setenta e cinco anos atrás, no dia 22 de junho, às 3:06, exércitos fascistas cruzaram a fronteira Soviética e a Grande Guerra Patriótica começou.

Resposta: Eu nasci logo depois da guerra e a senti durante toda a minha infância e minha juventude. Como meninos, costumávamos descobrir vestígios da guerra e frequentemente costumávamos encontrar capacetes, metralhadoras, e outras peças de equipamento militar. Havia muitos desses casos, e isso nos perturbava muito, mas uma geração segue a outra e as pessoas esquecem tudo.

A geração pós-guerra ainda se lembra de alguma coisa, mas depois tudo é apagado na terceira geração e a quarta geração não lembra de nada, não tem medo e não sabe o que é a guerra.

Aqueles que nasceram na quarta geração depois da guerra não assistem filmes de guerra, porque não sentem que a guerra esteja relacionada a eles. Esse não é um assunto que existe em suas vidas, sua imaginação e seus registros informativos internos.

Pergunta: Eles não são tocados pelas histórias de guerra?

Resposta: Não, tudo desaparece e assim as guerras se repetem.

A última guerra mundial estava à beira de uma guerra nuclear e, por fim, terminou com um ataque nuclear. A próxima guerra pode ser muitas vezes mais intensa, mas infelizmente as pessoas não aprendem nada e a sociedade permite uma educação fascista. O ódio mútuo transborda.

Não são as massas, mas os governos que revivem tudo uma e outra vez e incita umas nações contra outras com a ajuda da tecnologia moderna. O que está acontecendo é simplesmente inacreditável.

A força superior nos força a escolher entre seguir o caminho certo e bom pelo qual vamos nos corrigir e subir ao seu nível, que é o objetivo da criação; ou podemos aprender por outros caminhos que não podemos viver em paz nesta Terra em sua vida cotidiana primitiva como animais.

Pergunta: Será que isso significa que um bem-estar corporal e uma vida familiar pacífica são valores irrealistas?

Resposta: Nós devemos entender que é impossível viver por tais valores; vale a pena e é simplesmente impossível. A única coisa que podemos fazer é subir acima de nós mesmos.

Se não fizermos isso, vamos mais uma vez enfrentar aflições terríveis como pessoas queimando como resultado de bombas nucleares. Se a humanidade deve passar por tais sofrimentos, ela vai entender mais tarde que não há outro caminho e que tem que subir ao próximo nível de sua evolução espiritual.

A natureza está se desenvolvendo de acordo com quatro níveis e o mundo já passou pelos níveis evolutivos da natureza inanimada, vegetal e animal. Hoje, nós temos que subir ao último nível, o nível humano. Nós temos que alcançar o quarto nível da natureza. Se conseguirmos fazer isso, vamos subir de forma confortável e fácil, e se não o fizermos, teremos que enfrentar um caminho de sofrimentos.

A sabedoria da Cabalá é o método de correção. Aqueles que se envolvem nela têm uma missão séria de trazê-la ao mundo. Nós vamos tentar fazer isso juntos!

De KabTV “Notícias com Michael Laitman” 22/06/16

Comente