Desejos Materiais E Espirituais

Laitman_506_4Pergunta: Quando eu estou envolvido no trabalho espiritual, por que não posso ver o que os outros veem? Onde está esse ponto que eu limito a mim mesmo?

Resposta: Esse ponto é o seu desejo. É apenas seu, de ninguém mais. Em torno dele nós construímos sensações e percepções: a mente e os sentidos. As emoções estão no coração, a mente está na cabeça. Portanto, cada um vê o mundo de forma diferente.

Cada um tem sua própria coleção de desejos, mesmo que em cada pessoa exista um total de 613, esses desejos são diferentes em tamanho para cada um, e, portanto, em cada um eles constituem seu próprio conjunto.

Pergunta: Os desejos por comida, sexo e família são a inclinação para o mal?

Resposta: Nenhum desses desejos tem qualquer conexão com a inclinação ao mal. A inclinação ao mal é algo dirigido contra “E amarás o teu amigo como a ti mesmo” (Levítico 19:18), contra a conexão e unidade do povo. Não há nenhum outro mal no mundo.

Não importa se eu quero comer dois almoços ou ter uma casa grande; e daí? Mas se ao mesmo tempo eu me dirijo contra a conexão com os outros, esses desejos se tornam prejudiciais. Suponha que eu quero construir uma casa para mim mesmo à custa de outra pessoa, então, especificamente “à custa dos outros”, eu me distancio do mundo superior.

Para entender isso, é necessário sentir o sistema de gestão, e, assim, ele será entendido onde você está se comportando corretamente e onde não. É especificamente o anseio por maior realização que necessariamente leva a pessoa a reconhecer e atingir toda a rede de forças.

Da Lição de Cabalá em Russo 11/10/15

Comente