A Redivisão Chegando Ao Oriente Médio

No Jornal (www.pravda.ru): “O Estado islâmico [ISIS] é uma ameaça para a Arábia Saudita. O ISIS já estabeleceu um estado dentro de certos limites. Ele diz que após a ascensão de Jerusalém haverá a queda do falcão. O falcão é Medina (cidade muçulmana).

“O ‘estado islâmico’ é aspirante a apressar a vinda do dia de julgamento. Um dos objetivos que o estado islâmico declarou é a conquista de Meca e Medina e a destruição dos ídolos, o que significa a pedra negra.

Os líderes da Arábia Saudita reconhecem a ameaça iminente. Um confronto direto com o ISIS levaria a muitos resultados negativos para os Estados sunitas no Oriente Médio. O relato de muitos canais da mídia ocidental sobre as ações da Rússia é um exemplo clássico de duplo padrão e uma guerra de propaganda.

Há um contra-ataque, não contra Assad pessoalmente, mas contra Assad como o representante iraniano xiita no Oriente Médio , porque o Irã e o Hezbollah estão construindo um cinto xiita através da Síria. Esta é uma ameaça à hegemonia da sunita Arábia Saudita na região.”

Meu comentário: Em todo o mundo está em andamento algo comum em Jerusalém. …

[168156]

Comente