Gigantes Em Guarda Contra A Terra De Israel

laitman_750_01Quando os espiões estavam colhendo frutas no vale de Eshkol, três gigantes que viviam em torno de Hebron estavam prestando atenção neles. Estes eram Aimã, Sesai e Talmai, os três filhos de Anak, o mais alto de todos os gigantes. Eles eram tudo o que restava dos antigos gigantes que nasceram após a geração do dilúvio. Quando os gigantes chegaram muito perto, todos os espiões desmaiaram com exceção de Josué e Calebe… quando eles viram que os espiões que desmaiaram estavam deitados no chão, os reviveram. Eles falaram: “Vemos que vocês vieram aqui para cortar as árvores que nós adoramos e quebrar as nossas estátuas!” Os gigantes rosnaram. “Não”, responderam os espiões, sussurrando: “Nós apenas escolhemos alguns dos frutos”. Os gigantes responderam com firmeza: “Vão embora daqui! Seu Deus em breve lhes trará a esta terra e, assim, vocês terão tempo de sobra para cortar nossas árvores”. (Das palavras do “Midrash Rabba”, Parashat Shelach).

O Midrash Rabba, assim como a Torá, fala sobre as nossas características interiores. Em particular, aqui ele está falando sobre a nossa necessidade de subir de Malchut à Bina, da característica de recepção para a característica de doação, e, de repente, nos deparamos com uma forte oposição.

Os gigantes são meus gigantescos desejos pessoais que devem ser corrigidos. Isto porque sem eles eu não vou ser capaz de existir no nível de Bina. Assim, as próprias características foram criadas dessa forma, de modo que somente superando-as eu me elevo a este nível. O “gigante” simboliza algo grande, imenso. Eu preciso de um grande ego, enormes desejos que parecem gigantes para mim.

A característica de Bina é a característica da doação completa, algo que é muito leve e macio, que é derramado como água, que revive e acalma tudo. E, de repente, a fim de alcançá-la, eu devo de alguma forma superar os imensos gigantes. Mas os gigantes não são características grosseiras; ao contrário, são as características de Bina. E se eu os utilizo corretamente, os recebo corretamente dentro de mim, eles não me incomodam. Mas, no momento em que eu começar a objetar que não quero corrigi-los ao seu nível, eles vão imediatamente se levantar contra mim.

Portanto, os gigantes dizem aos espiões que ainda vão voltar a esta terra. Em outras palavras, essas características que são encontradas em nós sabem tudo desde o início, porque são projetadas para proteger este nível e para torná-lo possível somente àqueles que estão aptos a entrar no nível de Bina. Desta forma, a fim de subir para o nível da terra de Israel, devemos superar enormes desejos egoístas, especialmente aqueles estados que são como “Hebron” ou “Siquém”.

De KabTV “Segredos do Livro Eterno” 02/04/15

Comente