Um Ponto Que Se Expande Através Do Fermento Da Luz

laitman_275Malchut incluída em Bina – isto é, o desejo de receber que está incluído no desejo de doar – molda o desejo de doar em relação a si próprio. Como resultado dessa integração, o sistema de mundos é criado: Atzilut, Beria, Yetzira e Assia (ABYA), o sistema superior de governo que transmite a Luz do Infinito para nós desde cima.

A Point That Expands Through The Yeast Of The Light-1

Como resultado da integração entre Bina e Malchut, o desejo de receber torna-se complexo. A partir de agora, há um coração nele, que é Malchut, o desejo de receber, e o “ponto no coração”, que é o ponto de Bina. Esta é a alma, a criatura.

A criação inteira é dividida em duas partes: do lado de fora, há o sistema que está cercado pela Luz do Infinito, e dentro, há a alma. Até que o sistema alcance a alma, ele passa por 125 níveis de redução das Luzes, níveis de Ha’alama (ocultação), razão pela qual eles são chamados de Olamot (mundos).

A Point That Expands Through The Yeast Of The Light-2

A Luz que passa através de Yashar (direta) é chamada Ohr Pnimi (Luz Interna), e a Luz que brilha de fora é chamada de Ohr Makif (Luz Circundante). A Luz de Yashar nos desperta e nos dá a sensação do momento, e a Ohr Makif que vem por meio de Igulim (Círculos) nos dá o sentido do futuro. Se o futuro não me iluminar, eu não tenho nada para viver; eu não sinto propósito à frente, e isso é um problema. No entanto, se eu sequer tenho Luz no presente, eu morro. É desejável tanto para o presente como para o futuro me iluminar. No entanto, se eu não estiver conectado a uma sociedade, a futura Luz não pode me iluminar. Isso ocorre porque o futuro ilumina cada vez mais fortemente sempre que eu me conecto mais com o grupo, e se eu não estou conectado a eles, eu não tenho futuro.

Portanto, alguém que não trabalha no fortalecimento da conexão com o grupo perde força e, no final, sai, e se a pessoa não trabalha com a Luz do presente, ela nem revive a si mesma no estado atual. Nós temos que tentar arduamente nos prover com o futuro e o presente.

A “linha reta” e os “círculos” são duas formas de governo superior. Se uma pessoa trabalha em sua conexão com o grupo, ela descobre essas duas formas lá. Especificamente para esse fim, as formas de governo através da linha reta e dos círculos são criadas para levar a pessoa a uma conexão que irá preencher todo o seu vaso. Mas como ela consegue esse grande vaso se ela é apenas um ponto interior, no centro de todo o círculo? Assim como uma massa fermentada se expande, ela também precisa ser expandida pela Luz Superior e preencher todo o vaso.

O desejo de receber é um pequeno ponto criado “a partir do nada”. No entanto, se nós o transformamos para se tornar em prol da doação, ele é expandido para o tamanho de toda a criação.

Da 2ª parte da Lição Diária de Cabalá 20/03/14, Escritos do Baal HaSulam

Comente