Um Mostrador De Relógio Que Desaparece

laitman_742_03Baal HaSulam, “Introdução ao Livro do Zohar”, Seção 61, 63: A resposta é que o mundo, durante os seis mil anos da sua existência, é como um Partzuf dividido em três terços: Rosh (cabeça), Toch (interior ), Sof (final), ou seja, HBD (Hochma, Bina, Daat), HGT (Hesed, Gevura, Tifferet), NHY (Netzach, Hod, Yesod). Isto é o que nossos sábios escreveram: “Dois milênios de Tohu (caos), dois milênios de Torá, e dois milênios dos dias do Messias” (Sanhedrin 97a)… Assim, só após a realização dessas almas inferiores podem se manifestar as Luzes mais Altas, e não antes.

Há uma regra geral que é chamada de “relação inversa entre Luzes e vasos” (Prefácio à Sabedoria da Cabalá, Seção 24), de modo que os vasos que caíram numa maior profundidade eram superiores antes da Shevira (quebra).

O que significa que, apesar de estarmos num estado de quebra, no estado mais baixo, através da nossa correção podemos acrescentar um poder muito grande ao Kli geral, e, como resultado disso, uma grande Luz será revelada.

As primeiras gerações se destacaram em realização e seu desejo de receber era relativamente refinado, de modo que a Luz de Hochma não foi muito revelada. Este não era o mesmo método e nem a mesma Luz que descobrimos dentro de nossos Kelim. Por outro lado, de acordo com a disposição inversa das Luzes e Kelim, a Luz de Hochma será revelada dentro dos Kelim de HBD, enquanto nós pertencemos aos Kelim de NHY.

No final da correção toda a Luz e cada Kli serão um único círculo.

Pergunta: Por que os 6.000 níveis espirituais são descritos como 6.000 anos? Parece que o Criador criou a criatura e lhe deu um ultimato, para terminar a correção no período especificado e não fora dele.

Resposta: Um sistema de mundos existe, ABYA (Atzilut, Beria, Yetzira e Assiya). Neste sistema, o mundo de Atzilut é o mundo da correção e não pertence aos Kelim quebrados, mas foi criado para corrigi-los. Os mundos de BYA são o lugar, o ambiente, o estado, em que os Kelim quebrados, as almas quebradas, existem.

Na realidade, existe uma só alma, a alma de Adam HaRishon (o Primeiro Homem). Essa alma foi dividida ou quebrada numa infinidade de partes que caíram de acordo com seu nível espiritual até os mundos de Beria, Yetzira e Assiya e devem ser redescobertas. De acordo com a intensidade da quebra, estas partes são divididas em três grupos: HBD, HGT e NHY.

Elas são reveladas de acordo com uma ordem específica: Beria, Yetzira e Assiya, do leve ao pesado. As partes que pertencem aos mundos de Beria e Yetzira e os dois terços superiores do mundo de Assiya são revelados de acordo com o programa da criação. Afinal, no atual estágio, os Kelim ainda não estão divididos de acordo com a linha direita e a linha esquerda de tal forma que possam ativar sua liberdade de escolha.

E somente nos Kelim da parte inferior de NHY, ou seja, começando na nossa geração, que é chamada de última geração, há a possibilidade de se desenvolver de forma mais rápida e eficiente do que o programa da criação. Anteriormente, o programa da criação determinou a conexão e as taxas relativas entre as Luzes e Kelim de acordo com um despertar de cima, o que é verdadeiramente considerado 6.000 anos. E agora o novo método é descoberto.

Isso ocorre porque a criação é não apenas um produto com características que são dadas a ela inicialmente, desprovida de qualquer potencial para o desenvolvimento de coisas novas, de modo que não está claro por que ela existe. Especificamente nós, que queremos realizar o programa da criação por nós mesmos com nossos próprios poderes, justificamos o Criador, confirmando que não ela apenas foi criada sem qualquer benefício; isso não é apenas automático. A vantagem é que a criação possibilita que a pessoa pesquise e encontre possibilidades de participar do processo de acordo com a sua liberdade de escolha para acelerar a correção e avançar a criação ao elevar MAN. Assim, toda a criação pertence a uma pessoa, o mundo inteiro pertence a ela.

Assim, o tempo de desenvolvimento é encurtado, não porque há a necessidade disso, mas sim que esse é o sinal de quanto a própria pessoa anseia em terminar e corrigir a criação. Por quê? Porque no Kli corrigido é possível dar grande contentamento ao Criador.

O que isto significa? É que a partir de agora estamos prontos para dedicar nosso tempo para que todas as nossas ações sejam a fim de doar, e através disto possamos atrair todo o mundo no sentido da correção.

Pergunta: Por que esse processo ainda está conectado ao tempo físico?

Resposta: Na sua percepção você faz uma divisão entre espiritualidade e materialidade. Mas, na verdade, a materialidade é o que se chama uma intenção em prol da recepção e a espiritualidade é uma intenção em prol da doação. Como pode haver um sem o outro?

Tudo vem de cima, e a raiz espiritual determina o ramo físico. O ramo físico inclui a natureza inanimada, vegetal e animal, tudo o que vemos, todos os desejos que não estão prontos para determinar qualquer alteração em relação ao Criador de forma independente. Isso inclui a natureza de Adão, que não é uma pessoa em nosso mundo, mas sim um Adam (Homem) que está pronto para se assemelhar ao Criador. Somente pessoas como estas pertencem ao nível de Adão, doando e não recebendo.

É a mesma coisa em relação ao tempo. Há momentos que pertencem à natureza inanimada, vegetal e animal, e há um tempo especial para aqueles que pertencem ao nível de Adam, aqueles que se elevam acima da sua natureza. Eles sentem seu tempo, seu estado, seu nível, no mesmo grau que se corrigem. Para eles, o tempo não é determinado pelo relógio e nem pelas datas no calendário. O mostrador do relógio simplesmente desaparece da sua sensação e você chega ao fim da sua correção individual.

Assim nós estamos vivendo no final dos 6000 anos, e nosso período é único, visto que temos a possibilidade de liberdade de escolha. Nós estamos trabalhando não só por nós, mas por todos os seis milênios. Afinal, aqueles que formaram a escada de níveis espirituais dependem de nós. E se nós atraímos as menores Luzes, elas são reveladas acima como as maiores Luzes.
Isso é correto, embora seja difícil para nós apreciar o nosso trabalho, porque não vemos seus resultados.

Da 3ª parte da Lição Diária de Cabalá 25/02/14, Escritos do Baal HaSulam

Comente