Não Evite Sua Verdadeira Autorrealização

laitman_546_02Pergunta: Se uma pessoa no trabalho está envolvida na vida diária, isso significa que ela se afasta do que é realmente importante, da realização do mundo espiritual?

Resposta: Claro, ela mergulha no trabalho e na vida.

Se ela acha, por exemplo, que a vida é criar seus filhos, de onde eles vão extrair o sentido da vida? De sua criação. Assim, vamos continuar a viver como animais de uma geração para a outra.

Nós podemos pensar que o sentido da vida é o nosso trabalho. É ainda pior se encontramos certa ocupação e nos aprofundamos nela até nos aposentarmos. Claro que ela absorve, preenche e satisfaz a pessoa.

Isto é especialmente verdadeiro quando a pessoa se envolve na investigação científica. Eu sei disso pessoalmente. Mas ela obscurece a questão mais importante da vida; é como se a pessoa criasse uma cortina sobre os olhos.

Pergunta: Será que devemos invejar uma pessoa que está satisfeita com sua vida e acredita que a vida se refere apenas a viver?

Resposta: Não, claro que não devemos invejá-la! É como se ela simplesmente engolisse um remédio chamado autossatisfação e parecesse baixar sua cabeça e se afastar da verdadeira autorrealização. É assim que o destino joga com uma pessoa, testando-a.

Eu tentei muitas vezes definir tais metas para mim mesmo, mas imediatamente reconsiderava e me afastava delas.

Pergunta: E se lhe oferecessem um Prêmio Nobel?

Resposta: Talvez isso tenha me atraído antes, mas isso foi realmente um longo tempo atrás. Eu tenho certeza de que muito rapidamente a pessoa sente decepção depois de receber este prêmio.

O Prêmio Nobel é mais sobre respeito e prestígio do que dinheiro, o que significa que você coloca a opinião da sociedade acima de sua própria vida e trabalha para que seja respeitado.

É para isso que você está vivendo? Em poucos anos, nem você nem a sociedade vão existir e tudo vai permanecer sem sentido.

Da Lição de Cabalá em Russo 25/10/15

Comente