A Busca Pela “Partícula De Deus”

laitman_277Pergunta: Dezenas de nações estão investindo bilhões de dólares em um acelerador de partículas na Suíça. Elas esperam descobrir a “partícula de Deus”. Por que os cientistas a chamam assim?

Resposta: Aos olhos dos cientistas, ela é a “partícula de Deus” porque isto é imaginado como sendo a última partícula que faltava no modelo padrão da teoria quântica. Portanto, eles veem algum tipo de componente de certo nível superior nessa partícula.

Considera-se que a partícula se originou no Big Bang, mas a ideia é que este universo inteiro, com todas as galáxias dentro dele, existe apenas dentro de nós. Este universo não existe sem a existência humana, pois é como ele foi criado em nossa percepção da realidade.

Os cientistas não aceitam esta abordagem, de modo que toda a sua pesquisa não leva a nada. Não obstante, a sabedoria da Cabalá respeita as ciências naturais. No entanto, em última análise, a ciência é projetada para nos provar que a verdade se encontra no desenvolvimento interno de uma pessoa, onde ela descobre a verdadeira realidade, e que a mesma natureza que descobrimos agora, com todas as leis conhecidas por nós, não vai além das limitações dos níveis inanimado, vegetal e animal, que nos retratam o nosso ego nos níveis um, dois e três.

O estudo do comportamento e de todos os tipos de modelos e formas do nosso ego no primeiro, segundo e terceiros níveis chama-se o estudo da ciência deste mundo. Certamente, os cientistas vão descobrir mais e mais partículas e novos fenômenos, porque nós avançamos dia a dia e fazemos novas descobertas no mundo espiritual, e consequentemente, descobrimos fenômenos que eram previamente desconhecidos na substância deste mundo.

Da 1ª parte da Lição Diária de Cabalá 08/04/15, Escritos do Rabash

Comente