Nova Vida # 603 – Introspecção Social

Nova Vida # 603 – Introspecção Social
Dr. Michael Laitman em conversa com Oren Levi e Tal Mandelbaum ben Moshe

Resumo

Como devemos nos relacionar com a crescente incidência de manifestações de ódio em Israel? O que nos faz uma nação e por que só educar as pessoas a amar os outros como a si mesmas nos ajudará a viver em paz uns com os outros?

Não está claro qual a razão de toda a comoção, afinal o ódio tem sido parte de todos os aspectos da nossa vida diária em todos os setores da sociedade. Nós somos os piores, porque temos que dar o exemplo de amor ao próximo e não o fazemos.

Se não mantemos a regra básica de nossa nação de “ama teu amigo como a ti mesmo”, não somos considerados judeus ou a nação de Israel. Hoje nós estamos na escuridão completa e precisamos redefinir a nós mesmos e redefinir o que significa ser judeu.

Nós estamos em grande dificuldade: não há nenhuma nação ou Estado de Israel, pois não há conexão entre nós. Nós estamos avançando rumo a um ponto em que iremos literalmente devorar uns aos outros, como dizem os profetas. Toda a Torá é apenas sobre o “ama teu amigo como a ti mesmo”, e ponto final. É sobre isso também que a sabedoria da Cabalá nos fala.

Nós precisamos começar um processo educacional social, ensinando o amor ao próximo, e defini-lo como um exemplo para o mundo: nas escolas, universidades, locais de trabalho, mídia, para os aposentados, para os desempregados, para as famílias, para todos. Nós devemos chegar a um ponto em que o Estado não dá nada a ninguém, a menos que ele estude o que o “ama teu amigo como a ti mesmo” significa.

Não é o momento de falar bem agora, é hora de agir! Nós devemos se envolver com o que acontece hoje, para que isso não aconteça novamente amanhã.

De KabTV “Nova Vida # 603 – Introspecção Social”, 02/08/15

Comente