Conquista Da Terra De Israel

laitman_749_01As doze tribos de Israel que vagavam no deserto como um todo único, engoliram o deserto nelas, na medida em que descobriram o ego, trabalharam com ele e o digeriram na característica de unidade entre si.

Quando elas se aproximaram das fronteiras de Israel, se uniram como um todo, e se tornaram a característica que poderia começar a conquistar o ego. Elas não apenas subiram acima do ego como fizeram durante os quarenta anos de peregrinação no deserto, quando o ego foi revelado 100% e elas adquiriram na forma de seu potencial espiritual, mas não tinham nenhuma conexão com ele.

Agora, com sua entrada na terra de Israel, elas levaram o ego como um trator com uma colher e o digeriram ao transformá-lo em altruísmo. Elas não só se elevaram acima do ego, mas com sua ajuda puderam doar, receber e cooperar mutuamente entre si. Essa foi a conquista da terra de Israel em que havia sete nações — sete características profundamente egoístas — que devem ser trabalhadas através de nossas guerras internas.

Então, o povo começou a lutar contra elas pelo processamento do ego e constantemente removendo-o de dentro de si. A conquista e subjugação do ego, trabalhar com ele por amor e doação, chama-se “receber a fim de doar” e marca a conquista da terra de Israel. “Terra” (Eretz) é derivada da palavra “desejo” (Ratzon). “Israel” significa “direto ao Criador” (Yashar El). Depois disso, o povo de Israel pode atingir o nível chamado de “Templo” (Beit HaMikdash). A aquisição do desejo geral, com o qual é possível descobrir totalmente o Criador, Sua mais elevada revelação, chama-se a construção do primeiro Templo (o nível de Mochin de Haya), onde a Luz Superior é revelada.

De Kab TV “Segredos do Livro Eterno” 31/12/14

Comente