Dia Da Independência: Um Paradoxo Que Leva À Completa Independência

laitman_942O povo de Israel precisa saber como se tornar independente, amigável e próximo, como está escrito: “Como um homem em um só coração”. Este é o nosso dever para com nós mesmos, com toda a humanidade e o Criador. Nós possuímos esse método da Cabalá, e temos que perceber isso. Caso contrário, não somos uma nação.

Nós voltamos à terra de Israel, a fim de materializar a oportunidade de chegar a esse estado. No entanto, se nós o recusarmos, devemos voltar aos países de exílio, e não sabemos o que a força superior fará para nós, uma vez que ela quer a nossa unidade, e nós a contradizemos.

Comentário: De acordo com o que você está dizendo, eu chamaria o Dia da Independência de Israel de dia da nossa dependência mútua.

Resposta: Sim, o paradoxo é que, quando estamos no estado de completa dependência um do outro, de nós mesmos e dos outros – quando a influência do ambiente determina o nosso comportamento – nós adquirimos o sentimento de independência em relação a nós mesmos.

Como nós vamos chegar a um estado em que podemos ter certeza de que não estamos prejudicando a nós mesmos e os outros? É só subindo acima de nós mesmos, quando o “Eu” de todo mundo estiver sob o poder do ambiente. Nos não temos mais nada. Nós determinamos a nossa independência submetendo-nos completamente ao ambiente.

Extrato da “Conversa Sobre a Independência” 02/04/15

Comente