Venda e resgate

A Torá, “Levítico” 25: 47- 48: Se um residente não judeu ganha riqueza com você, e seu irmão se torna destituído com ele e é vendido a um residente não judeu entre vós ou a um ídolo (?) da família de um não judeu. Depois que ele é vendido, ele terá a redenção; um de seus irmãos deve resgatá-lo.

Um estranho é o ego externo que por si só torna-se um maior nível em relação ao povo de Israel (Galgalta vê Eynaim). Isto fala sobre os estados corrigidos. Então, se há um estrangeiro que se instala com você e levanta a mão, o que significa que ele torna-se grande e corrigido, então, seu irmão, que é menor do que ele em nível, a sua venda a um estrangeiro torna se sua correção. Você deve vendê-lo porque a entrada sob um nível superior com maior ego, chamado de um estranho, é a correção.

No entanto, depois de ter vendido seu irmão para um estrangeiro, você pode resgatar e comprá-lo de volta, pois ele já corrigiu-se ao ser vendido, o que significa que ele anulou-se para o estrangeiro. Quando a redenção resgatá-lo, ele retorna a você juntamente com a parte do estrangeiro que ele adquiriu no momento da venda.

A única situação em que a venda é considerada um pecado é prostituição, ou seja, eu sou vendido para outro com o propósito de obtenção de prazer, não a fim de aderir a ele e fazer um grande trabalho. Assim, da prostituição, não tomamos o dízimo porque o próprio Partzuf não é sagrado, uma vez que não está trabalhando com a intenção de doar. Tem Aviut (espessura / rudeza), mas não há Masach (tela), a intenção de doação.

Depois que ele é vendido, ele terá rendenção; um de seus irmãos deve resgatá-lo. Ou seu tio ou seu primo deve resgatá-lo, ou o mais próximo [outro] parente de sua família deve resgatá-lo; ou, se ele se torna capaz de pagar-se, ele pode ser resgatado [por conta própria]. Ele deve calcular com o seu adquirente [o número de anos] a partir do ano de sua venda a ele até o ano do jubileu; então, o preço de compra será [dividido] pelo número de anos; como os dias de um trabalhador contratado, ele deve estar com ele. (Levítico 25:48 – 25:50),

A redenção do irmão significa pagar com uma Masach para uma Masach, uma vez que alguém que passa por correção está sob a Masach de um maior Partzuf. Ele precisa esperar (o que significa passar por níveis) até o ano do Jubileu (Biná), quando todo mundo fica livre, e tudo volta ao seu verdadeiro dono.

É necessário pagar por esse trabalho que o mestre deve realizar no irmão (no desejo não corrigido) até o ano de Jubileu (Biná), o que significa que ele faz esse trabalho em vez do mestre, e em seguida, o irmão pode ir livre.

Suponha que eu tenho 17 anos até o ano de Jubileu (50 anos). Isso significa que eu tenho que pagar por uma Masach correspondente a estes 17 anos. Eu, então, tomo-o de debaixo da Masach do mestre à minha Masach. No entanto, se eu resgatá-lo, ou seja, libertá-lo, ele realmente torna-se livre, uma vez que depois de tudo, a minha Masach não foi movida para qualquer um? A pergunta pode ser feita: “Com o que contamos em adquirir uma Masach aqui”?

Esta é a redenção, o resgate, que acontece especificamente nesta ordem, quando,… um de seus irmãos deve resgatá-lo. Ou seu tio ou seu primo deve resgatá-lo, ou o mais próximo [outro] parente de sua família deve resgatá-lo; ou, se ele se torna capaz de pagar-se, ele pode ser resgatado [por conta própria]. Isso indica que a correção foi feita na medida em que a Masach foi reduzida.

O resgate de cativos, escravos e várias outras pessoas é uma grande correção, um verdadeiro ato de caridade e bondade. Há até mesmo um resgate de corpos que foram assassinados. Isso fortalece o espírito das pessoas, dando-lhes a fé que não deixaremos ninguém para trás. Isso é como quando Moisés confirmou a condição de levar todo mundo para fora do Egito, sem deixar sequer um sob o Parsa (fronteira). Pois, se somos uma só alma, então é impossível deixar qualquer fragmento para trás, porque, sem ela, não podemos nunca atingir toda a conclusão da correção.

[156842]

De KabTV de “Segredos do Livro Eterno” 19/11/14

Material Relacionado:
Emprestando O Desejo: A Terra
Conexão Fraternal
Servos Do Seu Próprio Livre Arbítrio

Comente