Preparar Um Lugar Para A Doação Reinar

laitman_938_02Pergunta: Por que o Baal HaSulam escreve que a pessoa deve dar contentamento ao seu Criador? Será que cada um tem o seu próprio Criador?

Resposta: Às vezes, nós só dizemos “Criador,” às vezes “o Criador”, e às vezes dizemos no plural, “Criadores”. É assim que o nível inferior percebe o superior. Há uma infinidade de Partzufim superiores (Israel Saba ve TvunaAbba ve Ima), uma infinidade de forças que cuida dos Tachtonim (inferiores). Mas todos têm uma intenção e uma meta.

A pessoa não recorre a uma força superior abstrata, mas ao nível ao qual ela está diretamente conectada agora. Assim, ela pode chamar estes níveis superiores pelo nome “Criadores”.

O Criador não tem nenhuma imagem definida. É proibido, de qualquer forma ou maneira, descrevê-Lo como algo estático que existe fora de nós. Não existe tal coisa, mesmo que seja muito difícil para uma pessoa aceitar isso. No entanto, este é um problema que só existe na nossa percepção não corrigida.

Cabe a nós ver a nós mesmos como a qualidade de recepção. Quem sou eu? Eu sou essa qualidade de recepção, e o Criador é a qualidade de doação. Não há nada mais do que essas duas qualidades, e eu quero ser como a qualidade de doação.

A qualidade é algo abstrato que não tem nenhuma imagem física. A qualidade só recebe uma forma somente quando se veste em algo concreto. Então, a melhor maneira de proteger-se de cometer um erro é abster-se de descrever a força superior como uma espécie de forma ou imagem permanente. Isto é muito importante para o esclarecimento e a atitude certa.

Afinal, o que é o Elyon (Superior)? É algo que está acima, que agora me preenche. Um preenchimento de recepção é querer apenas receber tudo, se sentir bem, ser saudável, saber, entender, atingir, controlar de alguma forma. Tudo isso pertence à qualidade de recepção que é direcionada totalmente ao benefício pessoal.

Mas há uma qualidade oposta acima de mim, o que significa que eu a atribuo à espiritualidade e a valorizo. Ela está acima de mim e eu quero alcançá-la. Se essa qualidade superior me vestisse, eu deixaria de me preocupar comigo, agindo apenas para o meu benefício pessoal. Mas o que eu pensaria, então? Será que eu pensaria em algo? Que tipo de forma teria a minha qualidade de doação? Como ela vai me preencher em vez da qualidade de recepção que me preenche agora?

Portanto, nós atingimos um Kli, a razão, a preparação para a qualidade de doação, um lugar em que deve ser vestida. Para fazer isso, nós devemos preparar Arvut (Garantia Mútua), a atitude para com o seu próximo no qual a doação está vestida.

Isto é muito prático, e cabe a nós tentar trazê-los às nossas sensações. Se todo mundo pensar nisso, se houver um acordo geral, um pensamento geral, se estivermos prontos para prestar atenção nisso por um longo tempo e não apenas por alguns minutos de vez em quando, seremos fortemente influenciados uns pelos outros da melhor forma e esclareceremos precisamente essa atitude para com o Criador. Este é o nosso único trabalho: tentar imaginar mais claramente a Sua qualidade e focar no Criador.

Da Lição Diária de Cabala 24/02/14, Perguntas e Respostas com Dr. Laitman

Comente