A Sabedoria Que Está Aberta Para Todos

laitman_939_02Comentário: Eu sempre pensei que os Cabalistas eram um grupo fechado de pessoas que estudam a Torá e revelam seus significados secretos, que não compartilham com ninguém, alcançando, assim, um novo nível de aperfeiçoamento pessoal. Por outro lado, a organização Bnei Baruch é uma instituição acadêmica que está aberta ao público e inclui mais de dois milhões de membros.

Resposta: Se olharmos para livros que os Cabalistas escreveram nos últimos 3.500 anos, por exemplo, veremos que eles queriam muito disseminar essa sabedoria, não só entre os Judeus, mas para o mundo inteiro também. Esta é a razão da sabedoria da Cabalá ser para todos, uma vez que se não soubermos como nos comportar corretamente, vamos nos levar à destruição.

O método Cabalístico nos ensina como conectar toda a humanidade num todo. Ele surgiu durante a primeira crise que eclodiu na antiga Babilônia, onde a falta de compreensão, rejeição e divisão, foi revelada entre as pessoas. Então, um sacerdote na antiga Babilônia, chamado Abraão, descobriu este método, e representantes de diferentes nações começaram a se reunir em torno dele. Este grupo, que deixou a Babilônia com Abraão, ficou conhecido como os Judeus.

Isto significa que os Judeus são uma nação não pela origem, como as outras nações, mas estão unidos por sua ideologia. Eles tomaram para si serem comprometidos com a realização da principal lei da Torá, que é “ama teu amigo como a ti mesmo”, e isso se tornou seu ideal de vida e o significado da sua existência. Além disso, eles também se comprometeram em ser Luz para as nações, o que significa levar essa sabedoria para o mundo para que o mundo possa se unir e subir ao próximo nível de seu desenvolvimento.

De uma Entrevista no RTN, Nova Iorque, 21/7/15

Comente