O Fim Da Operação “Tapete Mágico”

laitman_933Pergunta: A operação “Tapete Mágico”, na qual foram trazidos do Iêmen os últimos 17 judeus a Israel, chegou ao fim. Será que todos os judeus que ainda se encontram na diáspora virão a Israel?

Resposta: Não, nem todos virão para cá, e também não há necessidade deles virem.

Nós estamos na última fase da implementação da sociedade humana na qual devemos atingir equivalência com o Criador, o que significa que temos que subir ao próximo nível de nossa existência.

Essa é a razão pela qual todas as ciências e artes corporais chegaram a um beco sem saída, que não é realmente um beco sem saída, mas uma parede que devemos subir, e a escada para escalar essa parede está na sabedoria da Cabalá.

Não há necessidade de todos os judeus virem para Israel para realizar essa subida. Nós sequer sabemos onde as dez tribos perdidas estão, e, portanto, realmente não importa quem, onde ou o que você é.

A última subida deve ser realizada por um pequeno grupo de judeus a quem toda a humanidade irá se juntar gradualmente. Portanto, embora as dez tribos perdidas devam ser encontradas, isso não vai necessariamente acontecer da maneira que esperamos que aconteça.

Pergunta: Será que vai acontecer quando os representantes das dez tribos perceberem que são judeus?

Resposta: Talvez, mas, basicamente, eu acredito que isso não vai acontecer de forma introvertida, mas de forma extrovertida, ou seja, não pela reunião de todos os judeus em Israel, mas pela disseminação da sabedoria da Cabalá em todo o mundo, porque os judeus não são uma nação nem uma religião, mas uma ideologia da conexão entre toda a humanidade, sendo um todo único. Novos pontos espirituais vão ser inflamados no mundo, e círculos cada vez maiores serão formados em torno deles.

Congratulo-me com os últimos 17 judeus que vieram do Iêmen que fecharam um longo hiato de 70 anos. Agora, todos devem procurar seu componente real neste mundo e no mundo espiritual, o que significa quem somos, por que somos especiais, e de que maneira, tanto de nossa parte e por parte das nações do mundo, e especialmente da parte força superior, da natureza.

O fenômeno chamado de “judeu” ou “nação judaica” refere-se a uma parte especial da natureza, a um atributo especial. Ninguém mais tem tido uma grande influência na religião, cultura, desenvolvimento geral, ou qualquer outra coisa, porque ninguém tem uma conexão interna com o nível superior da natureza.

Os judeus, por outro lado, têm essa inclinação, mas nós devemos visa-la corretamente a fim de trazer a nós mesmos e o mundo ao estado correto.

De KabTV “Notícias com Michael Laitman” 21/03/16

Comente