Pedras Comuns Da Cidade Santa

Laitman_421_01Pergunta: Todas as três religiões consideram Jerusalém como uma cidade sagrada. Por que há uma atitude muito especial para com esta cidade como se ela conectasse a pessoa com a força superior?

Resposta: “Jerusalém” significa “cidade perfeita”. É um conceito espiritual que não adiciona santidade à cidade material e suas pedras.

Enquanto o ser humano é feito de uma forma muito complexa, ele é fortemente influenciado pela força da fé humana simples, o poder do placebo, suas crenças. Assim, ao chegar em Jerusalém, as pessoas sentem que este é um lugar especial.

Mas este é um lugar sagrado especial criado pelo próprio povo, por sua atitude para com esta cidade, mas a cidade material não tem nenhuma santidade. Todas as diferenças entre posições geográficas estão em suas raízes espirituais.

Está escrito no livro do grande Cabalista Ari, A Árvore da Vida, que a terra inteira está dividida em áreas de acordo com poderes espirituais especiais que as afetam: Jerusalém, a terra de Israel, Líbano, Síria, Jordânia, Babilônia e os outros países do mundo.

Isso se refere às raízes espirituais, mas não há nenhuma diferença nas pedras físicas. Porém, as pessoas que vivem neste mundo são impressionadas pelos outros e, assim, dão a estas pedras, atmosfera e localizações geográficas denominações especiais.

Nós precisamos entender que apenas nos elevando acima dessas experiências humanas materiais seremos capazes de atingir uma impressão verdadeira, correta que virá da propriedade espiritual chamada Jerusalém, o Monte do Templo, o Templo, Israel, as nações do mundo.

Todas essas são propriedades internas do ser humano; as forças superiores que precisamos revelar. Então, a Jerusalém espiritual será revelada a nós e dentro do templo espiritual, que é o “Santo dos Santos”, onde nos encontraremos com a força superior.

Assim, todo mundo tem que chegar à reavaliação da força superior e à adesão com o Criador.

De Kab TV “Uma Nova Vida” 07/05/15

Comente