Textos arquivados em ''

A Execução De Um Clérigo Xiita

laitman_538Comentário: A execução do clérigo xiita Nimr al-Nimr na Arábia Saudita levou a um grande escândalo no mundo árabe. Em resposta, o público enfurecido destruiu totalmente o edifício da embaixada saudita no Irã. Por conseguinte, os dois países romperam relações diplomáticas e o ódio entre eles é agora maior do que o seu ódio em relação a Israel.

Resposta: A luta interna é a mais difícil e esse conflito já se arrasta há muito tempo! Não são as diferenças fundamentais entre sunitas e os xiitas, mas queixas que se acumularam ao longo dos séculos: quem fez o quê a quem e quem matou quem. Tudo isso aplicado camada por camada resulta numa enorme pilha de ódio.

Comentário: Você muitas vezes diz que o motivo é o desaparecimento do movimento Sufi.

Resposta: No judaísmo há também uma divisão em diferentes correntes religiosas, porque o ego humano, o qual não anseia por um único Criador, está envolvido, e não faz diferença se você o chama de Alá, Deus ou Criador. A questão é que o Criador é um, e você deve ansiar por Ele e não esclarecer nossas relações.

Se nós dirigirmos nossos pensamentos no único Criador e só procurarmos a conexão com Ele e Sua realização, tudo vai ser muito simples. Todas as religiões irão se fundir numa sabedoria chamada Cabalá, que é a revelação do Criador em nosso mundo.

Mas, para isso, temos que trabalhar contra o ego. Nós só podemos revelar o Criador no atributo que é oposto à nossa natureza e ninguém quer isso. Nós preferimos lutar e brigar por séculos do que mudar a nossa natureza. Acontece que a coisa mais importante para uma pessoa é permanecer dentro de seu ego, e essa é a raiz de todos os conflitos e disputas. Essa é a razão de termos que ensinar a sabedoria da verdade e disseminá-la, publicá-la e permitir que as pessoas recebam gradualmente essa sabedoria e ensiná-las a lutar pela força única e unificada.

Não há outra maneira de alcançar a verdade, mas é um caminho de terríveis aflições e guerras. Quanto tempo vai levar para a humanidade ficar mais sábia ao longo do caminho de seu desenvolvimento interno? Afinal, isso tem acontecido há milhares de anos.

Nós precisamos trazer essa sabedoria ao mundo, para demonstrar, e trazer tudo a um denominador comum, porque todos nós temos um Criador.

Da Lição de Cabalá em Russo 04/01/16

Completando A Energia Da Vida

Laitman_631_2Pergunta: É possível que uma pessoa compense a perda de vitalidade usando um poder superior ou outras fontes?

Resposta: É possível e necessário! Quando uma pessoa começa a se envolver no desenvolvimento de sua alma, ela recebe uma enorme energia da força superior da natureza. Claro que ela passa por estados difíceis como decepções, fraqueza, etc., mas, no final, devido à sua perseverança e a importância da meta, ela adquire uma força tremenda chamada amor ao próximo, a necessidade de existir para o bem dos outros.

A pessoa sente que esgotou os desejos corporais desse mundo e, ao mesmo tempo, reconhece suas conexões com pessoas a partir do amor ao próximo que ela adquiriu. Ela se desenvolve e pode continuar a viver nesse mundo, juntamente com o sentimento do mundo superior.

Da Lição de Cabalá em Russo 08/11/15

O Segredo Do Espaço N-Dimensional

laitman_237Pergunta: Eu sou um matemático e li o TESA Introdução ao TES em grande profundidade. Eu sinto o material. A matemática não pode descrever o espaço n-dimensional. Como podemos atingir esse espaço de acordo com a sabedoria da Cabalá?

Resposta: É impossível descrever esse espaço em nossas propriedades naturais. É por isso que a sabedoria da Cabalá é chamada de sabedoria secreta, o conhecimento oculto. Mas, na verdade, ela não é secreta ou escondida, mas para revelá-la, a pessoa precisa adquirir as propriedades do mundo superior.

Um espaço multidimensional só pode ser criado dentro de uma pessoa de acordo com o espaço que é criado nela, como resultado de seus esforços para adquirir os atributos do mundo superior. É pela conexão no grupo que ela percebe diretamente o mundo espiritual.

Pelo Renascimento do Velho Mundo

 Pergunta: O sistema econômico atual não atende às necessidades das pessoas. Mais da metade da população mundial vive em condições econômicas terríveis e apenas cerca de um bilhão de pessoas aprecia a abundância e a riqueza do mundo.

Além disso, o desenvolvimento econômico, que é a base das civilizações capitalistas, deixou praticamente de funcionar.

Ao mesmo tempo, há um outro tipo de economia, como a robótica, inteligência artificial, etc. Nós podemos dizer que a economia alternativa será a base da nova economia? E como será após a transformação da humanidade na nova humanidade?

Resposta: Eu acho que vai ser uma transição a partir de uma perspectiva qualitativa. Não se trata da economia, e nem da ecologia, mas da humanidade existente de acordo com diferentes princípios, em outro nível.

Ela vai viver na realização de outra dimensão externa. A nova percepção não será revelada em nossos cinco sentidos corporais egoístas, como sentimos o mundo que nos rodeia agora.

Quando nos unirmos no novo nível, vamos começar a desenvolver sentimentos que nos retratam a imagem do mundo externo, mas não vai ser através de nossos sentidos corporais que nos fazem sentir este mundo da forma estreita, turva e limitada.

O novo mundo será totalmente diferente: um mundo de forças e propriedades, e não objetos e fenômenos que são representados na nossa imaginação egoísta. Então, a nossa economia, a nossa cultura, e toda a nossa vida terão um significado totalmente diferente, um significado “extracorpóreo”.

Nós vamos nos transformar em criaturas que não vão precisar de coisas, propriedades, atributos e ambiente materiais, etc. Nós seremos alimentados pela energia baseada em sinergias, em cooperação mútua, no equilíbrio entre as forças positivas e negativas da natureza e existiremos entre elas.

O próximo nível da humanidade não será um nível corpóreo, mas um nível de pensamentos, intenções e energias. Portanto, eu não acho que restará algo da nossa economia, ecologia ou sociedade. Nós precisamos renascer, e esse renascimento será expresso na saída de nós mesmos para a nova percepção do mundo externo a nós.

Comentário: Se for assim, não há razão de falar sobre os futuros avanços tecnológicos.

Resposta: Não. Tudo vai morrer e se tornar inútil. Ainda hoje não estamos particularmente limitados em nossas habilidades. E o que nos dizem? A única coisa que a humanidade consegue é sofrer.

Portanto, todas as coisas boas que poderíamos ganhar com recursos econômicos ou tecnológicos não nos fazem felizes. Nós não sentimos necessidade deles. As pessoas hoje usam drogas, principalmente para se distrair; elas não querem se casar ou ter filhos; é como se uma pessoa gritasse dentro de si: “Deixe-me em paz com todas as suas tecnologias. Eu não estou interessada nessa vida!”

Eu espero que possamos proporcionar às pessoas a resposta para a questão do que essa vida realmente é. Primeiro a humanidade tem que ouvir e entender isso e depois pensar em como reorganizar a vida; caso contrário, as pessoas não vão querer viver.

De KabTV “Notícias com Michael Laitman” 29/11/15