Outra Torre De Babel

Dr. Michael LaitmanOpinião (Andrei Miroshnichenko): “O verdadeiro choque para a civilização será a introdução de um navegador (browser) com a capacidade de traduzir línguas sem problemas, sem esforço de sua parte. Imagine que você abre um site chinês e entende tudo sobre ele, ou, lá longe no Suriname, também entende tudo de imediato, sem quaisquer problemas.

“Este navegador multilingue seria um desastre para essa unidade civilizacional. …

“E nós temos outra Torre de Babel. …

“Se a imprensa, de acordo com McLuhan, estabeleceu um estado nacional, o navegador multilíngue, pelo contrário, destrói o próprio princípio do Estado nacional, que construiu a moderna ordem mundial.

“Estritamente falando, esse navegador é a plena realização da ideia da Internet. …

“Na Europa Ocidental, cada onda da mídia foi acompanhada por um determinado período de adaptação. Por exemplo, o primeiro jornal, de fato destinado às elites, surgiu no início do século XVII. Em meados do século XIX foi inventada a imprensa e a fabricação mais barata de papel, movido a vapor, reduzindo o custo de produção da imprensa; havia jornais de massa – o penny press, e lá surgiu o jornalismo contemporâneo. Isto é, a distribuição de jornais da elite às massas levou apenas cerca de dois séculos e formou um sistema político que veio na forma da qualificação geral do mesmo leitor em geral para votar.

“No primeiro terço do século XX já havia o rádio, mesmo para os meios de comunicação, que não exigia alfabetização. Ele desempenhou um papel crucial na formação dos impérios fascista, comunista e comercial, ou seja, na formação da moderna propaganda e promoção. Depois, veio a televisão e a Internet. Cada onda da mídia criou novas relações sociais. …

“… Estes processos estão relacionados com ‘revoluções coloridas’, extremismo religioso, tensões internacionais, tudo isso é a “nova Idade Média” – uma reação à evolução muito rápida dos meios de comunicação nos últimos anos. A consciência tradicionalista, que ainda está na fase da informação transmitida de ‘cima para baixo’ está em conflito com a arquitetura aberta da rede, com a sua autoria liberada.

“… A imprensa de Gutenberg levou às guerras religiosas, ao terror revolucionário e reacionário, redesenhou o mapa da Europa, o continente assentado por três tipos de refugiados: político, econômico e religioso.

“Eu acredito que nós estamos à espera de desastres, comparáveis em escala.

“Mais curioso é como a informatização generalizada e a aceleração do fluxo de informações estão combinadas com contra-tendências. …

“Imagine que do espaço bidimensional, nós saltássemos para um com doze. Naturalmente, isso é um choque. Inevitavelmente, há reações reversas.

“O fato de que mudanças estão ocorrendo nos meios de comunicação não se limita a mudanças nos hábitos pessoais ou sociais. …

“Na transição do livro para os meios de comunicação, ocorre uma reestruturação fisiológica do cérebro.

“A leitura envolve centros de linguagem, e a navegação na Internet é uma tarefa. … A capacidade de usar habilmente a informação na Internet está se desenvolvendo à custa da duração da capacidade de ler. Navegar na Internet, aliás, é muito útil para os idosos. Afinal, o cérebro tem que lidar com tarefas muitas pequenas que passam despercebidas: clicar ou não clicar um link específico. Eles dizem que essa formação quase invisível ajuda a doença de Parkinson. Mas o cérebro de uma pessoa jovem na transição para a sociedade a partir de um livro online perde a capacidade de se concentrar.

“Na verdade, o foco a longo prazo num assunto abstrato não era inicialmente peculiar ao homem, e em estado selvagem, até mesmo perigoso … Antes do livro, somente os caçadores e os padres eram capazes de se concentrar por um longo tempo num objeto.

“Graças a Gutenberg, a capacidade de se concentrar em pensamentos abstratos alterou fisiologicamente o cérebro de milhões de pessoas, o que levou ao desenvolvimento explosivo da ciência, a descoberta de vacinas, o voo para o espaço.

“Hoje, efeitos multimídias sobre o cérebro nos levam à próxima rodada da espiral. A geração mais velha ainda pode ter alguma imunidade, certo reflexo sobre a transição do livro para online. Mas eis o maior problema aqui: a educação das crianças. Elas não têm experiência de socialização off-line, elas acham que a Internet é algo que sempre foi assim. E elas não têm experiência de ler qualquer coisa com duração.

“Há uma pergunta retórica. Por exemplo, a famosa pergunta de Nicholas Carr sobre a Internet, será que ela nos torna mais burros ou inteligente, eu respondo – ‘sim’.

“Imediatamente depois dela são vistos novos horizontes – a mídia dimensional, a mídia imersiva, a realidade induzida, o dispositivo de implantação, finalmente se conectam à rede de terminações nervosas”.

Meu Comentário: Tudo está evoluindo apenas para realizar o programa da natureza, a unificação de toda a humanidade à imagem e sistema de Adam (Homem), um único homem. A introdução de todos os tipos de mídia vai precisar completar a unificação de todos num único organismo, num coração, desejo e mente. Isso já não será expresso através de realizações tecnológicas, mas através da subida voluntária acima do nosso egoísmo de acordo com o método da sabedoria da Cabalá.

Comente