Textos arquivados em ''

As Mulheres São As Melhores Publicistas Do ISIS

laitman_222Pergunta: De acordo com uma análise na Internet da campanha de relações públicas do ISIS, os principais divulgadores de ideias e clipes são mulheres. Elas estão ativamente envolvidas na proliferação de vídeos, são mais persistentes, e podem convencer as pessoas de forma mais concreta.

Elas são as únicas que realmente colocam vídeos horríveis de assassinatos e de crianças que executam adultos na Internet. A questão é como pode uma mulher, uma mãe, ver assassinatos e morte de forma tão complacente e até mesmo promovê-los na Internet?

Resposta: É simples. Ela sabe que é assim que ela vai fazer seu povo progredir – sua nação, sua religião, e seus filhos – e assim alcançar um futuro melhor para eles e, o mais importante, o próximo mundo para Alá. Ela faz isso com plena compreensão de que faz um grande negócio.

O fato é que é muito mais fácil convencer uma mulher do que um homem. Não é difícil guiá-la. Ela se rende muito mais facilmente aos pontos de vista religiosos. As mesmas mulheres que não leram nada na sua vida, exceto um par de livros “sagrados” são muito fanáticas e fáceis de manejar.

A islamização é um grande problema para os cidadãos da Europa e para o mundo, porque não há como pará-los. Os Europeus são fracos e não podem resistir a isso; eles não veem a força em si mesmos para lutar contra e colocar barreiras para impedir a propagação de massas fanáticas.

Eu não vejo nenhum poder capaz de parar a propagação do Islã militante, exceto o método da educação integral. Só ela, devido à força especial, a Luz Superior, dentro dela, pode parar essa praga verde.

De Kab TV “Notícias com Michael Laitman” 13/06/16

Problemas Corporais E Desenvolvimento Espiritual

laitman_627_1Pergunta: Uma mulher deveria ter apenas uma raiz espiritual que a une a um homem, enquanto um homem pode ter várias mulheres?

Resposta: Nós não devemos ligar problemas corporais ao desenvolvimento espiritual. Nós nos desenvolvemos tanto física como espiritualmente e os dois aspectos não devem ser misturados.

Pessoalmente, eu não interfiro e não dou aos meus alunos qualquer conselho.

Adultos que vêm estudar a sabedoria da Cabalá estão interessados no desenvolvimento espiritual, de modo que se concentram nisso e a estudam! Fora isso, o nosso corpo físico tem diferentes exigências e necessidades naturais (comida, sexo, família, dinheiro, respeito, controle e conhecimento) e temos que satisfazê-las na medida em que não interfiram no nosso desenvolvimento espiritual.

Não há necessidade de se aprofundar na psicologia dos órgãos corporais. Não tem nada a ver com a sabedoria da Cabalá. Nós temos que nos envolver em nosso desenvolvimento espiritual e de nós mesmos vamos tirar conselho para nós e para nossa vida familiar.

Da Lição de Cabalá em Russo 06/03/16

Como Uma Pessoa Pode Acelerar O Avanço No Caminho Espiritual?

laitman_238_01Eu ouço reclamações de estudantes de que o avanço rumo à meta é lento. Eu me pergunto o que se entende por “lento” ou “rápido” e você está “acelerando” no caminho. É possível apressá-lo apenas através do ambiente certo. Nós não podemos ignorar isso; vale a pena ler o que o Rabash e o Baal HaSulam escreveram sobre o assunto.

Se você acha que algo não está bem e é ruim, eu repetiria mais uma vez que “mau” é apenas um estado particular, se uma pessoa não tem o ambiente correto! E a pessoa deve fortalecê-lo constantemente. Não pode haver o ambiente correto em si mesmo; portanto, até o fim, até o fim da correção, você só precisa fortalecer o ambiente.

Da Lição de Cabalá em Russo 13/03/16

A Diferença Entre A Sabedoria Da Cabalá E A Religião

laitman_234Pergunta: Podemos dizer que a diferença entre você e as pessoas religiosas é que para elas as ações vêm em primeiro lugar e, depois, a intenção, enquanto que para você é o contrário, a intenção vem em primeiro lugar e, depois, a ação?

Resposta: Isso é basicamente verdade e é também o que o nosso professor Baal HaSulam diz na “Introdução ao Estudo das Dez Sefirot“, e no artigo “A Essência da Religião e Seu Propósito” e em muitos outros lugares, mas isso não se trata apenas de uma diferença de prioridades entre as ações e as intenções, é a reconstrução e reorganização de uma pessoa e a incorporação de todos os seus pensamentos e objetivos na ação que ela executa. Ela está mudando a ação real de uma ação mecânica para uma ação que leva à unidade, ao amor, e à revelação do Criador nesse mundo.

Dúvidas No Monte Sinai

laitman_740_03Torá, “Deuteronômio”, 4:11 – 4:14: E você se aproximou e ficou ao pé da montanha, e o monte ardia em fogo até ao meio dos céus, e havia trevas, nuvens e escuridão opaca. O Senhor falou a você do meio do fogo; você ouviu o som das palavras, mas não viu nenhuma imagem, apenas uma voz. E Ele disse a você o seu pacto, que Ele ordenou que você faça, os Dez Mandamentos, e Ele inscreveu em duas tábuas de pedra e o Senhor me ordenou ao mesmo tempo que vos ensinasse estatutos e preceitos, de modo que vocês devem fazê-los na terra a que vocês estão atravessando para possuir.

O Criador fala com o povo da montanha flamejante que simboliza um enorme egoísmo em chamas. Ele os ordena superar esse egoísmo, a fim de se unir com Ele e esculpir as tábuas da Aliança nos seus corações e cortar os Dez Mandamentos em sua carne, ou seja, dez qualidades em que eles vão aderir ao Criador. Então, seus corações de pedra vão se transformar em corações vivos.

Só nessas condições eles serão capazes de entrar na terra de Israel e iniciar a correção de sua natureza animal para a humana.

Pergunta: Por que eles estão sob a montanha e não a escalam?

Resposta: Até agora, eles não são capazes de subir até o topo. A montanha que está suspensa sobre eles representa um enorme ódio que os divide, mas eles ainda não o sentem completamente. Eles entendem que precisam subir até o topo, mas seus desejos são tão pequenos que permanecem abaixo da montanha. Portanto, somente Moisés, sendo seu representante espiritual, sobe a montanha.

A montanha (“Har”, da palavra “Hirurim“, que significa “dúvidas”) simboliza vários problemas que dividem o povo e eles não têm ideia de como superá-los e subir acima deles.

Portanto, eles dizem a Moisés: “Temos medo de nos aproximar da montanha. Ela queima e vibra como um vulcão que pode entrar em erupção a qualquer momento! Ela irradia ódio. Se o vulcão entrar em erupção, vamos rasgar uns aos outros em pedaços. Você sobe e nós vamos ficar aqui. ”

Na medida em que os filhos de Israel corrigem seu egoísmo, ele se revela a eles como uma montanha de ódio. Será assim até o fim da correção. O amor sempre é alcançado acima de ódio.

Eles começam a sentir para onde estão indo, mas ainda não entendem isso completamente porque a uma pessoa só lhe é mostrado a parte do egoísmo que ela pode corrigir. Como pode ser de outra forma? É possível confiar um trabalho sério a uma criança?

Pergunta: Mas Moisés recebeu a capacidade de ver e sentir isso?

Resposta: Moisés é o atributo da doação absoluta que os conduz. Apesar do fato de que seu egoísmo resiste e não quer isso, o ponto no coração os puxa para a frente. Mesmo se a pessoa realmente não quiser isso, ela ainda corre para cima porque o ponto no coração é mais forte, mais alto e mais leve do que ela.

Ele diz à pessoa, “Se você não quiser ir comigo e despreza meu avanço, você vai se tornar pior do que um animal”. A pessoa, mesmo fora do egoísmo e fora de seu orgulho, não pode concordar com isso. Por isso, ela segue o ponto no coração contra a sua vontade. Essa é a nossa vida.

De KabTV “Segredos do Livro Eterno” 17/02/15

Uma Geração De Desocupados

laitman_926_01Nas Notícias (Russian Bazaar): “Quarenta e três por cento dos americanos desempregados não querem procurar emprego. Cinquenta e nove por cento dos desempregados estão acostumados com uma vida ociosa, e não fazem nada há mais de dois anos. Essas são as conclusões de especialistas da empresa de pesquisa Harris. …

“O estrato social do país de ‘dependentes ao longo da vida’ se expandiu dramaticamente (para cerca de 40 milhões de pessoas). Essas pessoas estão convencidas de que o homem moderno tem o direito de não trabalhar, e a presença de renda permanente não é um motivo de orgulho. …

“De acordo com as novas tendências, quase um terço dos americanos entre as idades de 18 e 29 anos não vai ganhar a vida por conta própria. Essa categoria está planejando viver às custas de seus pais, e espera receber uma herança deles.

“Paradoxalmente, nas atuais circunstâncias, às vezes é mais rentável não deixar para os filhos um centavo, do que qualquer economia. …

“Enquanto há dinheiro, eles nem sequer pensam em trabalho. …

“‘Trabalhadores americanos não são diferentes dos escravos há 200 anos – diz o ativista de 25 anos BLM Audrey J. – Essas pessoas têm correntes e colares. Elas se sentem livres. Na verdade, elas estão simplesmente zumbificadas psicologicamente… Trabalho duro – é uma prova de fraqueza e submissão a um sistema cruel’. …

“Na faixa etária de 30 a 39 anos de idade, um em cada cinco americanos não vai procurar um emprego. …

“Programas federais, estaduais e municipais são constantemente atualizados e ampliados, para que as pessoas ‘experientes’ saibam como espremer o máximo do auxílio estatal sob a forma de alimentos, abrigo, dinheiro, seguro de saúde e assim por diante. …

“Cerca de 40 milhões de pessoas não estão dispostas a trabalhar e, ainda mais, 30 milhões se beneficiam do fato de que esses 40 milhões não trabalham. …

“Se a tendência continuar …, em seguida, em um futuro próximo, o número de desempregados será de 3 a 4 vezes o número de empregados (o programa de Clinton está destruindo o modelo de negócio capitalista, finalmente transformando os EUA como na Venezuela).”

Meu Comentário: A tendência é clara, e é gerada pelo estilo de vida e o desejo da elite. Por um lado, não há nenhuma necessidade de que todos trabalhem. Não trabalhar é realmente melhor para a natureza e o meio ambiente. É mais útil para a sociedade estudar e ser educada. Essa deve ser a ocupação obrigatória de todos!

A Frustração Da Globalização

laitman_272Nas Notícias (Vesti Finance): “A ajuda internacional aos países pobres com base no princípio de Robin Hood: tome do rico e dê aos pobres. …

” O vencedor do Nobel Angus Deaton, escreve sobre essa ideia em seu artigo sobre o Projeto Sindicato.

“‘Um termo mais formal para este princípio de Robin Hood é o ‘Prioritarianismo Cosmopolita’. Esse é um princípio ético onde temos que pensar em todo o mundo de forma igual, independentemente de quem vive onde e canalizar a assistência àqueles que dela necessitam mais. Aqueles que têm menos têm prioridade sobre aqueles que têm mais. Direta ou indiretamente, essa filosofia é a base da distribuição de todos os fundos  alocados a ajudar o desenvolvimento econômico, saúde e emergências humanitárias. As necessidades das pessoas em países pobres são mais urgentes, e o nível dos preços nesses países é tão baixo que, para cada dólar ou euro de apoio, duas ou três vezes mais pode ser feito do que em casa. …

“‘A Globalização que salva pessoas nos países mais pobres, mostrou-se prejudicial para os habitantes dos países ricos, na medida em que algumas empresas e empregos migraram para países onde o trabalho é mais barato. Parece que este fenômeno é um preço eticamente aceitável, porque os que perdem com a globalização eram muito mais ricos (e saudáveis) do que aqueles que ganharam. …

“‘No entanto, quanto é que estes Americanos sofrem com a globalização? Eles estão fazendo muito, muito melhor do que os Asiáticos, que agora trabalham nas fábricas que uma vez se instalaram nas suas cidades? Em geral, obviamente, melhor. Mas alguns milhões de Americanos, incluindo negros, brancos e hispânicos, agora vivem em famílias com renda per capita de menos de US$ 2 por dia. Isso, em essência, é o mesmo padrão que o Banco Mundial utiliza para determinar o nível de pobreza na Índia ou África. Com esta renda nos EUA é tão difícil encontrar um teto sobre suas cabeças, que a pobreza com renda de menos de US $ 2 por dia nos EUA é definitivamente muito pior do que a pobreza semelhante na Índia ou África. Cidades que perderam as fábricas, devido à globalização, e perderam a sua base fiscal, agora estão encontrando dificuldades para manter a educação escolar de alta qualidade, e com isso – a chance de uma vida melhor para a próxima geração. Escolas de elite estão ganhando crianças ricas para pagar suas contas, e, ao mesmo tempo bajulam as minorias, compensando séculos de discriminação. …

“‘Isso irrita os representantes da classe trabalhadora branca, cujos filhos não têm lugar nesse admirável mundo novo.

“‘Quando os cidadãos acreditam que a elite se preocupa mais com aqueles que vivem no exterior, do que naqueles que vivem do outro lado da rua, o contrato social é quebrado, somos divididos em grupos, com aqueles que permanecem atrás experimentando frustração e raiva contra uma política que não serve aos seus interesses”.

Meu Comentário: Não se confundam: não é globalização quando as instalações de um país rico são realocadas em países pobres, a fim de lucrar com mão de obra barata.

A globalização é uma relação comum, harmoniosa, mútua que dá o resultado principal de interrrelações globais que começam em uma pequena comunidade e se espalham por todo o mundo.

O termo “globalização” indica que estamos conectados mutuamente e, portanto, vivemos em harmonia com a natureza, o que deve afetar positivamente a todos. Nós precisamos construir relações mútuas entre nós, da mesma forma em todos os níveis.

A principal ferramenta para atingir isso é educar as pessoas, visto que ao educá-las nós fornecemos a elas o conhecimento sobre a interdependência global da humanidade. Por outro lado, o uso parcial dos aspectos da globalização só aumentará a crise atual.

Nova Vida # 700 – Costumes Do Shabat

Nova Vida # 700 – Costumes Do Shabat
Dr. Michael Laitman em conversa com Oren Levi e Yael Leshed-Harel

Resumo

O homem pertence ao mundo animal e a diferença entre ele e os animais é o desejo de saber para que ele está vivendo. Abraão ensinou que a pergunta sobre o sentido da vida leva uma pessoa à revelação da força superior. Para descobrir o mundo superior, temos que corrigir a inclinação ao mal em nós, o nosso ego.

As velas do Shabat simbolizam a Luz que vem até nós como resultado das correções que realizamos nos seis dias da semana.

Nós temos que nos assemelhar à força superior e nos tornar amorosos e dar de acordo com o plano da criação. Abraão descobriu que há uma força especial na natureza que pode nos ajudar a cumprir essa missão, que é a força da Luz, a força do amor e da doação. Portanto, nós podemos acender duas velas, que simbolizam os dois tipos de Luzz: a Luz da correção das diferentes partes do ego e a Luz de preenchimento.

Quando acendemos as velas de Shabat devemos pensar em ficar mais perto do amor ao próximo. Quando o desejo egoísta é corrigido, é chamado de uma alma e opera com a intenção de amor e doação para o Criador.

Por que é a mulher que acende as velas, por que cobrimos os olhos, e por que abençoamos? Estes costumes derivam de raízes espirituais que simbolizam as correções que temos que realizar. O vinho simboliza a Luz de Hochma e o pão simboliza a Luz de Hassadim.

Quando cantamos a música “Bem-vindos, Anjos da Paz”, cantamos sobre as forças que corrigem o desejo de receber em doar. Estas forças que corrigem transformam a pessoa em uma pessoa amorosa que doa aos outros e, assim, ela descobre o mundo superior. “Oneg Shabat” (o prazer do sábado) simboliza a grande Luz que uma pessoa que tenha corrigido o seu ego recebe no estado espiritual chamado de “Shabat”.

De KabTV “Nova Vida # 700 – Os Costumes do Shabat”, 08/03/16

Todas As Leis Da Natureza São Atributos Do Criador

Laitman_712_03Pergunta: Todas as leis da natureza são os atributos do Criador?

Resposta: É claro. Toda a natureza é o Criador, mas há uma parte revelada da natureza e uma parte oculta.

A sabedoria da Cabalá se refere ao Criador como a parte oculta da natureza, porque o que nos é revelado é a sua parte distorcida que nós sentimos como tal, como resultado de nossos sentidos não corrigidos, como resultado do nosso ego.

Comentário: A humanidade revelou mais de 200 leis físicas da natureza nos últimos dois séculos.

Resposta: Isso também é a revelação do Criador, como a força da gravidade, por exemplo.

Não há nada além do Criador e aquele que O sente. A questão é o que a pessoa sente exatamente, como e por quais atributos.

Tudo o que podemos imaginar é o Criador; nós estamos dentro Dele, mas sentimos apenas uma pequena parte que é totalmente distorcida e oposta aos Seus atributos reais. Quando uma pessoa ascende ao nível 125 de espiritualidade, ela se torna semelhante ao Criador e é encarregada de revelar toda a informação que precisa, a fim de executar ações criativas.

Da Lição de Cabalá em Russo 20/03/16

Islamização Final Da Europa

laitman_428Comentário: A França está pagando o preço por uma década de uma política multicultural falha.

Aleksandra Rybinska afirma em um artigo recente que nenhum dos modelos de integração de imigrantes está funcionando: nem o modelo alemão, o Gastarbeiter (imigrantes como trabalhadores temporários não qualificados) nem o modelo francês de um país secular iluminado, (o imigrante se torna um francês e renuncia a sua própria identidade cultural), e nem a versão inglesa (o imigrante mantém a sua cultura no seio das estruturas da comunidade local e as autoridades acreditam que ele, ao mesmo tempo, se identifica com os valores britânicos).

O autor conclui que a França está se aproximando de uma revolução.

Minha Resposta: Não são apenas os franceses que se aproximam de uma revolução. A explosão vai estar em toda parte. A única questão é quando? Apesar da Europa querer manter-se e manter as suas raízes, ela não terá sucesso. Sua esperança de que os imigrantes trabalhariam não se concretizou. Pelo contrário, os alemães e os franceses trabalham em nome dos migrantes.

Os imigrantes não se dissolvem na massa geral dos residentes locais; na verdade, são os moradores que gradualmente se dissolvem na massa dos imigrantes e se convertem ao Islã.

Nada é deixado deles. No sentido de vida prático e cultural, a Europa não tem poder. É decrépita e não está pronta para nada, exceto organizar belos desfiles de fantasia, ostentando o seu passado histórico. Essas são coisas que não se totalmente encaixam na cultura que se seguiu e a Europa será forçada a ceder.

Pergunta: Não vai haver uma revolução?

Resposta: Não há nenhuma necessidade para isso. O islã vai conquistar a Europa e, de forma ativa e indubitável, vai escravizá-lo. A religião dos europeus será o Islã.

Pergunta: Nesse caso, o que é exigido de Israel? Ele deve apenas assistir passivamente de fora?

Resposta: Os israelenses não podem fazer nada exceto uma coisa, se unir entre si. Através da unidade, a Luz vai passar ao resto do mundo e corrigi-lo.

Nossa atitude em relação ao que está acontecendo deve ser completamente passiva. De maneira nenhuma devemos interferir. O mundo inteiro está disposto como uma unidade única que está conectada de uma forma totalmente mútua. Se nos organizarmos para o contato de toda a humanidade com a Luz Superior, com a força do bem, através de nós, então ela vai passar por nós para todo o mundo e irá providenciar tudo o que for necessário.

De KabTV “Notícias com Michael Laitman” 09/06/16