Procurando Alguém Para Doar

laitman_938_01Pergunta: Por que é importante participar da disseminação e estar incorporado nos desejos do público? Você diz que se uma pessoa perde uma oportunidade que lhe é dada, ela na verdade rouba sua própria chance de avançar.

Resposta: A pessoa não pode ser um estudante sério, se não “continuar” no público. Se não fizer isso, ela não tem um vaso espiritual. Eu tenho que estar conectado ao superior, ao Criador, e também ao nível inferior, a fim de ter alguém que possa receber de mim e alguém a quem eu possa doar. Eu estou no meio, o nível de Bina, e abaixo está a minha Malchut.

Procurando alguém para conceder-

É impossível trabalhar sem este nível inferior. Quanto mais espesso ele for comparado a mim, mais atraente e mais me obrigar – como pintinhos com bocas abertas ou crianças que estão chorando e exigindo de sua mãe – melhor. Eu preciso sentir a pressão deles; eu preciso que eles venham a mim e peçam.

Primeiro eu chego a eles, mas depois eles vêm a mim e me desequilibram. Então eu não tenho escolha a não ser elevar suas deficiências ao Criador. Eles pedem comida e paz na família, e peço ao Criador a Luz Circundante.

Eu preciso deles porque, caso contrário, com o que eu posso me voltar ao Criador? Eu não posso pedir para mim porque sou o nível de Bina e não posso me preocupar comigo mesmo. Se eu não receber deficiências de fora, não terei a oportunidade de me voltar ao Criador.

Portanto, a disseminação é importante para o bem-estar de uma pessoa. Caso contrário, ela não irá elevar MAN (a oração) e não receberá nada de cima. O nível de Bina é absolutamente neutro. Ele não quer nada; é doação absoluta, Hafetz Hesed. Portanto, nós devemos sair ao público.

Nosso mundo é totalmente governado de cima, e nós poderíamos facilmente puxá-lo atrás de nós, mesmo com o poder espiritual que temos agora. Mas este peso é intencional para que possamos pedir a Luz superior às pessoas. Esta é a razão de tanta dor ter sido enviada a elas e esta é a razão de todas as nações culparem Israel por seus problemas.

Nós temos de estar incorporados nos desejos de todos, pedir ao Criador por eles e passar Sua resposta às pessoas para que elas se sintam bem. Assim, elas vão depender de nós, já que transmitimos a Luz superior a elas, o preenchimento, a força, o caminho. A menos que conectemos toda essa cadeia em que somos a parte central, enquanto o Criador é de cima e os seres criados são de baixo, as coisas vão ser ruins para nós e para o mundo.

Esta é a razão da disseminação ser tão importante e sem ela não há nada que possamos fazer e não há como avançar. Eu me dirijo a todos os meus alunos de todo o mundo: vocês devem entender este desenho simples!

Todos devem disseminar, como se diz: “Eu aprendi muito com meus professores, mais com meus amigos, e acima de tudo com meus alunos”. Aprender significa receber uma deficiência e pedir um preenchimento para ela de cima. Tudo é recebido apenas de cima.

Quando eu saio ao público, sinto que tenho que preenchê-los, já que prometi a eles. Estas não são promessas de políticos antes das eleições que normalmente são esquecidas no dia seguinte. Aqui você não pode esquecer suas promessas porque você absorve suas deficiências dentro de você e tem que processá-las na demanda pela Luz.

Você sente medo e pavor porque nada pode ajudá-los, exceto a Luz Circundante. Você não pode dar-lhes o que eles querem por si mesmo. Você não tem nada, e isso o obriga a elevar uma oração. É impossível se conectar com o Criador de outra forma.

Isso é chamado “do amor dos seres criados ao amor do Criador”. O amor dos seres criados é destinado para baixo, rumo às pessoas, e o amor do Criador é voltado para cima, e não pode haver um sem outro. Não há nada com que você possa se voltar ao Criador exceto a deficiência de outros.

A disseminação é um presente de cima. Nós estamos recebendo de repente essa oportunidade. Quando vamos ao público e explicamos às pessoas que temos que estar unidos, recebemos delas a necessidade de se voltar ao Criador, embora seus desejos sejam totalmente corporais.

Da 4ª parte da Lição Diária de Cabalá 14/04/14, Escritos do Rabash

Comente