Os Ataques Terroristas Na Bélgica Como Um Prelúdio

laitman_272Comentário: Outro vídeo do Daesh (Estado Islâmico) foi postado na Internet. Nele um dos organizadores desse grupo que está “agindo” na Europa, Abu Hanifa al-Belgiki, diz: “Vocês vieram para a Síria para nos bombardear diariamente. A questão é, será que isso lhes trará benefício? Apesar dos ataques diários, os muçulmanos estão vivendo felizes aqui. Um único ataque a vocês e vocês estão vivendo no medo”.

Resposta: O fato é que tudo depende da finalidade para a qual você existe. Se você está vivendo em um sonho particular, e essa é a coisa mais importante para você, e por causa disso você se encontra em um estado terrível de pressão, essa situação é desejável para você.

Se você entende que pode atingir seu objetivo somente através do sofrimento, você está pronto para o sofrimento; você concorda com ele e está feliz por estar nele.

Milhares de jovens em todo o mundo estão correndo para esse “romance” do Estado Islâmico. Mas depois isso se transforma numa decepção porque não traz nada além de sofrimento, sem o sonho elevado. E o sofrimento com um sonho sublime só é deificado, purificado por esse sonho, tornando-o ainda maior, mais romântico.

Por exemplo, durante a revolução, o sofrimento foi elevado a um grau supremo: a manifestação do espírito revolucionário e um coração ardente. Portanto, nós já passamos por tudo isso. De qualquer forma, é a mesma coisa. O ego glorifica a si mesmo; impulsos são “o melhor”.

Em contrapartida, na medida em que nos desenvolvemos, o nosso ego exige mais e mais satisfação, ou seja, a justificação para as suas ações, mas isso não acontece. Decepções contínuas são esperadas para os islamitas, porque eles vão gradualmente ver que não podem construir o seu futuro glorioso em sua terra, não vão ter atingido o estabelecimento de seu Califado; eles já têm lutado por décadas e nada aconteceu. Não há nenhum movimento.

Tudo isso será descoberto mais tarde, porque o ego cresce e exige satisfação. Exige novas ideias que não estão sendo realizadas. Em princípio, parece que, especificamente, a exigência do extremismo levará a um pequeno grupo de extremistas religiosos remanescentes e todos os outros permanecerão seculares.

Comentário: É nessa direção que vai a “revolução islâmica”? Eu pensei que seria o oposto, mais e mais românticos iriam correr até eles ….

Resposta: Os românticos vão governar, mas o número de românticos é de milhares e não de milhões. Estes não são todos o bilhão de muçulmanos no mundo árabe. Esse bilhão de muçulmanos no mundo árabe não se resume a eles, porque o nosso ego está crescendo e deve levar em conta este parâmetro. O ego está crescendo e precisamos de provas cada vez mais razoáveis e ​​concretas.

Pergunta: Será que o resultado vai ser que esse islamismo radical nos levará à linha de chegada?

Resposta: Nada acontece em vão, tudo é para o melhor.

De KabTV “Notícias com Michael Laitman” 28/03/16

Comente