Textos arquivados em ''

Meditação E Miragens

Laitman_728_01Pergunta: Eu ouvi dizer que algumas pessoas que meditam se sentem elevadas e iluminadas. Elas sentem uma gratidão completa, que preenche todo o mundo conectado num todo. O que causa tal sentimento dentro da pessoa?

Resposta: Essa sensação vem porque as pessoas suprimem seu egoísmo com a ajuda da meditação oriental e começam a sentir um único sistema. Afinal, elas anulam seu egoísmo, que estava separando esse sistema em muitas partes. No entanto, isso ainda não é uma elevação acima do mundo material, acima do egoísmo.

Elas veem a estrutura da realidade, mas não podem governá-la e existir dentro dela. Esta é apenas uma antecipação, uma miragem, e uma sensação de plenitude do mundo. Em nosso mundo há um grande número de pessoas que, sem qualquer meditação, sente que a natureza é plena e tudo está interligado dentro dela.

Os cientistas e todos os egoístas comuns chegam às mesmas conclusões. Eles também entendem que o mundo é um sistema e, portanto, temos que proteger os animais, a ecologia, e seguir a lei de equilíbrio na natureza. A pessoa sente tudo isso em seus desejos egoístas comuns e não exige subir acima do seu egoísmo.

A força que eleva a pessoa acima do seu egoísmo é uma força completamente diferente. Ela pode ser atraída da natureza apenas através de exercícios exclusivos de acordo com o método da Cabalá. Esta força, na realidade, nos dá a oportunidade de subir acima do nosso egoísmo e entrar no próximo nível de existência.

De KabTV “Uma Nova Vida” 25/01/15

Aquele Que Está Na Terra Constrói O Céu

laitman_742_03Baal HaSulam, “Shamati, Artigo 34, “O Lucro da Terra”: Todos os tormentos que existem no mundo são apenas uma preparação para os verdadeiros tormentos. Estes são os tormentos que a pessoa deve alcançar, ou ela não será capaz de adquirir qualquer coisa espiritual, visto que não há Luz sem vaso. Estes tormentos, os verdadeiros tormentos, são chamados de “condenação da Providência e difamação”. É para isso que a pessoa ora, para não difamar a Providência.

A pessoa que avança em direção ao Criador passa por muitos estados desagradáveis ​​que, no final, a ensinam a ignorá-los e saber como justificar o Criador acima deles. Nós vemos que a nossa vida é cheia de erros fatais e queimamos de vergonha com aquilo que fizemos em cada momento da nossa vida.

Nós nos torturamos por sermos maus, por termos perdido tantas oportunidades para avançar rapidamente e alcançar uma boa vida. Agora também não podemos fazer bom uso do tempo e das oportunidades que nos foram dadas.

É errado pensar dessa maneira. Não devemos atribuir qualquer importância à própria realidade e como nos comportamos e aproveitamos as oportunidades que temos, mas sim, precisamos justificar o Criador por tudo o que acontece dentro de nós e ao nosso redor. Não devemos simplesmente justifica-Lo por tudo que Ele faz, mas também compreender que por trás de todo este quadro há uma imagem diferente do sistema superior ao qual devemos nos aderir acima de todas as formas feias que aparecem diante de nós, em qualquer momento no passado e no presente.

Não devemos nos arrepender de nada porque condenamos o Criador que organizou tudo! Todas essas imagens realmente devem permanecer, e nós devemos construir a atitude positiva perante o Criador acima delas pelos nossos esforços. Este é o principal trabalho de uma pessoa.

Nós temos que construir a mesma atitude exata não só em relação aos maus acontecimentos, mas também em relação aos bons, uma vez que eles vêm de cima e não temos razão para nos relacionar com os bons ou os maus de forma diferente. Não faz diferença o que o Criador nos apresenta e como é retratado em nosso ego. Na verdade, o que o nosso ego acha atraente como sucesso, realizações, e até mesmo atos de doação, tudo isso são razões para nos voltarmos ao Criador e atribuir todas essas ações essenciais a Ele. Nós tivemos que passar por tudo isso, incluindo os acontecimentos bons, maus e neutros, a fim de construir a atitude correta para com o Criador.

Ao mudar nosso foco das ações reais, de todos os valores e acontecimentos no passado, presente e futuro, para a providência do bom Criador, transformamos a imagem do mundo de negativa para positiva, da forma fictícia chamada este mundo para a forma do próximo mundo. Se quisermos ver todos os eventos mais horríveis ou mais alegres como bons, se virmos tudo apenas na Luz do Criador como bom, nós, assim, refletimos todos estes acontecimentos na luz oposta, e com eles construímos a primeira imagem do mundo espiritual.

Então vemos que há uma grande vantagem para o nosso desejo de receber, que descreve tudo para nós em formas opostas como ajuda contrária. Portanto, está escrito: “O lucro da terra”. Se nos relacionamos com nosso ego desta forma, podemos construir o Céu acima dele.

Da Preparação para a Lição Diária de Cabalá 07/03/14

Levitas, Sacerdotes E A Correção Dos Desejos

Dr. Michael LaitmanO Senhor disse a Moisés: “E falou o Senhor a Moisés, dizendo: “Toma os levitas do meio dos filhos de Israel e purifica-os. E assim lhes farás, para os purificar: Esparge sobre eles a água da expiação; e sobre toda a sua carne farão passar a navalha, e lavarão as suas vestes, e se purificarão. Então tomarão um novilho, com a sua oferta de cereal…”. (Torá, “Números”, “Beaalotha”, 8:05-08)

A fundação do homem é seus desejos. No processo espiritual a pessoa precisa classificá-los separando aqueles que podem pertencer ao nível de Bina. Purificá-los significa dirigir o trabalho desses desejos só para a doação.

Os filhos de Israel são desejos egoístas corrigidos ou não totalmente corrigidos. Os levitas são desejos que são purificados do ego, e representam o primeiro passo da purificação “doar a fim de doar”. É por isso que os levitas não têm desejos, nem egoístas ou corrigidos.

Esses desejos, que são ainda mais refinados, a segunda etapa da purificação – “receber a fim de doar” -, são chamados de Cohen (sacerdotes).

A água é a propriedade de Bina. “Esparge sobre eles a água da purificação” significa conduzir seus desejos através da qualidade de doação.

“E sobre toda a sua carne farão passar a navalha, e lavarão as suas vestes, e se purificarão”. O pelo que cresce no corpo é um sinal de quanto o corpo precisa de correção. Eles simbolizam as deficiências que são reveladas.

“Então tomarão um novilho, com a sua oferta de cereal…”. Isso fala sobre sacrificar os desejos não corrigidos que o homem corta de si mesmo, porque eles não podem ser corrigidos de outra maneira. Portanto, devemos abater nosso componente bestial ou enviá-lo ao deserto.

A descrição do Templo na Torá nos lembra um matadouro. Se a pessoa não está numa ascensão espiritual e não entende a essência da Torá, ela imagina imagens terríveis: sangue que flui ao redor, gritos de animais sendo abatidos e, em seguida, imediatamente cortados, assados e comidos.

Mas o significado interior da Torá é completamente oposto, porque na Torá isso fala apenas da correção espiritual do homem.

De KabTV “Segredos do Livro Eterno” 04/02/15

Não Ferir O Grupo

Dr. Michael LaitmanPergunta: Como é possível atingir uma grande sensação de importância do grupo de que um temor real de não prejudicá-lo seja despertado? Como eu posso desenvolver essa sensação de modo que ela não me deixe? Ou isso é também “acima da razão”?

Resposta: A preocupação de não prejudicar o grupo vem gradualmente sob influência da Luz Circundante (Ohr Makif) e não de qualquer outra forma.

O temor pelo grupo, de que ele será capaz de se manter e trabalhar pelo Criador, e o movimento ao Criador, a sensação de responsabilidade de que ele depende de mim: tudo isso desperta sob influência da Luz Superior.

Eu não posso construí-lo em mim de forma artificial. Eu posso tentar fazer certas ações nessa direção, mas não mais.

Nossos esforços vão nos levar gradualmente a ele, mas o homem precisa procurar constantemente dentro de si mesmo se este estado já desperta nele.

Da Lição Diária de Cabalá 17/02/14

Vamos Disseminar!

laitman_268_01Pergunta: Como a nossa disseminação desenvolve qualitativamente o nosso desejo?

Resposta: É graças à disseminação que eu me torno aquele que doa. Não há nenhuma outra ação em nosso mundo que possa me tornar semelhante ao Criador, exceto a disseminação.

Eu vou a algum lugar à noite e tenho um workshop lá, uma palestra, falo com as pessoas e, gradualmente, as aproximo, incentivando-as a pensar no sentido da vida, e dizendo-lhes como podemos melhorar nossa vida corpórea.

Nossa vida corpórea é apenas uma desculpa para participar na doação mútua. Afinal, o mundo inteiro é apenas uma desculpa, o motivo interno para começar a construir os relacionamentos certos acima disso. Eu digo às pessoas como nós seremos capazes de nos livrar de todos os nossos problemas graças às relações corretas entre nós.

Elas se preocupam com o que vai acontecer com elas neste mundo. Elas querem que eu lhes faça um desenho do amanhã maravilhoso e eu tenho que desenhar para elas o futuro maravilhoso que teremos se estivermos mais conectados um ao outro. Sem ter outra escolha, é um compromisso com as pessoas, e os meios para melhorar o seu futuro corpóreo, enquanto que para mim a vida corpórea é temporária e só o estímulo, a desculpa, a razão, para ascender aos estados espirituais.

Isto significa que nossos objetivos e meios são opostos aos das pessoas, mas essa é a diferença entre os níveis: para mim este é o estado no nível superior e para elas é diferente no nível inferior. Mas eu percebo seus desejos corporais, e para preenchê-los, eu sugiro que elas estabeleçam melhores relações entre si e as pessoas já começam a pensar em melhorar as relações entre elas uma vez que sem isso nossa vida corpórea não vai melhorar.

Eu uso o seu desejo de corrigir as relações entre todos e, na verdade, as elevo ao meu nível. Do meu nível, eu já elevo esses desejos ao nível das relações entre as pessoas que pertencem ao pensamento da criação e peço que o Criador nos dê o poder para superar os obstáculos de modo que a conexão entre nós cure as feridas dolorosas da humanidade. Afinal, o fato de que elas sentem golpes é um sinal da falta de conexão entre nós. Assim, todo mundo chega a um estado de harmonia. Uma pessoa comum alcança certo nível de conexão com outras e um preenchimento corpóreo. Eu tenho uma chance de doar-lhes e, portanto, de doar ao Criador, e o Criador desfruta! Isto significa que todos esses três níveis avançaram na direção certa. Assim eu intensifico a glória do Criador no mundo.

Então, vamos disseminar! Mas antes, nós nos subjugamos diante dessa ação e aprofundamos os esclarecimentos, a fim de entendermos exatamente:

  • Por que fazemos isso,
  • O que as pessoas querem,
  • Por que temos que absorver seus desejos,
  • Como podemos ter certeza de que vamos dar-lhes uma boa vida apenas se estivermos conectados,
  • Como eu começo a sentir que tenho que levar às pessoas o preenchimento correto,
  • Por que preciso do grupo para fazer isso, pois caso contrário não serei capaz de cumprir o meu papel na disseminação,
  • Como precisamos do Criador nesta questão.

Eu realmente saio às pessoas comuns que se queixam por seus problemas corporais e, finalmente, sinto que sem a ajuda do Criador estou totalmente perdido. As pessoas formatam essa deficiência em mim: a necessidade do Criador! Afinal de contas, eu vejo que não posso dar-lhes nada por mim mesmo se o Criador não me ajudar.

Então nós realmente nos conectamos à força superior pelas pessoas, e, portanto, temos que realmente apreciar o nosso trabalho na disseminação, uma vez que isso realmente nos dá a oportunidade de uma ascensão espiritual.

Da 3ª parte da Lição Diária de Cabalá de 06/03/14, Escritos do Baal HaSulam

Como Descobrir O Futuro

Dr. Michael LaitmanPergunta: O que significa revelar a força superior, descobrir a sua intenção, revelar para onde ela está me levando, e descobrir o que ela quer?

Resposta: O Ramchal (Moshe Chaim Luzzatto, grande Cabalista que viveu no século XVIII, na Itália), escreveu que a sabedoria da Cabalá se destina apenas a aprender o governo e o propósito do desejo superior: por que o Criador fez todas essas criações, o que Ele quer delas, e qual será o fim de todas as encarnações do mundo.

Você deve saber tudo em termos do que acontece em seu corpo, em seus pensamentos, desejos, na mente e no coração, tudo o que está acontecendo no mundo e para onde leva. Eu estou falando de uma realização elevada, quando você está no mesmo nível que a força superior, como está escrito em Oséias 3:5: “Depois tornarão os filhos de Israel, e buscarão ao Senhor seu Deus…”.

Você revela todo o programa de criação, todas as forças que o ativam, e começa a receber o direito de entrar neste programa e controlá-lo, em vez do Criador. É como com uma criança que cresce, e o pai entrega a empresa para que a criança continue executando-a no lugar dele.

Isto é o que significa tornar-se um ser humano, homem, porque “homem” (em hebraico “Adam, da palavra “Edomeh, semelhante) significa semelhante ao Criador, semelhante ao superior. Isso é o que precisamos alcançar.

Pergunta: Será que essa revelação afeta a vida cotidiana de uma pessoa?

Resposta: Claro! Primeiro você se torna o mestre de tudo que está acontecendo. Você sabe para que está vivendo e como organizar sua vida, a fim de extrair dela o maior benefício.

Baal HaSulam escreve no artigo “O Ensino da Cabalá e sua Essência” que a sabedoria da Cabalá é a revelação da força superior governante em todas as suas propriedades e manifestações que se desenrolam nos mundos e sujeitas à revelação pelo homem no futuro, até o fim de todas as gerações.

Em outras palavras, você vê todas as perspectivas com antecedência, até o final da existência do nosso mundo em 6000 anos, a contar da primeira revelação do Criador a Adam HaRishon 5775 anos atrás. Você revelará o futuro.

Do Programa da Rádio Israelense 103FM, 08/08/15

Um Cabalista Pode Parar Uma Guerra

laitman_259_01Pergunta: Se um indivíduo se tornou um Cabalista, revelou o mundo superior e detectou as forças que estão ocultas de todos os outros, como isso afeta sua vida diária?

Resposta: Ele, como todos os outros, vai para o trabalho, cuida de sua família e cria seus filhos. Nada muda em sua vida, exceto que a partir do momento que ele se torna um Cabalista, pode tornar o mundo melhor através de suas ações.

Afinal, ele traz uma força positiva ao mundo, contra todas as forças negativas que estão vindo de todos os outros.

Todos os outros são egoístas, e ele é um altruísta. Assim, ele começa a fazer boas mudanças no mundo. Ele para as progressões más de eventos: guerras, desastres e atos terroristas. Ele envolve suas forças de doação e assim inclina o equilíbrio de forças para o lado do bem.

Pergunta: Como um Cabalista pode parar uma guerra?

Resposta: Tudo o que está acontecendo em nosso mundo é resultado da interação entre as forças do bem e do mal. Somente essas duas forças estão agindo em nosso mundo, divididas em muitas forças particulares, positivas e negativas: 613 desejos, 613 forças, 613 luzes.

No entanto, um Cabalista é capaz de equilibrar, como se numa balança, a influência que vem de Cima e torná-la boa. Ele pode colocar um peso no prato do bem, que vai mudar a seta na balança do lado negativo e leva-la ao centro de equilíbrio. Como está escrito: “Se a alma merece, ela sentencia a si e o mundo inteiro à balança (escala) de mérito”.

Pergunta: Então, por que não montamos um esquadrão de Cabalistas nas forças armadas para parar os ataques terroristas e guerras?

Resposta: É verdade! Mas para isso, primeiro precisamos criar muitos Cabalistas. Infelizmente, por enquanto, não há nenhum no mundo. Nós realmente esperamos que em breve possamos trazer muitos desses Cabalistas à nossa organização que possam ensinar a todos, alcançando mais e mais pessoas.

No entanto, hoje, o mundo carece de Cabalistas, e isso é evidente pelo que está acontecendo com o povo de Israel, dentro das fronteiras de Israel e além, pela atitude negativa de todo o mundo em relação a ele. Tudo isso é resultado do fato de que não podemos inclinar o mundo a uma balança de mérito, nem a nós mesmos, e nem o povo de Israel, e mais ainda, nem o mundo inteiro.

Só o povo de Israel é capaz de fazer isso. Só nós recebemos a liberdade de escolha, e se não formos capazes de mudar a balança para o mundo inteiro, para o lado do mérito, e nós mesmos, receberemos a reação negativa que estamos vendo hoje.

Do Programa da Rádio Israelense 103FM, 16/08/15

Valores Ilusórios, Mídia De Massa E A Sabedoria Da Cabalá

laitman_547_06Pergunta: A mídia tem muito sucesso em usar a aparência de uma pessoa em suas propagandas para atrair clientes com a beleza. Por que existe essa distinção entre uma aparência bonita e uma feia?

Resposta: É uma abordagem completamente errada, um grande equívoco. Infelizmente, nós somos especialmente criados para olhar o exterior de uma pessoa e não seu mundo interior.

Se buscássemos a educação correta de uma pessoa, no momento da puberdade ela encontraria um parceiro não com base em suas características externas, mas numa noção do quanto a pessoa em particular é próxima a ela para a procriação adequada e a coexistência correta.

E já que estamos constantemente perseguindo paradigmas ilusórios e falsos, isso resulta em conexões e quebras, sem nunca encontrarmos nada. Tudo depende apenas da educação.

Esta é mais uma prova de quão destrutivas é a nossa mídia de massa!

Pergunta: Por que as pessoas não sentem que ela as está destruindo?

Resposta: Elas sentem isso, mas não podem fazer nada. Elas ainda não chegaram ao ponto do reconhecimento do mal em todos os sistemas que elas próprias criaram sob o governo dos detentores do poder.

As massas são seguidoras, como um rebanho dócil, e fazem de tudo para dar lucro àqueles que as lideram. Embora os líderes geralmente não tenham nada, eles estão simplesmente perseguindo tais realizações ilusórias como riqueza, poder e fama.

Pergunta: Mas eu ainda não consigo encontrar o ponto em que tudo isso pode ser conectado. Ou será que 90% da humanidade sequer precisa entender que temos que alcançar ao amor e a doação?

Resposta: Você ainda não é capaz de descobrir isso. Você precisa aprender isso. É por isso que eu estou dizendo que a juventude precisa estar conectada com as gerações mais velhas, ou seja, com os Cabalistas que entendem o sentido da vida, que o alcançaram e estão conectados a ele e podem levar a geração que cresce à meta correta.

Hoje os jovens estão sendo conduzidos para frente como um rebanho, para que possam apaziguar aqueles que estão dirigindo-os. Eles precisam perceber isso e não ir junto com a mídia que faz uma lavagem cerebral neles.

Pergunta: Como podemos ajudar um ao outro?

Resposta: Somente estudando Cabalá, a qual nos dá uma compreensão do que é a nossa natureza, que meios existem para atingir a meta para a qual precisamos viver, e assim por diante.

Ao nos envolvermos com a Cabalá, começamos a compreender a estrutura do mundo, sem prestar atenção ao que está acontecendo ao nosso redor. Nós precisamos estudar o sistema da criação, sua organização e funcionamento, e, assim, vamos gradualmente entender como nos mover da realidade atual à realidade que deve ser.

De KabTV “Conversas com Michael Laitman” 08/10/14

Ynet: “O Que O Fundo de Pensões Do Shoshi De Hadera Tem A Ver Com O Mau Investimento Of Li Ming De Shanghai?”

Este artigo sobre a crise global, que muitos países estão passando, e sobre as quedas acentuadas que vemos nos mercados de ações, ao redor do mundo, foi publicado em minha coluna em Ynet, de 27 de agosto de 2015.

“O que o Fundo de Pensões do Shoshi De Hadera tem a ver com o mau investimento Of Li Ming De Shanghai?”

“As quedas acentuadas nos mercados de ações ao redor do mundo todo nos lembram de como, fortemente, somos todos interdependentes. Somente quando reconhecermos as leis do sistema global humano seremos capazes de levar uma boa vida.

“A volatilidade nos mercados de ações se intensificaram, novas quedas acentuadas nos mercados acionários globais e aumento subseqüente chegaram a Israel. Não há melhor exemplo do que os mercados financeiros para demonstrar a interdependência mútua entre as pessoas, estados, nações, e mercados em todo o mundo, que se tornou uma aldeia global.

“O mundo está se tornando cada vez mais conectado. Esta é a razão pela qual o colapso financeiro e a desaceleração econômica na China não é um evento local, mas um evento com implicações globais emergentes. Aparentemente, a economia israelense não deve ser afetada pela queda dos mercados na China, e ainda assim isto aconteceu. Qual é a conexão entre o fundo de pensão dos Shoshi de Hadera e o mau investimento de Li Ming de Xangai?

“Este drama mundial nos mostra como o sistema não pode ser equilibrado, a menos que as partes sejam montadas e bem conectadas. Até então, o sistema continuará a ser sensível, e cada explosão menor desestabilizará tudo.

“Estamos todos no mesmo barco”

“A sabedoria da Cabalá é a sabedoria de conexão. Ela estuda as conexões entre as pessoas e as conexões na natureza desde o início dos tempos. De acordo com esta sabedoria, podemos equilibrar as nossas relações em interdependência mútua apenas se reconhecermos as leis do sistema humano global. Todos os sistemas de vida entre nós, incluindo os mercados financeiros, estão incluídos nestes sistemas.

“Nós não precisamos de tais leis no passado, de modo que a sabedoria da Cabalá estava escondida e poucos envolviam-se nela. A necessidade desta sabedoria e do conhecimento tornou-se relevante apenas quando o mundo tornou-se global e nossa interdependência mútua concluída. Hoje, quando a conexão entre nós está cada vez mais forte, nos obriga a aprender as leis do novo mundo globalmente conectado. Não temos outra escolha. Aprender as leis de acordo com o método de conexão irá permitir-nos criar a correta ordem social em toda a sociedade humana.

“Quando uma pessoa sabe como conectar-se corretamente, percebendo que todos nós dependemos uns dos outros, o resultado será uma vida boa para todos nós. Esta é a singularidade da sabedoria da Cabalá, que o mundo hoje precisa mais do que qualquer outra coisa.

“A solução para a crise no mercado de ações, a crise do fundo de pensões da Shoshi de Hadera, e outras próximas crises não está nos meios financeiros tradicionais, mas em estabelecer uma boa conexão, equilibrada, corrigida, entre nós. Temos de aprender a estabelecer as relações corretas e equilibradas e, assim, alcançar uma vida boa e tranqüila.

[165505]

Onde Podemos Encontrar Um Lugar Seguro ?

Pergunta: Por que você pensa que feudalismo, capitalismo e comunismo são o mesmo nível de desenvolvimento?

Resposta: Porque é um desenvolvimento egoísta que gradualmente transformou-se de um paradigma para outro, mas sempre aspirou pelo mesmo objetivo, para o preenchimento egoísta máximo.

Se não concentrarmos a nossa vida em um prazer de ser preenchido, no conhecimento, no respeito, na riqueza ou poder, mas em vez disso, começarmos a conectar-nos e unirmo-nos como a natureza, a fim de construir uma sociedade integral, esta sociedade será capaz de encontrar totalmente novas formas de existência correta e segura. [Leia mais →]