As Leis Da Natureza Contém Tudo O Que É Bom

laitman_761_2A Torá, “Levítico” 26:3 – 26:4: Se andardes nos meus estatutos, e guardardes os meus mandamentos, e os cumprirdes, eu vos darei as chuvas a seu tempo, e a terra dará a sua colheita, e a árvore do campo dará o seu fruto.

Os mandamentos do Criador são as leis da natureza – tanto as leis da natureza do nosso mundo que parcialmente vemos, entendemos e sabemos, como as leis da natureza superior que está oculta de nós – que se baseiam nos atributos de amor e doação, cooperação mútua e compreensão.

E a debulha durará até a vindima, e a vindima durará até a semeadura; e comereis o vosso pão a fartar, e habitareis seguros na vossa terra. (Levítico 26: 5).

Isso significa que tudo vai voltar ao seu estado normal, não só na nossa vida corporal, quando uma pessoa tem tudo o que precisa, mas também na vida espiritual. Se começarmos a manter as leis da Torá, receberemos uma recompensa no nível que nós as cumpramos, seja no nível espiritual ou corpóreo, ou em ambos os níveis juntos.

O sistema é construído de modo que se normalmente nos incluímos nele e cumprimos o nosso papel, tomando nosso lugar na natureza, toda a natureza opera harmoniosamente, preenchendo cada um de nós com harmonia.

Pergunta: Qual é o significado de: “e comereis o vosso pão a fartar, e habitareis seguros na vossa terra”?

Resposta: Refere-se aos dois níveis. Um nível é o nosso nível humano, que sentimos a fim de nos trazer e nos adaptar para o segundo nível, o nível espiritual. Pão é a personificação do atributo de Hassadim (doação, Bina). “E comereis o vosso pão a fartar” significa se conectar a Bina e alcançar plenamente esse atributo. A palavra “terra” deriva da palavra “desejo” (Ratzon). “E habitareis seguros na vossa terra”, significa que temos que cumprir todas as condições em nosso desejo, e, assim, todos os desejos serão satisfeitos.

A Torá descreve a estrutura do sistema que opera e nos influencia, chamado sistema dos mundos espirituais: Adam Kadmon, Atzilut, Beria, Yetzira e Assia. Nós avançamos neste sistema, e a nossa cooperação mútua com ele só é possível quando estamos conectados mutuamente de uma maneira correta, harmoniosa, complementando um ao outro e criando uma esfera plena com toda a humanidade dentro dela.

Se mantemos esta condição, nos encontramos em total harmonia com o sistema externo como resultado de nossos desejos comuns (desejo = terra), e tudo o que é bom nos preenche. Nós sentimos este sistema de uma maneira perfeitamente precisa, e ele nos sente da mesma maneira, e, portanto, nós trabalhamos juntos.

De KabTV “Segredos do Livro Eterno” 12/11/14

Comente