Textos arquivados em ''

A Destruição Do Templo: O 17 De Tamuz

Laitman_633_4Pergunta: É dito no dia 17 de Tammuz, que Antíoco Epifânio queimou a Torá e trouxe a estátua de um ídolo para o Templo. Se olharmos para isso de uma perspectiva espiritual, o que isso significa?

Resposta: A Torá não se refere simplesmente às tábuas ou um rolo de papel com algo escrito nele. A Torá é Luz, uma força espiritual que desce de um nível superior que está cheio de amor e doação até pessoas que aspiram por esse nível.

O Templo se refere ao coração de uma pessoa. O fato de que uma pessoa está acima do seu egoísmo é chamado de santidade. Assim, quando o estado de amor e doação desaparece, a Luz Superior, a Luz de Hassadim (Misericórdia) desaparece e a santidade também desaparece, e em vez disso, a estátua de um ídolo (de egoísmo e amor próprio) é colocada no templo, que significa em nossos corações.

Esta é a razão dos seres humanos se curvarem aos ídolos. É claro, nós devemos purificar profundamente nossos corações, nossos atributos, nossas intenções e nossos sentimentos de todos os ídolos egoístas até que sejamos capazes de apontar nossos desejos na conexão integral entre nós, de modo que cada um de nós vai pensar apenas no bem-estar dos outros.

Pergunta: A queda do nível sagrado de conexão também é um ato de destruição?

Resposta: Sim, mas ele é essencial, pois, caso contrário, o Criador não será capaz de inserir seus atributos na criatura. Os atributos devem ser opostos e, ao mesmo tempo, incluir um ao outro dentro deles: o Criador deve incluir os atributos da criatura, e a criatura deve incluir os atributos do Criador.

Assim, eles vão começar a criar atributos que entram em contato, que podem se assemelhar um ao outro, um oposto ao outro; o Criador desce até a criatura graças à incorporação dos atributos da criatura dentro Dele, e a criatura pode subir, pelo menos um pouco, acima da sua vida, o que significa acima de seus atributos e desejos, e chegar ao nível do Criador.

Assim, eles cooperam mutuamente. Isso resume todo o princípio da correção chamada Tzimtzum Bet (a segunda restrição).

É importante dizer que a penetração mútua dos atributos opostos não decorre do dia 17 Tammuz ou do dia 9 de Av, mas do pecado de Adão, porque é lá que existe o sistema de conexão mútua e equivalência de forma da criatura com o Criador graças ao pecado e o choque dos atributos polares.

Assim, a cadeia de subidas e descidas deve ocorrer regularmente em cada pessoa. Portanto, eu lhes desejo todas as descidas exitosas, que devem ser seguidas cada vez por uma subida!

De KabTV “Notícias com Michael Laitman” 11/07/16

Quando Não Há Interesses Comuns

laitman_627_1Pergunta: Eu comecei a estudar a sabedoria da Cabalá e tenho notado que muitas pessoas ao meu redor não me interessam mais. Esse é um indício de que o meu ego cresceu ou que a diferença entre os nossos atributos cresceu?

Resposta: Nós procuramos o ambiente certo ao longo de nossas vidas de acordo com os nossos atributos internos, nossos hobbies, e nossos objetivos, e assim, sem escolha somos atraídos às pessoas que achamos interessantes.

Para mim, por exemplo, essas são os meus alunos e amigos que compartilham os mesmos pontos de vista que eu. Isso, naturalmente, não nega a minha atração natural pelos meus filhos e netos, porque eles são minha família, mas isso não tem nada a ver com espiritualidade.

Quanto às outras pessoas, eu apenas não estou em contato com elas, porque não temos interesses comuns. Às vezes eu encontro pessoas com quem estudei no passado ou que estavam na minha vida em diferentes fases, mas além de algumas pequenas conversas como “Como você está?”, e “Como está tudo?”, não temos nada em comum.

Depois de alguns minutos, não há mais nada o que falar. Por isso, é bom aceitar o fato de que a sabedoria da Cabalá nos desvia um pouco dos nossos velhos conhecidos. A vida nos separou.

Da Lição de Cabalá em Russo 10/04/16

Vamos Trazer O Bem Ao Mundo!

laitman_626Pergunta: O que está impedindo o povo de Israel e todos os judeus do mundo de se unir? Por que os outros povos não têm esse problema?

Resposta: Os outros povos têm o mesmo problema e ainda mais! Mas eles não são fundados na ideia de consolidação, como nós somos. Nós possuímos o método de unidade! Portanto, as nações do mundo estão nos empurrando para começar a usá-lo.

Pergunta: Portanto, por que nada dá certo?

Resposta: Porque o nosso povo não sabe e não quer saber que tem esse método, a sabedoria da Cabalá. É precisamente isso que fala da necessidade de se unir e como mostrar isso ao resto dos povos.

Mas ninguém quer ouvir. Verifique por si mesmo: quanto isso é importante para você, o que você vai fazer e quando vai pensar nisso depois? Acontece que nós, judeus, impedimos a nós mesmos! Os antissemitas têm razão quando nos acusam de ser um problema para o mundo inteiro, porque só nós temos a técnica de união chamada “Cabalá”. Mas não queremos usá-la e levar o mundo ao bom futuro brilhante!

Não é importante para os antissemitas quantas conquistas nós trouxemos ao mundo, quantos prêmios Nobel nós temos e que queremos ser bons para eles. O mundo exige algo mais. A única coisa que ele quer de nós é que nós o transformemos em um mundo melhor com pessoas felizes!

Isso só é possível atingir através da consolidação. Dar à humanidade um exemplo de unidade. Essa é a única coisa que falta no nosso mundo fragmentado e miserável. Mostrar que os povos podem viver juntos e felizes na unidade e conexão entre eles e que o método está em nossas mãos! Ele é chamado de sabedoria da Cabalá e nós temos que usá-lo. Nós não o temos usado por 2.000 anos, e agora chegou a hora de começar a usá-lo e trazer o mundo para a felicidade.

Pergunta: Será que haveria paz no mundo inteiro se fôssemos felizes e com alegria cantando e dançando em círculos em Israel?

Resposta: Se esse método pudesse ser resumido pelo nosso canto e dança em círculos, tudo seria simples. Mas ele é muito mais complicado, é universal e profundo. Ele é único na medida em que revela como chegar à gestão superior. Esse é um método global muito sábio, sério e interno. É possível ler o que os cientistas, pensadores e filósofos têm escrito sobre a sabedoria da Cabalá e entender o que é. Esse é o único bem do nosso mundo.

Pergunta: Se o processo de unificação começasse em Israel, o mundo a nossa volta mudaria?

Resposta: Certamente! Os árabes e os antissemitas se tornariam nossos amigos. Ninguém, exceto os judeus, tem liberdade de escolha. O que os antissemitas parecem dizer? “Vocês têm a chave para a nossa felicidade! Vocês são a razão de todo o mal no mundo!” Então, nós podemos nos tornar a razão de todo o bem.

Vamos fazer isso! Não há nenhuma razão para se sentar e chorar sobre isso, atraindo um futuro amargo sobre nós novamente. Nós devemos despertar e abordar essa questão seriamente. Grandes poderes estão realmente em nossas mãos. Nós podemos fazer a nós mesmos e todo o mundo feliz!

Do Webinar 08/05/16

“Laços Profundos” De Obama Com O Islã

laitman_272Nas Notícias (Fox News): “Fotos recém-descobertas do presidente Obama em trajes muçulmanos ressaltam seus profundos laços com a fé – e, possivelmente, ajudam a explicar sua relutância em chamar o Islã radical, disse Bill O’Reilly do Canal Fox News na quarta-feira.

“As fotos, exibidas no programa ‘The O’Reilly Factor’, foram tiradas no casamento do meio-irmão de Obama, Malik Obama, em Maryland, em algum momento no início de 1990, disse O’Reilly. Elas não foram oferecidas como prova de que Obama é muçulmano, como alguns de seus críticos insistem, mas para mostrar seus ‘profundos laços emocionais’ com a religião de seu pai e padrasto, disse O’Reilly.

“‘Não há dúvida que o maior fracasso da administração de Obama está permitindo que o grupo terrorista islâmico ISIS corra solto, assassinando milhares de pessoas inocentes em todo o mundo, incluindo muitos muçulmanos’, disse O’Reilly. ‘O Sr. Obama nunca, nunca reconheceu esse erro, nem define a ameaça do ISIS com precisão’.

“‘Esse grupo está matando pessoas inocentes, a fim de impor uma versão radical do Islã no mundo’, acrescentou o jornalista. ‘A jihad é baseada exclusivamente na teologia, pervertida como pode ser’.

“Uma foto semelhante surgiu em 2008, quando Obama estava concorrendo para a nomeação presidencial Democrática contra Hillary Clinton. Nessa foto, Obama foi visto usando um turbante branco e roupas muçulmanas. A foto foi enviada para o influente Drudge Report, e a campanha de Obama culpou Clinton pela ‘mancha’. …

“O presidente supostamente conheceu seu meio-irmão mais velho pela primeira vez em 1985. Malik Obama agora vive em uma aldeia queniana rural perto do Lago Victoria”.

Meu Comentário: O Criador está conduzindo o mundo para o reconhecimento do mal nas pessoas e o reconhecimento da necessidade de contrabalançar o mal com o bem. A atração da força do bem ao nosso mundo acontece através da educação das pessoas de acordo com o método descoberto por Abraão e apresentado na sabedoria da Cabalá. Chegou a hora de usar esse método em todo o mundo antes que o mundo cometa erros maiores.

Caminho Dourado Para O Amor

laitman_527_03Torá, “Deuteronômio”, 05:32: Olhai, pois, que façais como vos mandou o Senhor vosso Deus; não vos desviareis, nem para a direita nem para a esquerda.

“Não vos desviareis, nem para a direita nem para a esquerda” significa ir apenas ao longo da linha média, utilizando todas as suas qualidades de doação e amor.

Todas as qualidades, sejam elas quais forem, nós devemos aceitar de modo a subimos acima de nós mesmos em amor por elas.

Quando nos desviamos para a esquerda, entramos no estado de desejos não corrigidos e não podemos deixá-los. Quando nos desviamos para a direita, entramos no estado em que “flutuamos” na Luz Superior, na qualidade de doação e amor, mas não participamos dela com todo o nosso egoísmo.

Portanto, ambos os lados devem ser equilibrados com a linha média, que é chamada de caminho dourado para o amor.

De KabTV “Segredos do Livro Eterno” 30/03/16

Nova Vida # 735 – Bênçãos E A Conexão Com O Criador

Nova Vida # 735 – Bênçãos E A Conexão Com O Criador
Dr. Michael Laitman em conversa com Oren Levi e Tal Mandelbaum ben Moshe

Resumo

“Uma pessoa não deve apreciar o mundo sem uma bênção”. Não é fácil entender o que os sábios querem dizer com isso, mas eles não se referem a palavras vazias. Uma pessoa deve atingir a revelação do Criador e a verdadeira gratidão.

As crianças aprendem a dizer bênçãos e os adultos devem aprender a realmente descobrir o Criador.

Aqueles que revelaram o Criador dizem que Ele é bom e benevolente para com todos, e, portanto, eu tenho que ser como Ele. A bênção é apenas uma razão para se conectar a força superior, a fim de identificar-se com Ele. A bênção deve incluir a intenção de descobrir o Criador e dar-Lhe prazer.

Todo o nosso trabalho é corrigir nossos atributos, corrigir o desejo de receber, que é totalmente egoísta. Tudo isso só pode ser realizado através do estudo da sabedoria da Cabalá em um grupo de pessoas.

É dito que “os mandamentos foram dados apenas para purificar as criaturas”, isto é, nos purificar, para corrigir o nosso egoísmo. Abençoar realmente significa alcançar um estado em que a pessoa aprecia a conexão real com o Criador e sua doação ao Criador.

O objetivo da bênção não é dizer obrigado, mas subir ao nível do Criador, ser amoroso e doador como Ele é. Dar ao Criador só pode ser feito dando-se aos outros, como está escrito, “do amor da criatura ao amor do Criador”.

Portanto, “ama teu amigo como a ti mesmo” é a maior regra da Torá. Essa é a bondade que uma pessoa pode “dar” ao Criador.

De KabTV “Nova Vida # 735 – Bênçãos E A Conexão Com O Criador”, 21/06/16