O Que É Um Sumo Sacerdote?

A Torá, “Levítico”, 21:10: E o Sumo Sacerdote (Cohen Gadol) entre seus irmãos, sobre cuja cabeça foi derramado o azeite da unção, e que for consagrado para vestir as vestes, não descobrirá a sua cabeça nem rasgará as suas vestes.

O corpo humano (613 partes) incorpora seus 613 desejos. Todos eles devem ser cobertos com Masach (Tela) e Ohr Hozer (Luz de Retorno), simbolizado pela vestimenta em nosso mundo.

Os Sa’arot (cabelos), da palavra “Sa’ar (tempestade)” é o despertar da pessoa, seu avanço à meta. Em cada nível podem eles ser contados de uma forma particular. Os Peyot (cachos de cabelos laterais), que descem dos lados, representam a Luz que desce da cabeça, escorre sobre a barba para baixo sobre o corpo.

O sacerdote tinha um guarda-roupa completo. Além das roupas de costume, ele estava vestido com calças de pano especiais e uma faixa, uma camisa belamente bordada com sinos sobre as bainhas e um chapéu. Tal vestimenta se adequaria ao Masach, a característica de doação, a intenção, que deve ser criada acima de seus desejos.

E não se chegará a nenhum cadáver (corpo morto), nem por causa de seu pai nem por sua mãe se contaminará. (Levítico 21:11)

“Morto” é um desejo que é deixado sem uma intenção no qual a Luz não pode entrar. E o sacerdote tem que proteger a si mesmo e não entrar em contato com qualquer coisa que tenha uma intenção negativa.

De KabTV “Segredos do Livro Eterno” 21/05/14

Comente