Tsunami Planetário

Qualquer Desastre É Crime de Israel

Pergunta: Algumas pessoas estão felizes que a Europa está agora sobrecarregada com refugiados muçulmanos. Elas pensam que a Europa merece. O que você acha?

Resposta: Não se deve tripudiar o sofrimento dos outros. Além disso, quaisquer problemas acabarão por se voltar contra nós.

De alguma forma, qualquer sofrimento nesse mundo é nossa culpa, e só nossa, e o mesmo será inevitavelmente aplicado a atual crise de refugiados. Só nós seremos responsabilizados por isso. Africanos, asiáticos e europeus se aproximarão de nós e dirão: “Vocês são culpados de causar nossos desastres. É assim que nos sentimos”.

Os atuais eventos mundiais são apenas uma preparação para atacar Israel. Não importa onde os eventos ocorram e quem está envolvido neles. Uma tempestade de desastres, uma sensação de amargura, desespero e desamparo estão logo adiante. Eles nos atingirão muito em breve, a menos que prepararemos um remédio contra a doença.

Cartas na Mesa

Os Cabalistas nos avisam que temos que estar à frente do próximo paroxismo. Nós devemos notificar a humanidade, colocar nossas cartas na mesa, e juntos nos transformar num homem com um coração.

Não há outra alternativa; isso vem da natureza, a força superior. E há uma metodologia que pode melhorar a nossa relação que existe com a natureza. Ela é chamada de ciência da unidade, a sabedoria da Cabalá. Nós devemos implementá-la na vida e aproveitá-la em benefício de todos.

Toda a humanidade é uma só família, descendente dos antigos babilônios. Vamos agir em conjunto, caso contrário, as coisas vão piorar enquanto continuarmos nos devorando.

É impossível não fazer nada e apenas assistir os outros sofrerem. Nós temos que assumir a responsabilidade, mesmo porque não há chance de nós evitarmos isso.

A interdependência global é óbvia hoje. Nós não podemos nos livrar da nossa natureza comum, mesmo se tentássemos nos esconder em algum lugar numa ilha deserta no meio do oceano. Muito em breve, as ondas de um tsunami devastador atingiriam todo o planeta.

Bem-vindo a África?

Além disso, nós não levamos em conta potenciais desastres naturais e catástrofes financeiras. No entanto, eles podem afetar todo o mundo e fazer com que todos nós vivamos com padrões inferiores aos atuais países do Terceiro Mundo.

Hoje, os países do Terceiro Mundo têm, pelo menos, o direito de pedir ajuda e obter alguma ajuda de outros países. No entanto, o colapso econômico global pode desvalorizar todas as moedas e não haveria ninguém a quem recorrer.

Uma família que se amontoa numa cabana junto com uma cabra e um pequeno pedaço de terra sobreviverá de alguma forma, mas o que fará um Europeu sem emprego e fonte de renda? É uma pobreza ainda pior, uma vez que os ocidentais serão incapazes de qualquer coisa.

Está escrito: “Eu criei a inclinação ao mal e a Torá como tempero”. No final, tsunamis planetários, como vemos hoje, nos livrarão do velho mundo, “a inclinação ao mal”, para que possamos começar a usar o “tempero” como meio de correção, movendo-nos a um mundo novo e mais feliz.

De KabTV “Uma Nova Vida” 28/08/15

Material Relacionado:

 

Comente