Identificação Com O Povo

A Torá, Números 20:9 – 20:11: Moisés pegou o bastão diante do Senhor como Ele lhe tinha ordenado. Moisés e Arão reuniram a congregação diante da rocha, e Moisés disse-lhes: “Agora ouçam, rebeldes, podemos tirar água para vocês desta rocha”?

Moisés levantou a mão e bateu na rocha com seu bastão duas vezes, quando uma abundância de água jorrou, e a congregação e os seus animais beberam.

Moisés não pode ser conectado ao Criador da maneira que está conectado com as pessoas. Portanto, em vez de falar à rocha como o Criador lhe tinha ordenado, ele bateu na rocha, realizando uma ação para evocar pena pelas pessoas, a empatia com Malchut, que quer atingir o atributo de Biná (doação).

Por exemplo, se ninguém, nem mesmo o sábio mais sábio que quer trabalhar apenas com a intenção de “a fim de doar”, teve um filho ou um neto que sofre terrivelmente sem motivo, seria ele capaz de permanecer leal ao atributo de doação, convencendo-se de que este é Hesed (Misericórdia), e não o atributo de Din (Julgamento)? O sangue é mais grosso do que a água.

Portanto, uma pessoa é testada constantemente na espiritualidade, de quanto ele é realmente parte do sistema de providência. Em princípio, ele não pode entrar e não vê tudo, mas depois tudo se torna claro para ele. Não é revelado de uma forma egoísta, mas apenas no atributo de doação, o atributo de ascensão acima do seu ego, em que ele sente mais sofrimento do que de seu filho pequeno.

No entanto, Moisés não pode fazê-lo de forma diferente, porque caso ele não tivesse condoido-se com o povo, não teria sido capaz de levantar os desejos dos filhos de Israel ao Criador. Ele está entre eles.

A pergunta é, como ele poderia ter feito de outra maneira? Se ele absorveu todos os sofrimentos do povo, é provável que isso justifique a sua ação, e que esta é a abordagem correta para com o Criador.

O povo não poderá ascender ao Criador, e Moisés, na verdade, eleva a sua prece: Aqui estão as nossas demandas para Vós. Assim, ele dedica-se ao povo. Bater a rocha transmite a atitude das pessoas quanto ao que está acontecendo.

Ele absorveu o clamor do povo, e graças a isso, eles podem entrar na terra de Israel e ele não pode. Isto significa que aqui ele totalmente conecta-se com ambos, as pessoas e o Criador.

Sabemos de casos ao longo da história. Por exemplo, Abraão pediu ao Criador para não destruir Sodoma, quando seu povo estava atolado em pecado, e Baal HaSulam pediu para ser rebaixado de seu nível de forma que as pessoas poderiam ouvi-lo e senti-lo.

Tudo isso sugere que os líderes espirituais sempre foram compreensivos com seu povo, com suas ansiedades e aspirações, porque eles estão na junção do povo justo, a humanidade e o Criador.

[170308]

De KabTV de “Segredos do Livro Eterno” 24/6/15

Material Relacionado:

Antes de Fazer Uma Escolha

Comente