Professor E Aluno: Superior E Inferior

Dr. Michael LaitmanTorá, “Deuteronômio”, 1:37 – 1:39: Também o Senhor se indignou contra mim por causa de vós, dizendo: “Também tu lá não entrarás. Josué, filho de Num, que está diante de ti, ele ali entrará; fortalece-o, porque ele a fará herdar a Israel. E vossos meninos, de quem dissestes, por presa serão; e vossos filhos, que hoje não conhecem nem o bem nem o mal, eles ali entrarão, e a eles a darei, e eles a possuirão”.

Durante os quarenta anos no deserto, a pessoa preenche completamente as qualidades que tinha quando começou a sua jornada espiritual, ou seja, depois de receber a Torá até alcançar a qualidade de Bina antes de entrar na terra de Israel. Agora todas essas qualidades devem adquirir uma forma totalmente nova, receber a fim de doar.

Pergunta: O que significa para um aluno fazer o seu caminho para o Monte Sinai, depois do Monte Sinai à Bina, e sair para o próximo nível?

Resposta: O aluno executa essas ações relativas a um professor, anulando-se cada vez diante do professor. Ele chega a um entendimento de que tudo o que considerava correto antes é totalmente errado. Isso sempre acontece no grau mais baixo em relação ao superior.

O aluno vê o professor em uma nova forma que ele só agora está começando a revelar, que ele não entendia ou sentia antes. Ele não podia valorizar seu professor. Como se diz, “Qualquer um que nega o superior, nega-o porque é inferior”.

Pergunta: O que significa a rebelião do povo contra Moisés, contra o professor?

Resposta: É natural! Eles não podem concordar com o que lhes é oferecido. Em tal caso, o professor morre.

Em nosso mundo ele morre fisicamente, e nos graus espirituais, ele morre espiritualmente para o aluno. No momento em que o aluno para de usar o professor como superior, esse morre para ele, o que significa ele que para de conduzi-lo. Em uma forma física, se os alunos não necessitam mais de seu professor, ele não tem nada a fazer neste mundo.

Cada grau é para os inferiores. E de acordo com essa conexão correta, o professor não tem motivos para ficar no mundo material, se seus alunos não necessitam dele.

Os alunos não podem ser responsabilizados por isso, porque essa situação é definida e natural! Eles recebem tal orientação de cima que parece que podem sobreviver perfeitamente sem um professor. Eles já receberam o que precisavam, classificaram tudo, e agora, supostamente, sabem como seguir em frente. Ele até os desacelerou e distraiu de alguma forma.

O mesmo ocorre em relação a Moisés. As pessoas pensam que ele já lhes deu tudo; elas não veem os próximos graus e oportunidades nele, e, portanto, ele morre.

Pergunta: Então o que significa a morte da geração para os alunos?

Resposta: Se eles estão subindo ao próximo nível, eles precisam passar por estados onde todos os seus desejos anteriores, não importa em que medida foram corrigidos, devem agora morrer, ou seja, aceitar para si mesmos um novo nível, chamado de receber a fim de doar.

Eu espero que todo mundo entenda, saiba, sinta e experimente isso e que entremos na terra de Israel.

Pergunta: O que os alunos precisam fazer para aprender comsso o passado? Afinal, nós ainda aprendemos com ele para que a geração não morra.

Resposta: Não podemos aprender com nada. Nós apenas ouvimos essa história. No entanto, ainda vamos ignorar, e atacar Moisés, que nos leva à frente. E isso vai ser repetido uma e outra vez em cada pessoa.

Pergunta: Você também se rebelava contra o seu professor internamente?

Resposta: É claro. Você não pode avançar sem isso. Portanto, ele me dizia: “Eu entendo que todas as misérias em sua vida são por minha causa”.

A parte superior realmente entende isso. Então ela age por causa do inferior: ou ela bate nele com dor no coração, como nós punimos as crianças pequenas, ou aguarda até que ele cresça.

De KabTV “Segredos do Livro Eterno” 06/01/16

Comente