Sob A Sombra Do Egoísmo

laitman_741_02Midrash Raba, “Beshalach“: Você sabe que gigantes nós encontramos lá? Eles são os descendentes da geração de Enosh, e são tão altos que suas cabeças parecem alcançar o sol. Qualquer um que os vê tem pavor de pensar que pode cair no chão! Ouça o que aconteceu, quando procuramos um lugar com sombra para descansar.

Os espiões procuram sombras porque não querem a Luz Direta brilhante, e não podem suportá-la. Eles podem existir quando tudo se encerra fora do seu ego e a oposição entre o ego e a Luz não pode mais ser vista. Os gigantes cujas cabeças alcançam o sol, o que significa o nível de Zeir Anpin e acima até o nível de Arich Anpin do mundo de Atzilut, são almas que se corrigiram.

Nós entramos no que pensávamos ser uma caverna, mas, na verdade, era a casca de uma romã gigante. Nós descansamos um pouco lá e, depois, a filha de um gigante passou por nós e pegou essa casca com todos nós nela, doze homens sentados nela.

A palavra “romã” (Rimon) deriva da palavra “Romemut” (exaltação), que se refere a quão alto a força superior pode elevá-los. E a parte feminina, Malchut, eleva-os até o Criador.

Ela nem sequer percebeu que estávamos lá! Ela simplesmente jogou fora a casca em seu jardim. Nós somos como formigas miseráveis ​​em comparação com esses gigantes. Na verdade, nós ouvimos uma vez como um gigante falou sobre nós: “Há essas criaturas na videira que são tão pequenas como gafanhotos e que se assemelham a seres humanos”.

Isto significa que para Malchut sua ascensão não é um fardo. Eles não podem dar-lhe qualquer desejo, qualquer MAN, a fim de obrigá-la a elevá-los. Esta subida acontece de forma passiva.

De KabTV “Segredos do Livro Eterno” 08/04/15

Um Comentário

  1. Esclarecedor, grata

Comente