Textos arquivados em ''

Homem E Mulher, Unidade De Opostos

laitman_571_01Pergunta: O termo “ser criado” (criatura) não tem gênero (nem homem, nem mulher), mas o ser criado é um homem ou uma mulher?

Resposta: Na verdade, o ser criado é feminino, porque o Criador criou o desejo. A força, a Luz, que criou esse desejo é masculina.

O Criador é a parte masculina e o ser criado é a parte feminina. Uma parte não pode funcionar sem a outra. Como resultado, existem macho e fêmea. Afinal, é impossível para a Luz existir sem um vaso e para o vaso existir sem a Luz, ou positivo sem negativo e negativo sem positivo. Por conseguinte, tudo se baseia na união de opostos que é o objeto da criação.

O ser criado consiste inicialmente de uma parte masculina, que depois criou a parte feminina, o que significa que a Luz criou o desejo e, depois, o desejo se transforma para se assemelhar à Luz. A essência de um homem e uma mulher em nosso mundo é atingir sua raiz espiritual e residir lá na conexão entre eles de acordo com as leis espirituais. Assim, eles atingem um estado perfeito e eterno de voo espiritual. Este é o seu propósito nesse mundo.

Pergunta: Qual é a diferença fundamental entre eles?

Resposta: A diferença entre eles é absoluta. Em nosso mundo, nós não sentimos como eles são opostos entre si. Na verdade, não há nada mais oposto e contrastante do que um homem e uma mulher em sua raiz espiritual.

Na verdade, é graças à diferença que eles devem se conectar num todo. Não há nada em cada um deles que o outro não complemente, já que espiritualmente eles só podem existir num complemento mútuo.

Eu estou falando do ponto de vista da natureza, da perspectiva de um Cabalista. Eu não estou interessado em pontos de vista feministas. Isto não se refere à psicologia ou filosofia, ou algumas ideias e pontos de vistas respeitáveis ​​ou indecentes. Isso é totalmente irrelevante e não tem nada a ver com o quadro em que operamos.

Eu reconheço a sabedoria da Cabalá, que nos fala sobre o ser criado; como ele foi criado, como se desenvolveu, como foi dividido em duas partes opostas, e como as duas partes, que resultam de uma única raiz, primeiro se afastam e, depois, voltam a se reconectar e complementar. Essas são as partes masculina e feminina.

Nós podemos atribuir muito pouco do que a sabedoria da Cabalá nos diz para um homem e uma mulher em nosso mundo porque estamos muito longe de ser equivalentes aos atributos e objetos espirituais. Isso significa que não somos nem homens nem mulheres no sentido espiritual, mas algo no meio, ambíguo e inacabado. Nós temos que passar por todo o processo evolutivo, então vamos perceber como podemos complementar um ao outro e nos tornar um todo perfeito. Isso significa se tornar equivalente ao Criador.

Da Lição de Cabalá em Russo 06/12/15

Nova Vida 675 – Ciência E A Investigação Da Vida

haimhadashim675

Nova Vida # 675 – Ciência e Investigação da Vida

Dr. Michael Laitman em conversa com Oren Levi e Yael Leshed-Harel

Resumo

A ciência se desenvolveu graças ao desejo humano de melhorar nossas vidas e da sua capacidade de descobrir o conhecimento, mas o ego, o nosso desejo, ainda não era grande o suficiente para isso. O conhecimento do poder superior, o sistema operacional do nosso mundo, ordenaria nossas emoções e intelecto para nós.

Nós encontramos todos os tipos de fenômenos e leis na natureza, mas não temos consciência da força que nos controla; o conhecimento superior se abre somente quando estamos prontos para ele. Hoje, mesmo Aristóteles não compreenderia o que os nossos filhos já compreendem; há algo na vida que eles precisam saber e alcançar.

Para alcançar novos conhecimentos, temos que nos tornar um novo povo, aberto ao mundo, vê-lo integralmente e parar de ver tudo desde um ponto de vista estreito, individualmente, apenas para nosso próprio benefício. A mudança fundamental é ver o mundo como um único sistema geral e isso depende do desenvolvimento do amor geral por todos. Isso não se refere a como nós o conhecemos, em que eu gosto de alguma coisa e, então, a amo; esse é o amor egoísta, mas esse amor é o sentimento de que todos juntos e eu sentimos eternidade, plenitude e um esplendor divino. Não há sensação melhor do que essa.

A razão de viver e porque tudo existe é revelado à pessoa; portanto, ela se move para viver numa nova realidade, plena e eterna. O grande segredo da vida é que há realmente uma entrada para outra vida, e a vida atual é apenas uma preparação para abordá-la.

De KabTV “Uma Nova Vida # 675 – Ciência E A investigação da Vida”, 19/01/16

Nova Vida 674 – Informação É Poder

NewLife674

Nova Vida # 674 – Informação É Poder

Dr. Michael Laitman em conversa com Oren Levi e Yael Leshed-Harel

Resumo

Nós precisamos de informações sobre o mundo e nós mesmos, e mais informações para nos ajudar a compreender o que sabemos. Quando sabemos que algo é ruim para nós, como fumar por exemplo, temos um desejo que nos previne de realizá-lo.

A sabedoria da Cabalá dá à pessoa informações sobre o sistema que a controla e a possibilidade de se integrar nele, mas esse conhecimento superior se abre para a pessoa para que ela aprenda a controlar sua inclinação ao mal, o seu coração.

Todo o conhecimento humano acumulado até agora não nos levou a uma vida feliz, mas a um impasse e ao colapso do sistema, e tudo o que produzimos se volta contra nós no final. Nós vivemos em constante competição e guerra uns com os outros, sujeitos a pressão e tensão, até que finalmente nos perguntamos: Eu estou contente? Eu sou feliz? Para que estou vivendo de qualquer maneira? Não temos respostas e ficamos deprimidos.

Nós carecemos da visão de onde podemos ir e como nos abrir a essa perspectiva para o futuro. Sem isso, não temos energia para todos os problemas e pressões da vida. Na verdade, a pessoa quer sentir que a vida eterna depende de adquirir o conhecimento sobre o sistema operacional do mundo, de abrir horizontes.

De KabTV “Uma Nova Vida # 674 – Informação É Poder”, 12/01/16