O Libelo De Sangue Das Nações Unidas

Dr. Michael LaitmanOpinião (Alexander Shoihet): “Um relatório da ONU diz que Israel cometeu crimes de guerra. Este é um libelo de sangue moderno contra Israel pelas Nações Unidas. Na verdade, todas as reuniões das Nações Unidas consistem de falsas acusações contra Israel ‘cometendo genocídio, apartheid e crimes contra a humanidade’”.

“O novo relatório da Comissão das Nações Unidas rejeita o direito de Israel à auto-defesa. Só no ano passado, esta sociedade de antissemitas chamada Organização das Nações Unidas, aceitou 20 resoluções condenando Israel, e nem mesmo uma contra outras nações do Oriente Médio. A ONU é uma organização mundial de ‘direitos humanos’ em que o Irã é um membro da comissão para a igualdade de direitos para as mulheres, Sudão supervisiona a preservação dos direitos humanos, a Síria está à frente do Comitê de Direitos Humanos, em que Cuba, Venezuela, Rússia e Arábia Saudita também são membros! Essa é as Nações Unidas”.

“Por que Israel é um membro do poço de cobra antissemita e nazista? Por que ele precisa ouvir toda essa abominação, justificar suas ações para se defender, e pagar mais um monte de dinheiro para este conjunto desprezível? Será que temos tão pouco respeito por nós mesmos que estamos ainda preparados para esperar a benevolência destes alunos e discípulos de Hitler e Goebbels?”.

Meu Comentário: A ONU se oferece como representante de todos os países do mundo que dizem abertamente na nossa cara que nós somos os culpados por todas as catástrofes humanas! E eles estão certos! Nossa Torá nos diz a mesma coisa; todos os desastres vieram ao mundo apenas como resultado das ações de Israel.

A sabedoria da Cabalá explica como, através da nossa unidade, temos que corrigir a nossa influência negativa e prejudicial para o mundo. A escolha do mundo futuro está apenas em nossas mãos, e assim as acusações contra nós são justificadas. As nações do mundo não têm a possibilidade de corrigir o mundo e expressam isso abertamente com suas acusações contra os judeus.

Cabe a nós explicar dentro das Nações Unidas, como todos nós vamos corrigir em conjunto o mundo através da aplicação da pressão sobre os Judeus e ajudando-os a fazê-lo. Desta forma, o ódio em relação aos Judeus vai forçá-los a se unir. Por isso, é possível dizer (de brincadeira) que as Nações Unidas merecem o Prêmio Nobel da Paz por “estabelecer a paz entre os Judeus!”.

Comente